Já vos aconteceu?…

Foto da minha autoria

São giras, não são?… Pois mas deram trabalho lol 😀 Estavam a 10£ mas ficaram por 3£… e tive de ir duas vezes troca-las à Primark. A primeira vez tinha a etiqueta trocada, um 38 por um 36… da segunda vez, bem, deu vontade de rir, ou talvez… trouxe um 38 e um 39! ora bem isto tudo para eu aprender a não me fiar nos tamanhos e a experimentar as coisas na loja 😛 É por estas e por outras que gosto tanto de comprar online. mas desta vez estava mesmo a precisar de desanuviar e acabei por desanuviar demais hehe 😛 Ah e acabei por ficar com o 39 😀

Nota-se muito que estou a precisar de ferias? … Ja faltou mais, estamos em contagem decrescente para o Paraíso 🙂

About Matilde Ferreira

Voces usavam?

Foto da minha autoria

Comprei o copo menstrual e ainda não usei pois tenho um fluxo muito abundante mesmo.  Estou a ganhar coragem mas sou muito picuinhas com estas coisas de higiene intima. Ainda por cima usar uma coisa nessa zona super sensível durante muito tempo, fico com a sensação incomoda de que estou suja. Ainda por cima penso em todas as bactérias que aquele sangue tem… se o nosso corpo esta a expelir não pode ser bom de certeza e nao convém ficar ali muito tempo, certo?… Pode ser defeito meu mas o que é certo é que nao me sinto bem. Prefiro usar as toalhas como a minha mãe usava. E acreditem que ja usei muitas vezes para compensar o uso dos pensos higiênicos, principalmente à noite.

 

About Matilde Ferreira

Dentro…

Enquanto a maioria andava entretida com uma tal serie dos nuestros hermanos, eu rendi-me ao produto nacional hehe 🙂

Dentro conta varias historias de mulheres que vivem o seu dia-a-dia no interior de uma prisão.

“Pedro, um jovem recém-licenciado em psicologia é colocado como estagiário num estabelecimento prisional feminino. A psicóloga-chefe, por incapacidade de acompanhar todos os casos, entrega-lhe alguns casos de reclusas que necessitam de apoio psicológico. Além disso, Pedro, com a sua juventude, tem também uma grande vontade de mudar e humanizar as condições da prisão e das reclusas. Pedro rapidamente conhece o núcleo de reclusas que se tornam personagens centrais da série e acompanha os seus casos. Para além disso, em cada episódio é retratado um caso específico relacionado com os vários tipos de crimes habitualmente cometidos por mulheres e os seus contornos psicológicos. Pedro tem também uma vida fora do estabelecimento, que é posta em risco desde a sua entrada no mesmo.”

 

Quem se lembra de Vera Kolodzig da primeira novela da TVI, Jardins Proibidos? Sim, cresceu e tornou-se uma mulher muito bonita e talentosa.

Serviço publico no seu melhor 🙂

Já viram esta serie? 🙂

About Matilde Ferreira

Desafio Gratidão| Semana 37: A Fé

Imagem retirada do Google

Considero-me uma pessoa de fé pois acredito em mim mesma e nas minhas pessoas. Acredito na Natureza e no Universo. Acredito na nossa força interior que nos faz seguir em frente. Para mim ter fé não tem nada a ver com religiões, ao contrario de grande parte da humanidade. Ter Fé é uma coisa tão simples que não vale a pena complicar com livros da treta, de contos de fadas que só levam a guerras. Sim, as religiões são as principais causadoras das guerras, e a Historia demonstra isso ao longo dos anos. So quem esteve distraído nas aulas é que não vê isso…

Por lapso semana passada troquei o tema desta semana. Fica aqui o post rectificado para prosseguirmos com a ordem devida.

Deixo-vos com uma música da minha adolescência… 😉

Podem  acompanhar este desafio da Gratidão criado pela Liliana Silva do blog Silver Wing aqui .

 

E voces, consideram pessoas de fé?

About Matilde Ferreira

Onde é que vocês estavam…

Fotografias da Revista Time deste mês

…há 17 anos atras no dia 11 de Setembro? E estava a entrar ao serviço num dos meu primeiros empregos, como caixa no Modelo Bonjour na Av. da Republica em V.N. de Gaia. Lembro-me de chegar na altura em que o segundo avião embatia numa das torres e os meus colegas dizerem que era repetição… fui trabalhar normalmente mas em choque. Passei o resto do dia desligada do mundo a fazer o meu trabalho. Só mais tarde quando cheguei a casa é que cai em mim e vi que o pesadelo era real. Não tinha acesso a internet e talvez por isso mesmo o assunto não se tornou tão viral no nosso pais.

Na minha humilde opinião, conspirações à parte, esta tragédia foi executada internamente… só não vê, quem não quer…

Se ainda nao viram este documentário, recomendo que o vejam…

Deixo-vos com esta musica dedicada a todos aqueles que perderam a vida há 17 anos atras…

and I wished for so long…
I cannot stay
All the precious moments…
Cannot stay
It’s not like wings have fallen…
I cannot say
Without you something is missing…
I cannot say
Holding hands of daughters and sons
In their phase they’re falling down
Down, down, down

I have wished for so long…
How I wish for you again

Will I walk the long road?
I cannot stay
There’s no need to say goodbye

Oh, the friends and family…
All the memories going round
Round, round round…

I have wished for so long…
How I wished for you today
And the wind keeps rollin’
And the sky keeps turning grey
And the sun is set
The sun will rise another day

I have wished for so long…
How I wish for you today

I have wished for so long…
How I wish for you today
Will I walk the long road?
We all walk the long road

About Matilde Ferreira