1 + 3 | Os Líderes de Hoje

Costumo dizer que não tenho perfil para chefe pois não gosto de mandar. Na escola nunca gostei muito de trabalhos de grupo pois sentia sempre que não era muito justo uns ficarem com os louros de quem trabalhava. E depois em adulta na vida profissional sempre fui mais de ajudar e fazer no meu trabalho em paz e sossego. Mas desde que vim para o UK que me fui apercebendo de que afinal o trabalho em equipa com um bom líder poder ser muito benéfico e proveitoso. E fico a pensar que afinal o mal está nas mentalidades antiquadas em Portugal… Lembro-me que o meu chefe dizia-me muitas vezes para eu ter cuidado pois estava perto de fazer 35 anos, segundo ele a idade limite para ser mais difícil de arranjar emprego. Acham que isto é coisa que se diga a uma funcionaria? Na minha terra isto chama-se “pressão psicológica“. Se fosse aqui no UK ele corria o risco de ser processado pois vai contra a ética profissional. Isto não é ser um bom líder. Um bom líder apoia, incentiva, organiza as suas equipas. E isto vai de encontro a que estou a estudar: Agile. Uma ferramenta, metodologia criada pela Toyota em 1980 com vista a ajudar na organização das suas equipas para melhorar o seu rendimento. Se todas as empresas praticassem este método ficavam a ganhar muito mais. Mas acredito que um dia todos conseguiam apesar de ainda haver um longo caminho a ser desbravado. Da minha parte estou a preparar-me para ajudar nesse sentido.

Imagem desafio criado pelo blog Thirteen da Carolina

Falemos agora de lideres nos governos. Com esta situação das eleições no Brasil que ja falei aqui dou por mim a constatar que estamos completamente entregues à bicharada. Não só no Brasil, mas nos USA com o Trump, aqui com o Brexit e em Portugal com a geringonça… cada vez chego mais a conclusão de que os políticos se aproveitam do desespero a que levam os próprios povos e depois estes ficam de tal forma iludidos caem que nem patinhos nas promessas falsas dos primeiros. Eu neste momento não sei em quem votar em Portugal. cansei de partidos, quero pessoas inteiras de alma e coração a governarem-nos. Porque nós precisamos de governos, caso contrario instala-se o caos. O mundo  não precisa de Trumps, nem de Bolsonaros, nem de Putins, nem de Brexits… o mundo precisam de Homens com H grande que unam as pessoas em vez de as separar. Porque juntos somos mais fortes!

 

About Matilde Ferreira

Assunto do dia…

Kathryn Mayorga foi aconselhada, pelo seu advogado, a aceitar o dinheiro na altura pois a influencia do jogador na altura ja era bastante grande… e o que levou a  reabertura  do processo de investigação passados 8 anos depois foi uma entrevista com o jornal alemão DER SPIEGEL

O que mais me revolta nesta historia de Cristiano Ronaldo e de Kathryn Mayorga, para alem da situação em si, é a quantidade de mulheres a julga-la. Como é que é possível tanta falta de bom senso? Ja pararam para se colocar no lugar dela? Ja pararam para pensar que ela estava iludida no calor da diversão? E o mais grave é que o Cristiano ao pagar e a pedir desculpas ja esta a assumir o que fez. Por isso so lhe resta a condenação. Mas em que mundo vivemos em que pouca gente consegue ver o obvio? A rapariga devia ter feito o mesmo que eu fiz ao meu ex quando ele também se enganou. Dei-lhe um  murro no meio das pernas que ele ate guinchou! Sabem porque me ponho no lugar dela? Porque a única coisa que me arrependo na vida é de não ter denunciado o meu padrinho e o meu ex-chefe por assedio sexual. No caso do meu padrinho eu tinha 13 anos e ele so nao me violou porque eu tive uma mãe atenta. No caso do meu ex-chefe acreditem que tive muito sangue frio para nao deixar as coisas se descontrolarem. Eu dava-lhe cada empurrão que ele ate andava de lado. Sempre com o meu Rui no meu pensamento. Foi isso que me deu forcas. E so nao o denunciei porque na altura o emprego me fazia falta e era a minha palavra contra a dele…

Parem para pensar um bocadinho comigo: que idade tinha a rapariga na altura do sucedido? Este testemunho conta tudo. Ela era uma miúda no começo da sua vida que trabalhava numa discoteca para pagar os estudos como fazem muitas raparigas da idade dela, bem ou mal, quem somos nos para a julgar. E porque demorou tanto tempo para divulgar o que aconteceu, perguntam vocês? Porque amadureceu. Cresceu. Está cansada. Esgotada. Sabem o que isso é? O dinheiro acabou porque possivelmente o gastou em tratamentos psiquiátricos e psicológicos para apagar o que lhe aconteceu. E como ela acreditem que devem existir mais. Ja para nao falar nas mães dos filhos dele feitos através de inseminação artificial… Sim, Cristiano, o dinheiro compra tudo mas nao compra moral e dignidade. E a consciência desta mulher falou mais alto.

