Category Archives: Review

Leviano

Um filme cheio de emoções e momentos estranhos mas cativante com uma mão cheia de excelentes actores e actrizes. Alba Batista, Anabela Teixeira, Diana Marquês Gomes, Mikaela Lupu, Ruben Rua, Jose Fidalgo, entre outros. Nomes bem conhecidos da nossa praça, cheios de talento.

Festas. Paixões. Meia Idade. Adolescência. Violação. Está dado o mote para o enredo da historia.

Sinopse:

Na entrevista mais esperada do ano, as irmãs Adelaide, Carolina e Júlia Paixão unem-se com a sua mãe Anita para recontar passo-a-passo, os acontecimentos que deram origem a um dos casos mais polémicos de sempre em Portugal.

Podem ver o filme aqui no RTP Play.

Já viram?

About Matilde Ferreira

Modo Vá Para Fora Cá Dentro

Cornualha. Um pequeno grande paraíso no sul de Inglaterra. Fomos de mini-ferias e ja temos saudades do nosso cantinho à beira-mar plantado. Azul-Verde-Mar. Paisagens relaxantes e de prender a respiração. Estávamos mesmo a precisar disto. 🙂 4 dias de mini-ferias e de retiro.

Ficamos numa casa de turismo rural, os chamados lodges como se diz aqui, numa pequena localidade chamada Bude em Kilkhampton . Cada vez mais prefiro ficar numa casa do que num hotel. É mais intimo e pessoal, ao contrario dos hotéis. E fez-nos tão bem que ate o potty training do Louis funcionou às mil maravilhas. Tivemos a sorte de ser um sitio pet friendly e assim podemos levar o nosso Ginger connosco que também se portou lindamente. 🙂 Sentido-nos em casa 🙂

Marhamchurch – Widemouth Bay

Que rica prainha. Mesmo com tempo encoberto soube mesmo bem caminhar na areia molhada e sentir o cheiro da maresia. E o Louis mais uma vez adorou brincar com as pedrinhas e conchinhas.

Uma vista de cortar a respiração, que dá vontade de ficar aqui para sempre 🙂

Forrabury and Minster Slaughter Bridge

De seguida rumamos ao sitio da Lenda do Rei Artur. Quem não conhece a famosa historia da espada Excalibur? O Louis sentiu-se um rei no pequeno parque de diversões existente no recinto Arthurian Centre. Fizemos uma pequena caminhada ate chegarmos à famosa pedra e soube mesmo sentir o sossego e a paz da Mae Natureza. É um sitio lindo e muito relaxante onde podemos ouvir as aguas do Rio Camel e desfrutar dos jardins da Lady Charlotte Falmouth.

KIng’s Arthur Stone

No sábado fomos a Bodmin onde visitamos a maior igreja da Cornualha, St Petroc’s Church. Almoçamos no centro da cidade e depois fomos dar uma volta a um parque, onde o Louis fez amizade com um esquilo a quem deu o resto da sua maça, e depois disso voltamos ao local onde fomos felizes e eu ja vos aqui neste post.

Sobre o sitio mágico do Museum of Witchcraft and Magic onde o Louis se deliciou com os saborosos gelados da Cornualha, e nós, os crescidos também 🙂 O que mais me fascinou foi a forma como as pessoas se deixam levar ate à pitoresca vila de Boscastle e voltar sempre. Se eu pudesse mudava-me hoje mesmo para este sitio que chama por mim de forma tão natural. Quem disse que as bruxas são más? Eu própria sinto-me meia bruxa, às vezes. Se não quase sempre 😀 O medo do desconhecido não me assiste. 🙂 Adoro tudo o que esteja relacionado com com o mundo da magia. Acho que se tivesse vivido na Idade Media tinha sido queimada na fogueira, se calhar ate fui para quem acredite em reencarnação 🙂

Pelo meio consolamo-nos com as tradicionais pasties, os típicos pasteis de massa quebrada recheados com, carne, queijo e cebola ou batata. Uma curiosidade: sabiam que estes pasteis foram criados como marmita para os os homens irem trabalhar para o campo? E as bordas da massa não se comiam pois serviam apenas para os homens segurarem no pastel com as mãos sujas.

Também comemos o famoso Fish and chips que nos soube mesmo talvez por estarmos mais próximos do mar 😀 Sabiam que esta refeição teve origem portuguesa nos inícios do século XVI?

