Category Archives: Memories

Fun Day! O Mundo Maravilhoso dos Comboios

Antes de mais quero pedir desculpas pela minha ausência, não é por falta de conteúdo, pois felizmente tenho bastante e esse é um dos motivos pela demora na publicação de posts, o outro é que tenho feito formações e workshops online pois o saber não ocupa lugar 🙂

Ferias da Páscoa são para… relaxar e divertir 🙂

Num dos primeiros dias das ferias, mais precisamente na terça-feira, dia 5 de Abril, depois de termos feito a primeira parte dos trabalhos de casa, rumamos à aventura 🙂

Abriu uma livraria Waterstones aqui na zona e fomos lá pois estava a decorrer uma actividade de caça aos ovos da Pascoa. O Louis adorou andar à procura das letras e no fim teve direito a uma recompensa bem docinha 🙂

De seguida fomos almoçar ao Donalds, como ele lhe chama, e depois disso fomos ate ao playground do centro da nossa cidade, onde ele fez novas amizades com quem se divertiu muito 🙂

Não ficamos muito tempo, pois no dia seguinte tínhamos de nos levantar cedo, para irmos rumo à aventura da BIG SURPRISE como lhe chama o Louis 😀 que estava prometida pois ele tem feito bons progressos na escola e como completamente fascinado por comboios lá fomos nos. Eu comprei os bilhetes com antecendência, na semana anterior, que ficaram £9.00 para cada um de nos. Ao chegar à estação so precisei de comprar o bilhete de ida e volta para mim, que ficou por 18£ pois o Louis é isento de pagar bilhete de transportes ate aos 12 anos. Bem bom não acham?

Didcot fica próxima de Oxford por isso a viagem dura pouco mais de 1 hora. levamos um lanchinho e fizemos um picnic no comboio. Aproveitamos para ler e tirar fotografias 🙂

Viajar de comboio é uma maravilha como diz o Louis 🙂 Se for em lazer pode ser muito relaxante 🙂 Vemos paisagens lindas e nos tivemos a sorte de ver os campos cobertos de amarelo, como podem ver neste video 🙂

As imagens falam por si 🙂

Tivemos bastante sorte com o estado do tempo, pois não estava frio e so choveu na viagem de regresso a casa, quando estávamos no comboio e depois parou novamente, recomendado quando nos chegamos a casa. 🙂

Como andava pouca gente, o Louis consolou-se e andou à vontade 😀 Fartou-se de correr e explorar tudo, pelo parque que tinha uma area de picnics e bastantes espaços verdes. Foi mesmo muito bom e agradável. 🙂

Fomos ao pequeno museu onde o Louis fez um jogo e no fim ganhou um bilhete de comboio carimbado e furado à moda antiga. Ele adorou e os olhitos dele brilharam de contentamento. Fica completamente fascinado com as coisas mais simples 🙂

Tivemos ainda a oportunidade de ter uma experiencia única ao entrar num bunker da Segunda Guerra Mundial. Foi sem duvida uma experiencia muito emotiva. O Louis ficou curioso, como qualquer criança da idade dele.

O parque/ museu pertence ao Great Western Railway, a empresa de comboios aqui da zona que faz a cobertura da zona oeste de Inglaterra ate Manchester. escusado será dizer que o Louis adora a GWR.

Quem por aqui gosta de viajar de comboio? 🙂

Ainda se lembram das vossas ferias da Pascoa?

About Matilde Ferreira

Traquinices na Escola

O Louis é uma criança tímida mas que adora brincar. É raro se meter em sarilhos e confusões mas um dia destes foi chamado à atenção e teve um castigo leve porque… resolveu fechar os colegas dentro de um armário e nesse preciso momento a Directora da Escola ia a passar, sem ele contar, ficando todo envergonhado.

As professoras fizeram um esforço enorme para não se rirem visto por ele ser tão pequenino e ter reagido com um ar inocente e traquina ao mesmo tempo. Claro que eu disse à professora que ela tinha feito muito bem, pois é assim que eles aprendem. Apesar de eu também ter ficado bastante envergonhada com a situação, pois nestas situações nunca sabemos como reagir por sermos apanhados sem contar. A sorte do Louis é que os professores gostam muito dele e entendem que ele é um menino muito querido que só quer fazer amigos, como o próprio professor de Musica dele ja me disse. 🙂