Deixo-vos com estas analises sobre o assunto:

Ja chega! Agora deixem a justiça tratar do assunto!

About Matilde Ferreira

E assim vai o mundo…

Realmente…  ja não nos bastava o Trump nos EUA a permitir a legalização de porte de armas para todos os cidadãos, temos agora um seguidor dele no Brasil… eu chamo-lhe “Boisonaro” pois depois de o ver falar sobre temas como racismo, homossexualidade e machismo da-me vontade de vomitar… 🙁 como é que alguém com bom senso apoia e quer votar numa pessoa destas para Presidente do seu país? Incrível…

Cá em casa ja chegamos à conclusão que estão a deturpar o sentido do Mandamento da Bíblia “Amai-vos uns aos outros” para “Matai-vos uns aos outros“… não concordam? Por vezes dou por mim a pensar, tendo em conta o que leio por aí, que sou eu que não faço parte deste planeta. Eu até acredito que as pessoas estejam cansadas de serem enganadas e de verem tanta corrupção nos seus governantes mas na hora de irem exercer o seu direito de voto preferem samba e futebol, no caso do Brasil…. Ja no caso de Portugal e daqui do Reino Unido preferem reality-shows… 🙁

As pessoas têm de parar para pensar que afinal a escola serve e ajuda para alguma coisa. Quanto mais nao seja para estudar Historia… pois assim ficam a saber que ela tem tendencia para se repetir. Ora se nao vejamos: Bolsonaro, para alem de ser racista, homofóbico e machista, é do partido de extrema-direita. Estão a imaginar quem é que ele vai perseguir se for eleito presidente da republica? Nao é preciso pensar muito. Relembrando a Historia: um ditador de extrema-direita que fez muito mal ao seu próprio povo? Pinochet. Mesmo ali ao lado do Brasil.  Ja para não falar no Hitler. A Historia repete-se? Não devia. Mais uma vez: se a maioria dos seres humanos estudasse e se instruísse, saberia escolher melhor os seus governantes. os media só interferem na nossa opinião se deixarmos. Mas se fossem só os media… o pior esta na religião, que infelizmente continua a mandar nos governos dos países como faziam no tempo dos reis.

Mas realmente chego mais uma vez à conclusão de que a Educação não é um bom investimento para os governantes dos países do mundo… pois se as pessoas se instruirem deixam de ser ovelhas cegas para votar neles.

Deixo-vos com uma situação no mínimo caricata que me aconteceu no final da semana passada: aderi a um grupo do Facebook chamado “Mulheres Brasileiras contra Bolsonaro”  vi um post com um video em que Bolsonaro fazia um discurso semelhante ao do Trump e eu fiz esse comentário… e logo veio uma utilizadora responder que o Trump está a fazer um excelente governo nos EUA… eu fiquei tipo como assim?! Como é que alguem é contra o Bolsonaro e defende o Trump que pensa exatamente da mesma forma que o primeiro??? Saí do grupo sem dar resposta mas completamente atônita com tanta estupidez. 

Imagem retirada do Facebook

Deixo-vos com algumas pérolas do candidato brasileiro:

E Jô Soares esteve em grande nesta entrevista, por mais pessoas assim!

Ah este senhor disse que a guerra não se combate com flores… pena que ele nao conhece  uma parte importante do pais irmão do Brasil. 😉

Imagem retirada do Google

Aguardemos pelo resultado das eleições da primeira volta no inicio de Outubro. E ate lá vamos vivendo a nossa vidinha ca em cima no hemisfério norte com os nossos problemas do dia-a-dia como Brexit e  Geringonças.

Qual é a vossa opinião sobre este assunto?

Boa semana!

 

About Matilde Ferreira

Series que quero ver

Com Setembro chega também a época das series novas ou antigas. Mas eu este ano quero ver series novas aconchegada no sofá enrolada numa manta 🙂 Haverá coisa melhor? Também gosto de ver na cama debaixo do edredão. 🙂

Manifest conta com a participação de Josh Dallas que conheci como Prince Charming em Once Upon A Time.

“Manifest é uma futura série de televisão americana dramática programada para estrear em 24 de setembro de 2018 na NBC.

