Category Archives: Vidas

A lógica do CBeebies

Para quem não sabe, o CBeebies é o canal de bebes e crianças ate aos 5 anos da BBC. Tem inicio as 6 da matina e encerras as 7 da noite. O Lu ja sabe que quando o CBeebies desliga esta na hora da naninha. 🙂 Ate aqui tudo bem, mas depois para quem segue o twitter do canal depara-se o com hashtag: #uptoearly que quer dizer mais ou menos “acordar cedo demais” … Noa faz muito sentido quando a culpa é deles, certo? 😛

Enquanto isto, os pais que aguentem, mesmo ao fim de semana, acordar com as galinhas… o que vale é que isto vai passar e na adolescência vingamo-nos 😛 Agora entendo a minha mãe, que me acordava sempre com as galinhas 😛

E quem não tem filhos que não fique a rir, pois eu em Portugal era acordada as 5 da matina pela minha gata a fazer correrias no hall ou arranhar a porta do quarto a pedir comida 😛

Valha-nos o abençoado cafe 😀

Imagem da minha autoria

Bom fim de semana a todos 😀

About Matilde Ferreira

Quero ser assim quando for velhinha…

Ora aqui esta um casal que eu admiro desde criança. La em casa adorávamos as novelas em que estes dois entravam. Tarcisio Meira e Gloria Menezes.

Fizeram parte da minha infância através das novelas brasileiras que assistimos. Ambos com 83, casados ha 56 anos, são um casal inspirador.

Imagem retirada do Google

Fiquem com uma das novelas que eu mais gostei de ver o casal representar 🙂 A Guerra dos Sexos que acredito que a maioria não conheça mas recomendo a verem para dar umas boas gargalhadas 🙂

Dei por mim a constatar que sou mesmo da geração da velha guarda… imaginem voces que nao existia internet hehe 😛

Gosto tanto destas inspirações da Vida 🙂 E vocês? 😉


About Matilde Ferreira

Ser mae de menino…

é conseguir um Principe encantado eternamente. Acreditem que isto é a mais pura das verdades 🙂

Imagem da minha autoria
Imagem da minha autoria

Mas depois temos isto 😉 😀

Imagem retirada da internet


Mas um abraço sem contar compensa tudo 🙂

Imagem retirada da internet

E voces preferem meninos ou meninas? 😉

Boa semana*

About Matilde Ferreira

Just a Perfect Day

Ca em casa fazemos por os nossos dias serem perfeitos, faça chuva ou faça sol. Nem sempre é fácil mas a gente da sempre um jeito de contrariar os momentos menos bons. De contrariar as birras características de quem esta a crescer e a aprender a viver.

Imagens da minha autoria

Desde idas ao parque, em que aproveito para fazer caminhadas, bolas de sabão, jardinagem, pinturas quando está a chover, tudo serve para o fazer feliz e me deixar de coração cheio com as suas descobertas.

O Lu adora bolas de sabão e correr atras delas a tentar apanha-las, delira. A actividade preferida dele é mexer na terra e atirar folhas secas apra o lar como se de confetis se tratassem. Ah e quando esta a chover o que ele mais gosta de fazer é ouvir ou ver o Freddie Mercury a actuar 🙂 E adora imita-lo 🙂

Adoro ouvir as gargalhadas dele 🙂

About Matilde Ferreira

“Mãe emigrada não tem plano B”

Alô! Chamo-me Cris Loureiro (www.crisloureiroblogs.com) e hoje sou eu quem faço as honras da casa aqui no Cantinho da nossa querida Tily.

foto da autoria da C.Loureiro

Tanto a Matilde quanto eu, somos mães a viver o auge da maternidade aos quarenta, longe do nosso país Natal e de toda a família. Acho que estes factos em comum acabaram por nos aproximar criando uma empatia mutua que tem feito crescer esta nossa recente mas forte amizade. É sobre esta distância, que na vida de uma mãe parece pesar ainda mais, que hoje vos irei escrever.

Em certo momento da minha vida eu achei que ela, a minha vida, começava a não fazer grande sentido, a não ter evolução, não ter um sonho pelo qual correr atrás, tudo parecia pequeno e insignificante. Foi assim que o desejo de ser mãe nasceu em mim e começou a fazer sentido, acabando por se tornar no meu sonho maior. Um sonho tão grande que me exigiu mudanças radicais, uma das mudanças foi trocar de país. Em 2009 Portugal não dava, a mim e ao meu companheiro, qualquer estabilidade nem condições para criar uma criança, quanto mais duas, porque quando eu sonho eu sonho grande. Quase a fazer os meus 35 anos, era agora ou nunca.

Inglaterra recebeu-nos com o essencial, um emprego que nos permitia viver bem, tornando o meu, agora nosso, sonho possível. Em 2011 nasceu a L. e em 2013 nasceu a C. Com a falta de família ou amigos por perto estes dois bebés, agora crianças, dependiam e dependem única e exclusivamente de mim e do pai delas, não há plano B. É assustador, é uma constante aventura e desafio mas é a nossa realidade e foi a única forma que encontrámos de realizar o nosso sonho maior, ser pais.

Se não tivesse mudado de país dificilmente teria uma L. e uma C. provávelmente nunca teria nem sido pensada. Inglaterra não me dá plano B mas o plano A permite que o pai trabalhe e ganhe o suficiente para que a mãe não precise de trabalhar (ou vice versa), pelo menos a tempo inteiro, oferecendo à mãe a disponibilidade necessária para dar apoio às suas crianças que afinal de contas são o futuro de um país. As minhas filhas não precisam que os avós as vão buscar à escola e fiquem com elas, muitas vezes até às 8 e 9 da noite, à espera dos seus pais. Não precisam que os pais façam malabarismo com os dias de férias que muitas vezes leva a que pais não possam tirar férias em simultâneo, etc. Aqui só temos plano A mas o plano A funciona bastante bem, não colocando a responsabilidade de criar crianças nas costas de pessoas já com idade para não terem horários rigorosos e sim viverem o seu merecido descanso.

foto da autoria da C.Loureiro

Porém tenho medo, muito medo, porque o plano A pode falhar, neste plano não há tempo nem hora certa para ficar doente, este plano não dá direito a erro ou omissão, este plano dá muito medo e cansaço, mas enquanto ele vai funcionando dá também um enorme prazer e realização, pessoal, profissional e familiar.

Há por aí muitas mães a viver noutro país ou cidade, longe de familiares e/ou amigos?

Por Cris Loureiro.

 

A Cris lançou o desafio para uma troca de posts  nos nossos blogs, no grupo Vidas quase Perfeitas, e eu fiquei logo inspirada e claro que aceitei de imediato. Passem pelo blog da Cris para verem a minha colaboração.

 

About Matilde Ferreira