Conseguem imaginar esta situação? 🙂

About Matilde Ferreira

Passagem de Testemunho

Um dos presentes de Natal do Louis foi este teddy oferecido pelos tios. Eu trouxe este peluche da Alemanha, foi uma oferta da familia que me acolheu para o meu mano mais novo que na altura tinha 2 aninhos. Ele adorou e chamou-lhe logo Teté. Este ano os meus manos decidiram oferecer o Teté ao sobrinho que o adoptou de imediato, tal como o meu mano o fez. Adorou a ideia e ja nao passa sem adormecer com ele e com o Teddy que lhe oferecemos no Natal em que ele tinha um aninho. Nunca lhe ligou muito pois tinha a sua naninha, ou nonó ou dodo como preferirem. 🙂 Eu ficava a olhar para ele enquanto ele adormecia a acariciar a sua naninha. Tão fofo.

Sao os pequenos gestos que nos fazem mais felizes e estas memórias ficam para sempre nos nossos corações 🙂

Para alem deste presente, o Pai Natal foi bem generoso com o Louis pois este foi um bom menino, e trouxe-lhe os tao desejados legos que o Louis lhe pediu 😀

About Matilde Ferreira

O Meu Pai

O meu pai era um homem simples e humilde, com os seus defeitos como qualquer ser humano. das melhores recordações que tenho é do meu pai gravar-me a cantar as musicas das Doce, O Sobe sobe balão sobe da Manuela Bravo, Eu vi um sapo entre outros êxitos da minha infância. 🙂

O meu pai não tinha muito mas sempre fez tudo para não deixar faltar nada à sua familia. Eu adorava ir com ele ao Hospital São João, no 78, sempre que ele ia dar sangue, e no fim as enfermeiras davam-me sempre um lanchinho, um pacote de bolachas maria e um sumo ou leite achocolatado 🙂 Sabia pela vida 🙂

O meu pai trabalhou a vida toda para não faltar nada à sua familia, e chegou à idade da reforma o trabalho deu-lhe um cancro na bexiga fruto dos anos em que andou a inalar vapores dos vernizes que usava devido à sua profissão como polidor de moveis, sem qualquer tipo de proteção. 🙁 Antes de ser operado o meu pais, que nunca teve medo de hospitais, estava com receio e eu disse-lhe ao telefone, daqui de Londres, que ia tudo correr bem, sempre com o meu optimismo natural. E correu, a operação foi um sucesso, conseguiram remover o cancro sem causar danos, pois este ainda estava na fase inicial mas o pior veio depois… o meu pai não resistiu a uma infecção hospitalar e acabou por não resistir… deixaram-no morrer sozinho e o pior, mandaram-no para a morgue sem insistirem em avisar os familiares 🙁 O Meu Pai nao merecia ser tratado assim depois de tanto ter contribuído para o o SNS com 40 de dador de sangue.

O meu pai faleceu ha quase 7 anos, 1 ano antes do nascimento do neto, Louis. Demos-lhe este nome em homenagem ao vô Luis que será sempre a estrelinha que guia o neto. E sabem o que mais? É isso que conforta o meu coração 🙂

About Matilde Ferreira

O Nosso Cantinho Secreto…

na hora do school run.

A minha mãe costumava dizer: “não tenho medo dos mortos, mas sim dos vivos“. E eu sou como ela.

Enquanto estamos à espera que a escola abra, o Louis adora percorrer todos os recantos desta igreja que fica mesmo ao lado da escola. Aqui sentimo-nos em paz. E sabe mesmo bem começar o dia assim 🙂

O mais incrível é que quando era miúda tinha de passar o cemitério da minha terra a correr, ao anoitecer, porque os meus queridos colegas da catequese e da escola gostavam muito de me meter medo com historias de “gente que levava bofetadas” e ficavam com a cara marcada por passarem à em cemiterios… brincadeiras muito parvas que afectam a nossa saúde mental. Hoje em dia passo bem em frente a cemitérios, mas evito de noite apesar de ja nao ter problemas nenhuns com isso. Alias eu gostava muito de ajudar a minha mãe a limpar os jazigos de familia, se bem que passava a maior parte do tempo a correr o cemitério todo 🙂 Outra coisa que nunca gostei foi de estar “paralisada” no cemitério no dia 1 de Novembro, a levar com o cheiro nauseabundo das velas a arderem… Acho que é uma tortura. Nem a minha mãe gostava, coitada. A melhor parte do dia, era chego a casa e comer castanhas assadas.

O melhor destes momentos são as gargalhadas que o Louis dá e faz bem à alma vê-lo assim 🙂

Qual é vosso sentimento sobre cemitérios?

About Matilde Ferreira