Category Archives: Memories

Há 33 anos foi assim…

13 de Julho de 1986. Os Queen deixaram-nos um concerto memorável que todos devem assistir. Não me canso de falar dele aqui. O mais incrível que o nosso Lu nasceu 30 anos depois deste concerto. 30 anos e mais um dia. Mas quase que nascia a 13 pois so faltava menos de uma hora para o dia 12 terminar. Ele há coisas fantásticas não acham? Hoje ele adora ver e imitar o Freddie. O mais incrível é que moramos a meia hora do Wembley e da primeira casa onde o Freddie morou quando veio viver aqui para o Reino com os pais 🙂 Eu nao acredito nestas coisas mas que da que pensar dá hehe 😀 Nao liguem que isto ja é o coração de mãe a divagar 😀 Havia de ser bonito ter um mini Freddie ca em casa 😀

Mas o que é certo é que a data do aniversario do Lu tambem é especial para a musica. A 12 de Julho de 1985, um ano antes do mítico concerto dos Queen, realizou tambem em Wembley o mítico concerto do Band Aid onde o Freddie Mercury, apesar de doente com SIDA protagonizou uma actuação memorável. Incrivel! Inspirador para todos nos! Realmente, ele provou que é nos piores momentos que encontramos as nossas forças.

Não há dia que não se ouça Who Wants to live forever e Love of my life à capela cantadas aqui em casa. Dizem que antes de começarmos a falar, começamos a cantar e o Lu é prova disso. Cantar é uma excelente motivação para ajudar a falar.

Imagem retirada do Google

Fiquem com estes dois momentos de pura Magia da Historia da Musica 🙂

Ca por casa começamos o dia assim na melhor das companhia com podem ver no meu Instagram e nos stories lá 🙂

Vejam la se eu não tenho razão hehe 😀

Bom domingo 🙂

Divirtam-se 😉

About Matilde Ferreira

3 anos de ti!

Imagem da minha autoria

Parece que foi ontem que te peguei nos meus braços pela primeira vez directamente de dentro da minha barriga 🙂

Hoje ja corres, saltas, esfolas os joelhos, nao para um segundo, meu macaquinho lindo 🙂 🙂 🙂

Imagem da minha autoria

Tens me ensinado tanto ao longo destes últimos anos. Tens me ensinado, essencialmente que tudo tem o seu tempo. 🙂

Adoro a tua personalidade forte, apesar de às vezes me tirares do serio, eu sei que nao fazes por mal, afinal de contas é bom saberes o que queres. Admiro o teu lado humanitário, fico orgulhosa por quereres ajudar os outros. Continua assim, meu menino. Estás no melhor dos caminhos. As birras são próprias da idade, perdoa-me se as vezes perco a paciência, não é por mal. Eu sei que esta fase vai passar e eu vou ter saudades dela. Eu sei. Tu não fazes por mal, estas aqui para aprender e podes contar comigo para eu te ajudar.

Obrigada, filhote, por existires. Foste muito desejado. Obrigada pelos abraços sem contar, pelos pequenos sinais. Obrigada por seres a luz desta casa.

Obrigada por seres a minha companhia diária, ja não consigo viver sem ti. Eu tinha razão em que te querer ter. És um sonho tornado realidade. Obrigada pelas tuas gargalhadas naturais e genuínas. Obrigada por gostares tanto de Queen como eu.

Os papas amam-te muito e vão estar aqui sempre para ti.

Imagem da minha autoria
Imagem da minha autoria

Segue o teu caminho, meu querido, que nos vamos estar sempre aqui para te amparar e apoiar 🙂 Conta sempre connosco 🙂

About Matilde Ferreira

London Pride Parade 2015

Imagem da minha autoria

Alegria. Cor. Diversão. Harmonia. Paz. Tranquilidade. Boas vibes. Foi isto o que eu senti quando ha 4 anos fui ver a London Pride Parade. Adorei ambiente de festa que se fazia sentir. Ate os policias entraram na diversão. Animo leve. Podia ser sempre assim, não podia? Orgulho de sermos quem realmente somos. Sem julgamentos.

O que mais gostei de ver foram os desfiles das tropas da Marinha, do exercito e da RAF, a força aérea daqui do Reino 🙂

E no fim ainda vi uma manifestação contra os abusos infantis em frente ao 10 Downing Street

O mes de Junho, o mes de Pride, terminou. Mas o espirito de cor, alegria e respeito deve-se manter por todo o ano, sempre!

Ja foram a uma Pride Parade? Ou gostavam de ir? 🙂

About Matilde Ferreira

Uma musica que…

…faz lembrar o Verão e fica na cabeça 🙂

Dunas, são como divãs
Biombos indiscretos de alcatrão sujo
Rasgados por cactos e hortelãs
Deitados nas dunas, alheios a tudo
Olhos penetrantes
Pensamentos lavados
Bebemos dos lábios, refrescos gelados 
Selamos segredos
Saltamos rochedos
Em camara lenta como na TV
Palavras a mais na idade dos: porque
Dunas, como que são divãs
Quem nos visse deitados 
De cabelos molhados, bastante enrolados
Sacos camas salgados
Nas dunas, roendo maçãs
A ver garrafas de óleo 
Boiando vazias nas ondas da manhã
Bebemos dos lábios, refrescos gelados
Nas dunas
Em camara lenta como na TV
Nas dunas
Nas dunas
Nas dunas
Nas dunas
Refrescos gelados
Como na TV
Nas dunas

Quem se lembra? 🙂

About Matilde Ferreira

Efectivamente…

Or aqui esta uma musica que por mais tempo que fique sem a ouvir, continuo a saber a letra de cor…

Adoro o campo as arvores e as flores
Jarros e perpétuos amores
Que fiquem perto da esplanada de um bar
Pássaros estúpidos a esvoaçar
Adoro as pulgas dos cães
Todos os bichos do mato
O riso das crianças dos outros
Cágados de pernas para o ar
Efectivamente escuto as conversas
Importantes ou ambíguas
Aparentemente sem moralizar
Adoro as pêgas e os padrastos que passam
Finjo nem reparar
Na atitude tão clara e tão óbvia
De quem anda a engan(t)ar
Adoro esses ratos de esgoto
Que disfarçam ao pilar
Como se fossem mafiosos convictos
Habituados a controlar
Efectivamente gosto de aparência
Imponente ou inequívoca
Aparentemente sem moralizar
Efectivamente gosto de aparência
Aparentemente sem moralizar
Aparentemente escuto as conversas
Efectivamente sem moralizar
Efectivamente….sem moralizar
Aparentemente…sem moralizar
Efectivamente

Ainda se lembram desta musica? Sabiam a letra de cor? 🙂

Bom domingo 🙂

About Matilde Ferreira