Sobre os limites de escrever…

Não, este não é um post de censura, muito pelo contrario mas é que vivemos numa era em que eu, na minha humilde opinião, acho que deviam parar para pensar quando vão escrever! Digo eu que nao sei nada mas já vi muita coisa, vão por mim, acreditem… é que escrever é uma coisa tão boa, tão maravilhosa, quando escrevo sinto-me mesmo bem, parece que respiro melhor pois é como se tivesse tirado um peso de cima da minha alma.

Parem para pensar antes de falar ou escrever, não custa assim tanto, vao ver. A internet e uma coisa tao bom, não a estraguem, por favor. 

About Matilde Ferreira

Aprender ate morrer…

Com o tempo tenho aprendido, por muito difícil que o seja, a ignorar quem não traz nada de novo a minha vida. O silencio muitas das vezes é a melhor resposta. Acreditem que faz muito sentido. Não preciso de pessoas mesquinhas que não trazem nada de novo a minha vida e só sabem lamentar-se e quererem saber da minha vida. A minha mãe sempre me disse: “quem tudo quer saber não tem nada que se lhe diga”. E incrível que essas pessoas normalmente gostam de saber, mas  pouco falam delas.

Cada vez confio mais no meu instinto. Só que ainda apanho surpresas. Acho que faz parte. O que eu não posso nem devo deixar e que a negatividade de certas pessoas perturbe a minha paz interior. Isso nem pensar! Desde que a minha consciência esteja tranquila, não devo satisfações a ninguém. Quem não entendeu a primeira, azarito. Não posso nem tenho paciência para pessoas sem noção. Tenho 40 anos e um filho para criar!

About Matilde Ferreira

Como lidar com o abuso de confiança…

Ao longo da vida ja tive de me afastar de muitas pessoas que abusavam da minha confiança, e acreditem não foram assim tão poucas quanto isso. Talvez por eu pensar que     os outros são como eu, dou por mim a confiar mais do que o que devo e depois veem as desilusões. Como o meu Rui diz e bem, a própria palavra desilusão, tem ilusão dentro dela. Talvez por eu dar demais de mim, as pessoas aproveitam-se disso. Talvez por isso eu esteja cada vez defensiva, por estar tão calejada… Depois ficam muito admiradas quando nos nos afastamos. E como se não tivessem consciência. E como se vivessem num mundo à parte. Mas para bem da nossa sanidade mental nós é que temos de nos afastar desse tipo de gente para vivermos na nossa realidade em paz. 😉 

E voces, como lidam com pessoas toxicas?…

Beijinhosss e bom fim de semana*

 

About Matilde Ferreira