Restaurante Cais 20

Ola a todos,

Ora hoje e a minha vez de escrever aqui no Cantinho acerca das nossas recentes Ferias na Ilha de São Miguel, nos Açores, mais concretamente sob a forma de um review a um dos restaurantes que visitamos durante a nossa estadia, o Restaurante Cais 20 este restaurante era especialmente conveniente para nos, por ficava perto do sitio onde ficamos alojados, mas acima de tudo surpreendeu pelo atendimento e pela qualidade da comida.

Outro aspecto positivo foi o facto de o restaurante ter uma pequena area para as crianças brincarem, o que permitiu que o Louis convivesse um bocadinho com crianças da mesma idade, muito bem pensado da parte do restaurante. Outro aspecto muito positivo era a vista do restaurante que tem uma enorme janela com vista para o mar … simplesmente espetacular !

Gostamos tanto que la fomos 2 vezes 🙂

Entre as coisas que provamos gostávamos de destacar, as Lapas grelhadas, o arroz de tamboril,  o polvo grelhado, e os bifinhos de vitela (o Lu adorou), tudo usando produtos locais que nos deixam tantas saudades ! Ah e não esquecer a morcela com ananás, uma combinação estranha para nos mas que se revelou excelente!

Apenas de tudo, tenho um reparo a fazer, que não e culpa do restaurante em si, mas que acaba por afectar a nossa experiencia como clientes, como e muito movimentado o Restaurante e muito barulhento … mas tirando isso adoramos e voltávamos de novo de certeza.

Bem, espero tenham gostado e fica aqui a nossa recomendação, ah e se la forem não se esqueçam de provar as Lapas … dos Açores claro 😉

About Rui Moreira

As nossas ferias nos Açores

Mar e Serra – Açores

Um sonho tornado realidade. Passados 15 anos de espera fomos ao Paraíso no meio do Atlantico. Gostava de dizer ao Sr Nunes, um antigo colega de trabalho, que todos os anos ia com a esposa para as ilhas,  que ele tinha razão. Durante uma semana respirei  ar puro e fomos ainda mais felizes. Recomendo a toda a gente que precise de parar. 🙂 Não precisam de ir à India para fazer um retiro, acreditem. Foi preciso ter vizinhos açorianos no andar de cima da nossa casa anterior para conseguirmos ir aos Açores. E superou as expectativas. Viemos de coração cheio e alma leve com a promessa de voltar. 🙂

Ao fim de quase dois anos, fez-me bem voltar a andar de avião, uma coisa que adoro fazer 🙂

Por onde começar? S.Miguel e a sua capital, Ponta Delgada, têm muitas coisas para ver que preenchem uma semana. Numa semana apanhamos de tudo. Aqui o Anticiclone sente-se mesmo,  temos as 4 estações do ano num dia só e mais uma extra. Mesmo assim,  ainda conseguimos ir varias vezes à praia. O Lu adorou brincar na areia preta. Primeiro estranhou, depois entranhou, e ate comeu areia hehe. 😀 Coisas de criança 🙂 Como criança feliz que é, adorou, esteve nas suas 7 quintas e interagiu tanto.

Lagoas das Sete Cidades

Primeira paragem: Lagoa das Sete Cidades. Como não podia deixar de ser. Conseguem imaginar a minha cara quando vi esta vista? 🙂 Não conseguia acreditar, pois so conhecia estas paisagens dos livros e da tv. Nao apetecia sair dali. Que maravilha de lugar 🙂 Por toda a ilha se respira ar puro, da para ver pelo ar de felicidade das vaquinhas. 🙂 Ah ao final do dia ainda fomos ate a nossa prainha, perto do Rosto do Cão,  bem perto da nossa casa onde ficamos alojados, pertencente à Azores Villas, que recomendamos pelo serviço 5 estrelas. Ja tenho saudades das conversas deliciosas com a nossa Noelia. De fácil acesso, muito confortável, sentido-nos como se estivéssemos em casa. Imaginem que fiz sopa para o Lu pois tinha varinha magica, e ainda consegui dar um jeito a duas peças de roupa minha com o ferro de engomar que havia na casa.

Nossa Praia 🙂

Casamatas da Praia de Santa Barbara

No segundo dia, segunda-feira, depois de termos almoçado um bom repasto em casa, fomos ate à praia de Santa Barbara, pois o dia estava convidativo, onde aproveitamos para conhecer as Casamatas. Foi aqui que o Lu adorou brincar na areia.

 

Lagoa do Fogo

Na terceira paragem, dia do nosso aniversario de namoro, fomos até à Lagoa do Fogo, onde estava uma ventania que quase nos levava junto com ela,  e  depois descemos ate às famosas Furnas, e o seu tão característico cheiro a enxofre… apesar deste pequeno senão, adoramos a paisagem, ainda podemos ir visitar um sitio muito especial e romântico: a Capela da Nossa Senhora das Vitorias mandada construir em homenagem a uma senhora que estava muito doente pelo seu marido. Quanto ao famosos cozido das Furnas vai ter de ficar para o ano pois o tempo não estava de feição…

Na quarta-feira, quarta paragem, depois de termos comido um rico manjar no Restaurante Atlantico Grill , rumamos ate à muito conhecida Ermida da Nossa Senhora da Paz  onde eu e o Lu apanhamos uma molha monumental… meio das escadarias 😀 Que rico banhoca! Não sei como conseguimos descer as escadas no meio de tanta agua! Hehe 😀 Com isto tivemos de voltar para casa e com muita pena minha tivemos de deixar o Parque Terra Nostra para o ano também… So motivos para voltar ao Paraiso.

