Category Archives: Shows

As Nossas Tradições…

…das noites dos dias de Natal e Ano Novo.

Desde que estamos no Reino Unido que não perdemos os episódios especiais de Call the Midwife na noite do dia de Natal e de Doctor Who na noite do Dia de Ano Novo. 

De cada vez que vejo um episódio de Call the Midwife fico muito sensível pois lembro-me de quando estava gravida do Louis. 🙂 Admiro tanto estas profissionais de saude que cuidam de nos, mulheres e fazem tudo para que os nossos filhos venham ao mundo em segurança. 🙂

Quanto a Doctor Who, este episódio lembrou-me tanto da saga de Star Wars… escusado será dizer que adorei 🙂 Mas não vou entrar em detalhes para não revelar spoilers…

Fiquem com os trailers dos dois episódios especiais:

Ja viram alguma destas series? 🙂

About Matilde Ferreira

Saudades de HIMYM…

Esta serie acompanhou o inicio da minha relação com o Rui. Era a nossa companhia dos domingos à tarde no meu quarto em casa dos meus pais. Esta serie veio confirmar o que eu disse sempre quando conheci o Rui, demorei um Verão inteiro para o conhecer pessoalmente porque estava sempre a dizer: se tiver que ser acontece, pois tudo acontece no momento certo. E basicamente é esta a principal lição a tirar da historia das aventuras destes 5 amigos: Ted Mosby, Barney Stinson, Marshall Eriksen, Lily Aldrin e Robin Scherbatsky.

Uma coincidência feliz: Ted conheceu a mãe dos seus filhos em 2005, e o primeiro episódio da serie foi transmitido em 19 de Setembro de 2005, e foi mais ou menos por esta altura que eu e o Rui nos conhecemos pessoalmente, tendo começado a namorar no inicio de Outubro, ha precisamente 15 anos atrás 🙂

No ano de 2030, Ted Mosby, um arquiteto, decide explicar a seus filhos a história de como ele conheceu a mãe deles. Tudo começou em 2005, quando um de seus amigos decidiu se casar e Ted precisou correr atrás de um amor.

Há por aqui fãs desta serie? 🙂

About Matilde Ferreira

Little Fires Everywhere

8 episodios. Vimos esta serie de seguida. Muito actual apesar de se passar nos anos 90. Duas mensagens a tirar desta trama: Não existem mães perfeitas e o previlégio dos brancos na sociedade americana.

Kerry Washington e Reese Witherspoon estão fenomenais.

Little Fires Everywhere é baseado no romance de 2017 com o mesmo nome de Celeste Ng.

Em 1998, a casa dos Richardson incendeia-se. Suspeita-se que o incêndio criminoso, pois houve vários pequenos incêndios.

No ano anterior, 1997, Elena Richardson aluga a sua casa de antiga de familia do outro lado da cidade para Mia Warren, uma artista, e a sua filha adolescente, Pearl. O filho mais novo de Elena, Moody, que tem a idade de Pearl, apaixona-se por Pearl e se torna amigo dela. Pearl conhece seus irmãos Lexie, Trip e Izzy. Pearl, que está acostumada a um estilo de vida transitório no qual sua mãe junta dinheiro, fica encantada com os Richardsons e seu lar estabelecido. Ela passa o tempo todos os dias em sua casa, apaixonando-se por Trip e idolatra Lexie.

Mia trabalha em parti-time num restaurante chinês e vende fotografias através de um revendedor em Nova York. Ela fica preocupada com a idealização de Richardsons por Pearl. Quando Elena condescendentemente lhe oferece um serviço de limpeza para sua família, ela concorda apenas para ficar de olho em Pearl. Ela conhece Izzy, a ovelha negra da família, e as duas tornam-se próximas.

Os Richardsons são convidados para a festa de aniversário de Mirabelle McCullough, a filha adotiva da amiga de Elena. Mia percebe que a criança é May Ling Chow, filha de Bebe Chow, colega de trabalho de Mia no restaurante, que abandonou a sua filha no meio de um episódio pós-parto e dificuldades econômicas. Bebe procura a sua filha há mais de um ano. Mia informa Bebe, embora os McCulloughs se recusem a deixá-la ver Mirabelle. Bebe está desanimada, pois não tem dinheiro para advogados. Mia aconselha que ela envolva as notícias locais. O escândalo resulta em Bebe obtendo direitos de visita e ajuda de um advogado pro-bono…

Imagem retirada do Instagram

About Matilde Ferreira

O que andamos a ver…

…cá em casa nestes tempos de quarentena e isolamento 🙂 Quer dizer, nos não precisamos de quarentena para ver series e programas de entretenimento hehe 😀

*Conta-me Como Foi (RTP1 – temporada 6)

10 anos depois, a serie que nos deu a conhecer a Família Lopes e as aventuras do Carlitos, e nos trouxe memórias incríveis da nossa infância e do tempo dos nossos pais, voltou. Sou fascinada por esta serie pois traz-me recordações muito boas da casa dos meus pais e dos meus avós. Só quem viveu nos anos 80 é que sabe o que era passar os dias em frente à caixa magica a ver os programas do Herman Jose ou do Julio Isidro. E esta serie retrata mesmo as nossas vivencias passadas.

