Category Archives: Sentimentos

Manter uma relação…

…nos tempos que correm não é de todo fácil. Conto pelos dedos os casais à minha volta que se mantem unidos. A nível de famosos então… só me lembro do Raminhos e Catarina, e do Eduardo Madeira e da sua Joana.

Ninguém disse que era fácil. Mas desistir não é o meu forte. E entao quando se ama, o sentimento vence sempre.

Para onde vai o Amor das pessoas que desistem? Será que algum dia se amaram?

Conhecem a historia de Dom Pedro e da sua Ines de Castro? Eu acho que no caso dele virou loucura por causa do que o pai dele fez à sua amada. Mesmo louco ele não desistiu… E por falar nisso tenho o filme para ver protagonizado por Diogo Amaral e Joana de Verona.

Mas porque é que foi preciso a Pandemia para as pessoas chegarem à conclusão que ja não amavam a pessoa com quem fizeram votos e juras de amor?…

Nuno Markl e Ana Galvão têm um novo podcast, de seu nome Ex-Files, onde contam os porquês de se terem divorciado, ao fim do primeiro episodio, o Rui diz que, na opinião dele, eles se precipitaram. Eu entendo a Ana… ter sido trocada pelo trabalho quando tinham uma viagem marcada que ambos estavam a precisar… e a cena da tv foi totalmente escusada, Sr Nuno… Podem ouvir no Spotify e no Apple Podcasts.

Estão a ver? Uma relação tem de ser constantemente “alimentada” tal e qual uma planta. A amizade é essencial. Conversar. Ouvir. Estar presente. Mimar. Mimar muito. Abracem-se muito.

E por falar em casamento divirtam-se com este resumo alargado da Bumba na Fofinha… por estas e por outras é que eu e o Rui optamos por uma cerimonia no civil e uma pequena reunião simbólica do nosso grupo de amigos mais chegados 🙂

About Matilde Ferreira

Boa semana!

Para hoje deixo-vos esta imagem com esta frase para que a vossa semana seja inspiradora. 🙂

Se há coisa que a vida me ensinou foi a lidar com as contrariedades de anos como este, 2020. Nada dura para sempre, muito menos os maus momentos, pode demorar mas nos conseguimos sempre dar a volta e nada, mesmo nada nos vai fazer afundar. 🙂

Lembrem-se sempre, que a Natureza é a melhor professora da vida: depois da tempestade temos sempre o arco-íris, basta acreditarmos 🙂

Sejam a âncora das vossas vidas 🙂

Estamos juntos?

About Matilde Ferreira

Não andes para atras, mundo!

Polonia. Século XXI. O governo bane a lei do aborto. As pessoas saem para as ruas e são atacadas com gas pimenta. 🙁

Cada mulher tem o direito de fazer o que quiser com o seu corpo. My body, my choice. Ninguém mas ninguém tem qualquer poder sobre o corpo de uma mulher, a não ser ela mesma. Mas isto nem deveria estar a ser discutido a esta altura. para mim é inconcebível que estas coisas ainda aconteçam. A geração dos meus pais lutou tanto para termos liberdade de escolha e de expressão, por isso para mim nao faz sentido que estas coisas aconteçam. Desculpem a redundância. Mas sinto-me impotente e fico sem palavras ao ver estas coisas acontecerem…

Até quando as mulheres vão continuar a serem postas à margem da sociedade?… 🙁

About Matilde Ferreira

Magia do Outono em…

Londres e no Porto. As minhas cidades ficam ainda mais bonitas nesta estação do ano. Magia. As duas cidades ficam cheias de magia com as cores típicas desta altura do ano.

No Porto, eu gostava de passear pelos Jardins do Palacio de Cristal, e disfrutar da vista do Rio Douro, passear pelos tapetes de folhas secas. Também gosto muito do Jardim da Cordoaria que nesta altura do ano se veste com pompa e circunstancia de tons avermelhados, alaranjados e amarelados. Ou ir até à Rua de Sta. Catarina e sentir o cheiro quente das castanhas assadas e acabar a percorrer a rua com um cartuxo na mão, enquanto nos deliciamos a come-las.

Cá em Londres temos por habito ir ate ao St. James Park ou Hyde Park dar comida aos esquilos que se preparam para hibernar. 🙂

Quanto ao clima, deixei que ca cheguei que não noto grandes diferenças pois no Porto quando faz frio, faz mesmo frio, deve ser por isso que me sinto em casa, cá em Londres. À excepção de que estou um pouco mais longe do mar…

Deixo-vos com algumas actividades para fazer em Londres e no Porto.

E apesar da pandemia, se tomarmos as devidas precauções, podemos fazer estas actividades em segurança. Principalmente sair de casa e ir dar um passeio até ao parque ou jardim 🙂

About Matilde Ferreira

Do nosso domingo… PYO – Pick Your Own

Este domingo fomos apanhar maças numa quinta aqui bem perto de nós. O Louis adorou esta actividade ou não fossem as maças o seu fruto preferido 🙂 Tem dias que chega a comer mais que duas. E quando o vamos buscar à escola, se lhe levo uma maça fica todo contente, lambe os lábios e diz: Hmmm delicious! 🙂

Recordei os meus tempos de infância, a correr atras das galinhas dos meus avós ou pela pequena horta onde eles plantavam de tudo um pouco. Lembro-me perfeitamente de desaparecer e deixar a minha mãe preocupada, e depois aparecer com os beiços lambuzados de vermelho, por causa das framboesas que eu tinha acabado de comer.

O meu avô também tinha uma ramada de maracujás, um dos meus frutos preferidos. Eram tempos tão felizes.

O Louis pode não ter a mesma sorte que eu tive na minha infância, por não ter o quintal dos avós mas tem estes sítios para que possa ter contacto com a Natureza e perceber de onde as coisas vêm.

Quando chegou à quinta foi logo a correr ver as galinhas, tal como eu fazia quando chegava a casa dos meus avós. 🙂 E adorou apanhar as maças das arvores, como se ja estivesse habituado a faze-lo desde sempre. 🙂 Não estava muita gente, por isso andava-se bem, mas quando chegamos também estavam uns miúdos mais crescidos que o Louis, com sacos, prontos para ir colher as maças deliciosas, que o Louis tratou logo de cumprimentar 🙂

Se ainda não fizeram esta actividade, recomendo que o façam pois é mesmo muito para usufruir do contacto com a Natureza 🙂

Vamos aproveitar estas macas para fazer uma tarte e assa-las com canela e vinho do Porto, o que acham? 😉 Se tiverem mais sugestões, deixem na caixa dos comentários 🙂

About Matilde Ferreira