Quinta-feira, quinta paragem, fomos almoçar ao Restaurante da Associação Agricola, onde nos regalamos com o melhor bife da região, e à tarde fomos conhecer a única plantação de chá existente na Europa. Para uma tea lover como eu fiquei deslumbrada. Aproveitamos para ir ate ao Miradouro da Bela Vista onde desfrutamos da vista de cortar a respiração. E ainda tivemos tempo para ir passear pela Portas da Cidade.

Portas da Cidade

Na sexta-feira, foi hora de carregar os últimos cartuchos com um arroz de tamboril no Cais 20 e aproveitar os ultimos momentos na nossa prainha.

No ultimo dia sábado, fomos almoçar a casa dos pais do nosso amigo e vizinho que aproveitaram para nos levar ao aeroporto que fica a 5 minutos de casa deles.

Para este post não ficar muito longo, vou deixar os reviews dos 3 Restaurantes e da plantação de chá para mais 4 posts.

Para o ano ha mais 🙂

Ja foram aos Açores?

About Matilde Ferreira

Passeio de comboio a Windsor :)

Vista do Castelo de Windsor à chegada do comboio à estação Eton & Windsor

Em dia de casamento real, hoje trago-vos o nosso passeio de comboio ate ao local do evento, Windsor. Para chegar a Windsor temos de apanhar dois comboios, o primeiro atravessa 3 estações, West Drayton, Fica a meia do sitio onde vivemos e gostamos muito de ir ate la desfrutar do Alexandra Gardens.

A entrada do Parque com o castelo como pano de fundo…

O nosso coreto onde o Lu deu os primeiros passos…

Mais o vez o coreto, que estava a ser preparado para ser um dos pontos de operações para o evento do casamento real 🙂

Neste dia nao quisemos nada com confusões, e o que nos valeu é que ao sair do comboio tem umas escadinhas que nos levam mais rápido ao parque que referi acima. Nem parecia que estávamos perto do evento. 🙂

Vista do comboio ao chegar a Windsor

Verde muito verde e céu azul 🙂

Windsor Riverside

O Lu fartou-se de correr pelo parque e de andar atras dos passarinhos, mas o que ele queria mesmo era ir para a o parque das camionetas de excursões, sim as pessoas aqui fazem romarias para visitar a segunda residência oficial da Rainha. Valeu-me um acessório que nao dispenso mas que muita gente confunde com uma trela… mas nos não queremos saber, apenas queremos preservar a segurança do nosso filho pois ele esta numa fase de descoberta e exploração e basta um segundo de desleixo para que ele vá para o meio da estrada atras dos carros. Definitivamente nestas idades ainda não existe noção do perigo, se bem que ele é bastante receoso, mas tanto esta a apertar-nos a mão como a escapar de nos…

O Lu adorou andar de comboio assim como estar à espera deles 🙂 Adora sentir o ventinho na cara e fica deliciado 🙂 A cara dele de cada vez que um comboio passava 🙂

E aqui vai ele muito sossegadinho a desfrutar das vistas 🙂

O CBeebies, canal preferido do LU, tem uma rubrica chamada My First, que conta as primeiras experiências das crianças tais como idas a praia, andar de comboio, festas de aniversario, etc, e esta experiencia do Lu adequa-se perfeitamente a esse tema 🙂

 

About Matilde Ferreira

Não hei-de morrer sem…

Fazer os Caminhos de Santiago e o Roteiro do Douro 🙂 O primeiro por causa de Viana do Castelo, esta cidade tem tanto mas tanto por descobrir principalmente a vista desde a catedral de Sta Luzia, que coisa mais linda e majestosa. E o segundo… bem o segundo tem as paisagens do Douro e feito num comboio a vapor 🙂 Ja da para sentir mais ou menos o que é viajar no Expresso do Oriente… vá, uma pequena amostra 🙂 Querem melhor? 😉

Ah e ja agora também gostava muito de saltar de paraquedas 🙂

foto retirada do Google

 

foto retirada do Google

 

imagem retirada do Google

… e voces, o que gostavam de fazer antes de morrer? 🙂

 

 

About Matilde Ferreira

Desafio Gratidão| Semana 16: A Natureza

Eu adoro a Natureza. Tudo nela me inspira. Seja a chuva, a neve, o sol, as arvores no Inverno, no Outono, na Primavera, no Verão 🙂 Sabem um sitio onde me sinto bem desde miúda? À beira-mar 🙂 Era o meu refugio, o sitio onde eu ia buscar inspiração e forças. Adoro o sol de Inverno a aquecer-me o rosto.

Perco-me com documentários sobre a Natureza. Adoro pinguins e golfinhos. E gatos. Perco-me com gatos. Sao incrivelmente inspiradores e zens. Transmitem-nos paz. Tenho saudades de ter um pet. Mas tenho de ter paciência pois nem sempre é como  nos queremos.

Esta é a maria, a nossa ultima pet 🙂 está em Portugal aos cuidados dos meus manos e da minha mãe. Nos primeiros tempos ca sozinha, depois do Rui ir para o emprego,  acordava a chamar por ela 🙂

Agradeço pela chuva, pois sei que depois dela vem o arco-iris e o sol 🙂 Depois da tempestade vem sempre a bonança e isso aplica-se tanto na vida 🙂  Adoro observar a Natureza, em todas as suas fases e desde que fiquei doente, estou muito mais atenta. O ciclo da Natureza é tão parecido com o nosso. 🙂

Adoro fotografar a Natureza, me canso de a captar seja, em que estação do ano for 🙂 Ela é  linda esteja frio ou calor 🙂 E o melhor é mesmo vermos o nosso rebento em harmonia com a Natureza 😀

 

Podem  acompanhar este desafio da Gratidão criado pela Liliana Silva do blog Silver Wing aqui .

E voces, o que mais gostam na Natureza? 🙂

About Matilde Ferreira