Manifest começa “quando o voo 828 da Montego Air aterrou em segurança após um voo turbulento mas rotineiro, a tripulação e os passageiros ficaram aliviados. Contudo, no espaço de poucas horas, o mundo tinha envelhecido cinco anos e os seus amigos, familiares e colegas, após luto Perderam a esperança e seguiram em frente. Agora, diante do impossível, todos recebem uma segunda chance, mas à medida que suas novas realidades se tornam claras, um mistério mais profundo se desdobra e alguns dos passageiros que retornaram logo percebem que podem ser por algo maior do que eles jamais imaginaram ser possível”

Whiskey Cavalier tambem conta com a participação de um actor, Scott Foley, que gosto muito e que participou numa das minhas series preferidas que vai deixar saudades: Scandal.

“Whiskey Cavalier é uma futura série de televisão dramática americana programada para estrear durante a temporada de televisão de 2018-2019 na ABC.

Whisky Cavalier segue as “aventuras do agente do FBI Will Chase (codinome: Whiskey Cavalier) que, após um rompimento emocional, é designado para trabalhar com a agente da CIA Francesca” Frankie “Trowbridge (codinome: Fiery Tribune). Juntos, a equipe inter-agências de espiões que periodicamente salvam o mundo (e uns aos outros) enquanto navegam pelas estradas rochosas de amizade, romance e política do escritório.”

De Stephen King, o mestre do suspense, trago-vos não uma mas duas series que estou com muita vontade de assistir: Mr Mercedes e Castle Rock

“Mr. Mercedes é um romance policial do autor Stephen King, publicado em 03 de Junho de 2014 pela editora americana Scribner e lançado em 2016 no Brasil pela editora Suma de Letras. É o primeiro livro da trilogia de Bill Hodges.

Ainda é madrugada e, em uma falida cidade do Meio-Oeste, centenas de pessoas fazem fila em uma feira de empregos, desesperadas para conseguir trabalho. De repente, um único carro surge, avançando para a multidão. O Mercedes atropela vários inocentes, antes de recuar e fazer outra investida. Oito pessoas são mortas e várias ficam feridas. O assassino escapa. Meses depois, o detetive Bill Hodges ainda é atormentado pelo fracasso na resolução do caso, e passa os dias em frente à TV, contemplando a ideia de se matar. Ao receber uma carta de alguém que se autodenomina o Assassino do Mercedes, Hodges desperta da aposentadoria deprimida, decidido a encontrar o culpado. Mr. Mercedes narra uma guerra entre o bem e o mal, e o mergulho de Stephen King na mente obsessiva e psicótica desse assassino é tão arrepiante quanto inesquecível.”

“Castle Rock faz parte da topografia fictícia de Stephen King no Maine e fornece o cenário para vários de seus romances, novelas e contos. Castle Rock apareceu pela primeira vez no romance The King Zone, de 1979, e reapareceu tão tarde quanto seu romance Doctor Sleep e o romance de 2014 Revival (veja a lista abaixo). O nome é tirado do forte de montanha fictício de mesmo nome no romance de 1954 de William Golding, Lord of the Flies…

Em 1991, em Castle Rock, Maine, o xerife Alan Pangborn encontra a criança desaparecida Henry Deaver em pé no meio do lago congelado da cidade. Em 2018, em seu último dia como diretor da Penitenciária do Estado de Shawshank, Dale Lacy comete suicídio. Sua sucessora, Theresa Porter, planeja reabrir um bloco de célas há muito abandonado para que ela possa manter a população carcerária. Enquanto contava as camas, o guarda Dennis Zalewski encontra um garoto preso em uma gaiola subterrânea. O miúdo  ao ser libertado, sussurra o nome de Henry. Porter se recusa a envolver Henry, que agora é um advogado da linha da morte, mas Zalewski o chama anonimamente. Depois de retornar a Castle Rock e se reconectar com Pangborn e sua mãe sofredora de demência Ruth, Henry tenta aprender mais sobre The Kid apenas para que Porter o obstrua. Zalewski, entretanto, descobre que The Kid escapou e matou vários guardas. Em um flashback, é revelado que o pai de Henry desapareceu na mesma época que ele e foi encontrado morto. Em um segundo flashback, Lacy diz a The Kid para pedir Henry quando chegar a hora…”

 

Conhecem algumas destas series? 😉 Espero que gostem deste serviço publico hehe 🙂

Agora so resta saber onde as poderei ver…

Que series recomendam? 🙂

 

 

About Matilde Ferreira

Qual é a vossa opinião…

… sobre esta imagem?

Imagem retirada do Instagram

Vi esta imagem enquanto percorria o feed do stories do meu instagram e mil e um pensamentos me ocorreram. Pensei muito mesmo antes de ter um filho mas o sonho falou mais alto.

Não podemos pensar assim… eu por mim falo, trouxe o meu filho ao mundo para lhe mostrar o melhor do meu mundo! Se todos fizermos um pouco de bom, acabamos todos por fazer um muito! Eu acredito e não desisto!

About Matilde Ferreira