Category Archives: Life

Pensamento para a vida toda…

Tudo tem o seu tempo e nada acontece por acaso.

Aconteceu comigo. Varias vezes. Encontrei o Amor da minha vida por acaso depois de muitas desilusões, depois de dizer que não queria mais ninguém na minha vida. Mas também sempre disse que se tivesse de ser, seria, sem pressas e sem stresses. E assim foi. Esperamos um Verão inteiro para nos conhecermos. E assim aconteceu. Sem pressas e sem stresses.

Sempre tive o sonho de ser mãe. Quis a Vida que isso acontecesse tardiamente depois de muito luta e sacrifícios. Mas acreditei. Acreditei tanto mas tanto que aconteceu. Sempre com o pensamento leve e positivo. Não poderia ser de outra maneira.

Basta acreditar muito para os nossos sonhos se tornarem realidade, e lutar muito por eles. Porque nada cai do céu.

Imagem da minha autoria

E voces, acreditam nesta frase? 🙂

E continuem a sonhar muito 😉

About Matilde Ferreira

Há dias…

…em que de manha um homem à tarde não pode sair à noite como diz Sergio Godinho. Ha dias em que me sinto como o Prince Harry quando diz que tem dias em que lhe é difícil sair da cama por estar preocupado com os problemas do mundo actual. Entendo-o tao bem, infelizmente vivemos numa era em que parece que as mentalidades retrocederam quando temos tudo apra viver em paz e harmonia. As pessoas estão cada vez mais doentes a nível mental e o Prince Harry tem toda a razão para falar e expor isso. As pessoas precisam de ajuda. E é a falar que nós nos entendemos. Precisamos de falar mais e muito uns com os outros. Comunicar. Precisamos de comunicar mais para haver mais união entre os povos. Precisamos urgentemente de bons lideres que façam os povos felizes.

Sabem o que me faz sair da cama? Os abraços e gargalhadas do meu filhote, os mimos do meu marido e saber que ambos estão bem 🙂

Imagem da autoria do meu Rui

About Matilde Ferreira

Storyteller Dices D’As Gavetas| O Telefone

Tenho uma relação complicada com o telefone. Foi o meu principal material de trabalho da ultima década. Talvez por ter falado tantas horas ao telefone agora não goste de o fazer. Prefiro escrever, enviar mensagens. Pelo menos fica tudo registado. Enquanto que por voz, é tudo momentâneo. Agora que me lembro, ja nos empregos quando queria que algo ficasse provado, preferia enviar um email. Assim não existiam margens para duvidas.

Mas dou por mim a ter saudades de falar ao telefone com os clientes. E acreditem que eu adorava conversar com eles. É um sentimento contraditório, eu sei. Mas tenho muitas saudades daquelas conversas. O simples gesto de pegar no telefone e animar o dia de outras pessoas não tem preço. Sentir que animamos o dia de outras pessoas é mesmo muito bom. Mesmo que, no meu caso so estivéssemos a vender aço inox ou ligas especiais, ou a prestar informações sobre fiscalização de gêneros alimentícios. 🙂

O mais incrível é quem vivemos numa era em que é raro usar a principal função do telefone: fazer chamadas. As vezes faz bem fazermos uma chamada. A minha mãe adora que eu lhe ligue e eu adoro falar com ela. A distancia pesa. Mas estes telefonemas ajudam bastante.

As vezes, apesar de estarmos rodeados de pessoas virtualmente, o que nos precisamos mesmo é de alguém que nos ligue a perguntar se estamos bem 🙂

Um simples telefonema pode salvar uma vida, quando pensarem em alguém liguem-lhe, vocês não imaginam o quanto esse gesto pode ajudar essa pessoa 😉 Este pensamento veio de encontro à campanha Setembro Amarelo – mês da prevenção contra o suicídio.

Falar faz bem, alivia a alma! Por muito que não gostemos de falar ao telefone 😉 Eu aprendi a deitar ca para fora aos meus 20 anos depois da minha depressão e foi a melhor coisa que fiz 🙂 Nem que seja para o papel 😉 Escrever alivia tanto 🙂

Imagem da minha autoria

E vocês, gostam de falar ao telefone? 🙂

Aproveitem o dia de hoje para ligarem a quem vocês acham que precisa 😉

About Matilde Ferreira

Fomos à Lua :)

O ultimo fim de semana de Agosto, foi prolongado por motivo de ser Bank Holiday na segunda-feira, dia 26 de Agosto e aproveitamos para ir ver a Lua, no meu museu preferido ca de Londres, o National History Museum. Uma exposição muito bonita, entitulada Museum of the Moon, do artista Luke Jerram. Os visitante podem tirar fotografias como se estivessem a agarrar a lua ao som de musicas como Clair de Lune.

Aproveitamos também para dar uma volta pelo museu, a primeira vez do Lu, que adorou os dinossauros mas preferiu o Wildlife Garden, uma especie de reserva natural na parte traseira do museu.

Imagem da minha autoria
Imagem da minha autoria

Em Portugal puderam ver a Lua em Oeiras no passado mes de Julho.

About Matilde Ferreira

Mundo triste…

Mais um excelente documentário da Stacey Dooley.

Lembram-se de Bring Back Our Girls? Infelizmente as coisas não melhoraram.Infelizmente continuam a raptar raparigas para casarem à força com membros do exercito rebelde do Boko Haram (grupo terrorista islâmico com base no nordeste da Nigeria.) E quando os maridos morrem, estas são usadas como bombas suicidas. 🙁 É-lhes feita uma lavagem cerebral tao grande, que elas so pensam e morrer. 🙁 Horrível! E do outro lado o exercito nigeriano rapta homens e rapazes novos, acabando por assassina-los em parte incerta a sangue frio, sem direito a julgamento, por pensarem que eles fazem parte do grupo terrorista…

Printscreen do documentário – Mães nigerianas com fotografias dos filhos desaparecidos

Até quando estas guerras estúpidas em nome da religião vai continuar a existirem? Ate quando vão continuar a serem violados os direitos da humanidade por motivos tao hediondos?

About Matilde Ferreira