*Killing Eve – (BBC – 3a temporada)

Mais uma serie que nos deixa presos ao era do principio ao fim. As aventuras da Vilanelle (Jodie Comer) e o jogo de caça ao rato entre ela e Eve (Sandra Oh) fazem-nos querer sempre mais desta historia cheia de momento de humor.

* After Life (Netflix – 2a temporada)

Tanto esperamos e pedimos que Ricky Gervais fez-nos a vontade e o que é bom acaba rápido. 6 episodio de meia hora cada um vistos num ápice, no meio de muito choro, sorrisos e gargalhadas, no sofá abraçados um ao outro. Uma historia que nos faz pensar tanto. E ficar à espera da temporada 3. Mas entretanto: Life goes on.

* Story of God with Morgan Freeman ( Netflix – 3a temporada)

Morgan Freeman transmite-me paz e serenidade e traz-nos esta serie-documentario que nos faz divagar e pensar. Deus, Diabo, crenças, pecado, milagres. O ser humano precisa de acreditar em algo para viver e tudo lhe fazer sentido, mesmo que muitas das vezes essas coisas lhe tenham sido impostas desde a sua infância… Complicado não? Sim, o ser humano tem tendencia para complicar o obvio. Ou não fosse humano.

* Diário de Uma Quarentona (RTP1)

O nosso ritual de humor das quintas-feiras à hora do jantar, através da RTP Play. Para contrariar este clima de isolamento nada melhor que rir pois este é sempre o melhor remedio e para isso contamos com a ajuda de Herman Jose e Companhia. 😀 Temos sempre diversas garantida. O programa é feito a partir da casa do Verdadeiro Artista e dos restantes actores. É de louvar esta iniciativa tão original. Não me canso de agradecer a estes profissionais por continuarem a fazer tudo o que esta ao seu alcance para nos animar e entreter.

* A Espia (RTP1)

Podia muito bem ser uma serie estrangeira. Mas não é. E é mesmo isso que me deixa orgulhosa desta serie. Eu adoro historias de época e esta faz-me lembrar The Man in the High Castle que ja vos falei aqui. Com Daniela Ruah, Diogo Morgado e Maria João Bastos nos principais papeis esta serie passada no Portugal do Estado Novo tem tudo para ser um sucesso. Portugal pode não ter ido à guerra mas participou bastante nela, tendo fornecido volfrâmio para os nazis. Salazar agradou aos Aliados e aos Nazis, enquanto privava o povo de liberdade com uma falsa paz. E é sobre isto que esta serie conta. Ja vi 2 episódios e tenho mais 2 que conto ver este fim-de-semana.

*Patrulha da Noite (RTP1)

Mais uma sugestão para desanuviar e descontrair com muito humor e animação com a participação de Eduardo Madeira e Companhia. Ca em casa costumamos ver, mais uma vez no RTP Play aos domingos à hora do almoço 😀

E para esta noite ja escolhemos o filme no Netflix: Extraction com o Chris Hemsworth, o actor que interpreta Thor.

Fiquem com o trailer:

E vocês o que andam a ver?

About Matilde Ferreira

Momento Mágico

Voltei atras no tempo ao ver Herman Jose cantar esta musica com Miguel Araujo. Esta musica linda escrita por Rosa Lobato Faria. Que saudades!

Eu não sei
Se este caso tem
Para ti algum valor…
Sabes bem
E eu sei também
Foste o meu primeiro amor
Este caso feliz
Foi um caso que eu quis
Foste caso, só para nós.
Podia acabar o mundo
Desabar a ponte sobre o Tejo
Que eu viria do fundo do mar
Só para te dar
Mais um beijo.
E eu pensava que estar apaixonado era brincar
E agora sei
Que toda a vida te sonhei e esperei
Sem saber porque.
Já perdi
Neste amor por ti
A vontade e a razão.
Tu dirás,
que voltar atrás
É trair o coração.
Este caso de amor
Por acaso é o maior
Do que tudo, que eu viviii……

About Matilde Ferreira