Queda do Muro de Berlim

Lembro-me como se fosse hoje. E 5 anos depois percorri a Alemanha. Ainda se sentia o clima de mudança. Apesar da calma das pessoas. Sim, notava-se que estavam mais tranquilas, aliviadas. A queda do Muro assinala o fim da Guerra Fria e a liberdade para muitos alemães que se viram separados das suas famílias. A Alemanha mostrou ao mundo que a união faz realmente a força.

Recomendo que vejam esta reportagem/ documentário da RTP: https://www.rtp.pt/play/p5280/e437623/linha-da-frente

Image retirada do Facebook

E mais uma vez volto a dizer que estudar Historia serve para não voltarmos a repetir os erros do passado, e este grupo de Alemães mostrou isso ao Sr. Trump: https://www.newsweek.com/germany-berlin-wall-donald-trump-1470778

Sim, Sr. Trump, os muros acabam sempre por cair, mais tarde ou mais cedo.

About Matilde Ferreira

Storyteller Dices d’As Gavetas| O Tempo

O Tempo não espera por ninguém… o Freddie é que tinha razão.E ele mais do que ninguém sabia bem o que isso era. No mes em que lembramos a sua morte, dou por mim a pensar como seria se ele tivesse sobrevivido à maldita doença… O que mais me conforta é que ele continua a ser uma fonte de inspiração. Pelo menos para mim e para o meu filhote que não se cansa de admirar os seus videos e as suas musicas.

É incrível como quanto mais fazemos e mais temos para fazer mas depressa o tempo passa. O tempo voa. Estou constantemente a dizer isto. Principalmente quando fazemos coisas que gostamos. O tempo voa quando passamos momentos bons com quem mais gostamos. Os anos passam cada vez mais rápido. Nem acredito que estamos quase no Natal. Mais um. Vamos fazer para que seja recheado de bons momentos.

Imagem da minha autoria

Deixo-vos com esta ladainha que tanto me diz:

O tempo perguntou ao tempo quanto tempo o tempo tem, e o tempo disse ao tempo que o tempo tem tanto tempo quanto tempo o tempo tem.

Este desafio foi criado pelo blog As Gavetas da Minha Casa Encantada.

About Matilde Ferreira

American Son

Um filme arrepiante e que dá que pensar com a maravilhosa Kerry Washignton. Um filme com assuntos com pano para mangas. Desde racismo, aos efeitos que o divorcio pode ter nos filhos… ate às relações humanas. Eu cresci e fui educada a respeitar as autoridades e continuo com esse pensamento. Da mesma forma que estes miúdos são filhos de alguém, os policias também são pais de outros miúdos. Eu sei que ha policias que abusam da autoridade mas também ha outros que estão so a cumprir o seu dever e a lei. E da mesma forma que nós, civis temos direitos também temos deveres.

Raças à parte como mãe entendo bem a personagem da Kerry. Alias passei o filme todo a por-me no lugar dela. E mais uma vez sou da opinião que o divórcio nem sempre é a melhor solução. E mais uma vez agradeço por ter sido ensinada a respeitar as autoridades.

Se ainda não viram este filme no Netflix, vejam e depois deixem aqui a vossa opinião…

About Matilde Ferreira

Como assim?…

Na minha humilde opinião, é necessário estudarmos Historia para não repetirmos os erros do passado. Historia sempre foi uma das minhas disciplinas preferidas. Quanto mais eu aprendia mais queria saber. Por isso não percebo como algumas pessoas são capazes de dizer que a Historia é uma disciplina chata e não necessária. Para entendermos a actualidade, precisamos de entender o nosso passado.

No ano passado o Channel 4 fez um reality show chamado The Circle aqui no prédio onde moramos, onde participou Freddie Bentley, que apesar de não ter ganho o concurso, e ainda bem, tornou-se um famoso influencer que infelizmente não sabe o que diz, pois foi ao Good Morning Britain, um dos mais conhecidos programas das manhas britânicos dizer que não é assim tao necessário estudar a Segunda Grande Guerra na escola, que não era bom para a Saude Mental dos Millenials, que existem coisas bem mais importantes como saber preencher o IRS ou como fazer uma hipoteca de uma casa, sim também concordo que se devam aprender estas coisas essenciais para a vida adulta, mas ir para um programa da manha dizer estas coisas com uma poppy (papoila) ao peito, digamos que é um grande contrasenso. Para quem não sabe nesta altura do ano andamos todos com uma papoila ao peito como forma de homenagear todos aqueles que lutaram nas duas Grandes Guerras. Eu tambem tenho a minha feita por uma amiga inglesa muito talentosa.

Imagem da minha autoria

É por estas e por outras que ser influencer hoje em dia tem muito que se lhe diga… 🙁 Com todo o respeito que eu tenho pelos call-centers, este rapaz, infelizmente prova bem a realidade desta classe trabalhadora… Se as pessoas tivessem se aplicado na escola, de verdade, talvez não precisassem de se sujeitar a empregos tao precários e no caso dele não teriam de concorrer a reality-shows… Já o vencedor, Alex Holbern, sempre foi dos meus preferidos sempre mostrou e mostra ter conhecimentos de cultura geral.

E o Nuno Markl veio confirmar a minha opinião sobre este assunto…

Acho que a internet veio dar voz à ignorância… 🙁

About Matilde Ferreira

The Sinner

A Vera recomendou e eu rendi-me. É daquelas series que não consegues parar de ver ate ao fim, e ficas ansiosa para que comece uma nova temporada.

Nem tudo o que parece é. Gosto destas historias que nos transportam para a realidade. Por mais incríveis e tristes que sejam. E gosto de historias que me façam pensar, por isso vi as duas temporadas de rajada, e aguardo com ansiedade pela terceira.

Venha a terceira temporada em 2020…

About Matilde Ferreira