E claro, que eu tinha de experimentar o famoso Cream Tea, uma variante do Afternoon Tea, típico e originário desta zona 🙂

Foram dias maravilhosos neste pequeno paraíso a sudoeste de Inglaterra, do qual nos não queríamos sair e havemos de tornar a voltar 🙂

E assim demos por terminado um Verão diferente mas muito intenso 🙂

Mesmo em tempo de pandemia, conseguimos tirar uns dias em segurança para repor energias 🙂

E na viagem de regresso o GPS fez-nos esta surpresa para fugirmos ao transito: Passamos por Stonehenge

Stonehenge – imagem da minha autoria

Ficaram com vontade de visitar? 🙂

Como foram as vossas ferias? 🙂

About Matilde Ferreira

White Lines

Mais uma serie que vimos de seguida e aguardamos a segunda temporada. Conta com a participação de Nuno Lopes. Que orgulho!

Um corpo em decomposição é encontrado no deserto e vem-se a descobrir que é o celebre DJ Axel Walker, irmão de Zoe que não descansa enquanto não descobre quem o matou.

Esta serie retrata também a realidade dos jovens ingleses que vão viver a vida louca para Ibiza e nem tudo acaba por ser um mar de rosas. Dinheiro fácil nem sempre combina com a realidade das drogas do mundo da noite…

Gostei muito da prestação do nosso Nuno e aguardo a continuação da serie na segunda temporada 🙂

Ja viram? 🙂

About Matilde Ferreira

Little Fires Everywhere

8 episodios. Vimos esta serie de seguida. Muito actual apesar de se passar nos anos 90. Duas mensagens a tirar desta trama: Não existem mães perfeitas e o previlégio dos brancos na sociedade americana.

Kerry Washington e Reese Witherspoon estão fenomenais.

Little Fires Everywhere é baseado no romance de 2017 com o mesmo nome de Celeste Ng.

Em 1998, a casa dos Richardson incendeia-se. Suspeita-se que o incêndio criminoso, pois houve vários pequenos incêndios.

No ano anterior, 1997, Elena Richardson aluga a sua casa de antiga de familia do outro lado da cidade para Mia Warren, uma artista, e a sua filha adolescente, Pearl. O filho mais novo de Elena, Moody, que tem a idade de Pearl, apaixona-se por Pearl e se torna amigo dela. Pearl conhece seus irmãos Lexie, Trip e Izzy. Pearl, que está acostumada a um estilo de vida transitório no qual sua mãe junta dinheiro, fica encantada com os Richardsons e seu lar estabelecido. Ela passa o tempo todos os dias em sua casa, apaixonando-se por Trip e idolatra Lexie.

Mia trabalha em parti-time num restaurante chinês e vende fotografias através de um revendedor em Nova York. Ela fica preocupada com a idealização de Richardsons por Pearl. Quando Elena condescendentemente lhe oferece um serviço de limpeza para sua família, ela concorda apenas para ficar de olho em Pearl. Ela conhece Izzy, a ovelha negra da família, e as duas tornam-se próximas.

Os Richardsons são convidados para a festa de aniversário de Mirabelle McCullough, a filha adotiva da amiga de Elena. Mia percebe que a criança é May Ling Chow, filha de Bebe Chow, colega de trabalho de Mia no restaurante, que abandonou a sua filha no meio de um episódio pós-parto e dificuldades econômicas. Bebe procura a sua filha há mais de um ano. Mia informa Bebe, embora os McCulloughs se recusem a deixá-la ver Mirabelle. Bebe está desanimada, pois não tem dinheiro para advogados. Mia aconselha que ela envolva as notícias locais. O escândalo resulta em Bebe obtendo direitos de visita e ajuda de um advogado pro-bono…

Imagem retirada do Instagram

About Matilde Ferreira

Miracle in Cell No.7

Mais um filme Netflix. Ja ha muito tempo que não chorava tanto ao ver um filme. Este retrata o pior e o melhor da humanidade. É revoltante no inicio mas a forma como termina faz-me continuar a acreditar nas pessoas. 🙂

Chorei muito do principio ao fim do filme, arrepiei-me bastante, tentei colocar-me no lugar das personagens mas não consigo imaginar o que elas sentiram… 🙁

A Vera do blog Love Adventure Happiness conta a historia deste filme neste review. Passem por lá e leiam.

“Lingo, Lingo”! Vai ficar para sempre nas nossas memórias.

Ja viram este filme?

About Matilde Ferreira