Category Archives: Opinion

E assim vai o nosso país…

Eu posso estar longe mas continuo interessada com o que se passa em Portugal. Fiquei muito contente por o partido Livre ter conseguido um lugar na Assembleia da Republica mas também fiquei chocada por o partido de extrema direita Chega ter conseguido o mesmo. Quem é que no seu juízo perfeito votou nestes energúmenos?!

Joacine Katar-Moreira ainda não tomou posse como deputada e já nos está a prestar uma grande serviço publico, desfazendo todas as duvidas de que Portugal é mesmo um país racista.”

Pois é alguém se lembrou de fazer uma petição para impedir a representante do partido Livre de ser deputada. Implicâncias de gentes que não têm mais nada que fazer. Como é possível implicarem com um pormenor tao insignificante como uma bandeira? E mais, implicarem por ela não ter cumprimentado uma pessoa com ideais com os quais ela não se identifica, sem saberem os verdadeiros motivos que a levou a fazer isso. Pior agora duvidam que a gaguez dela seja verdadeira. Como é possível acharem que uma pessoa finge ser gaga? Sabiam que quanto mais uma pessoa esta estressada e enervada mais tendencias tem para gaguejar? Sabiam que a gaguez pode ter origens de traumas psicológicos? Eu, por exemplo, quando estou mais estressada e enervada, dou por mim a gaguejar e a faltarem-me as palavras… 🙁

Mas porque raio vivemos numa era em que as pessoas boas são sempre crucificadas e vistas como as mas da fita, pelas verdadeiras mas da fita? 🙁

Mas são estas coisas que dão forças para seguir em frente e adorei a resposta que partido deu na sua pagina face a estes últimos acontecimentos. A extrema-direita tem de ser travada e nao pode ganhar ainda mais poder. As pessoas não podem regressar ao passado. temos de seguir em frente. Dou por mim a constatar que quanto menos estudos as pessoas têm mais se deixam enganar. Tenho casos de colegas meus que detestavam as aulas de Historia e hoje apoiar pessoas de extrema-direita. 🙁

O mais incrível é que o argumento que essas pessoas dão é que nós temos falta de argumento…

Imagem retirada do Facebook
Imagem retirada do Facebook

Aqui as coisas também não estão melhores com a possibilidade de eleições antecipadas e de Farage, representante da extrema-direita do UK, ser eleito MP do Parlamento… 🙁

About Matilde Ferreira

Currently Reading

Em pleno Século XXI ja não deveria ser necessário ir buscar estes grandes exemplos ao passado, mas os valores da humanidade andam tao em baixo e tao virados ao contrario que dei por mim a ler a historia de Harriet Tubman, A Journey to Freedom de Sandra A. Agard. Harriet foi uma escrava que lutou pela sua liberdade, e conseguiu. Tenho lido este livro ao Lu e ele tem adorado, fica encantado como se percebesse mesmo o sentido das palavras. Este livro está escrito de uma forma muito simples e cativante.

Por incrível que pareça o tema da escravatura da História de Portugal e Mundial foi a parte que mais me chocou por todos os acontecimentos neles envolvidos. E só de pensar que actualmente existem pessoas com os mesmo ideais, como é o caso das extremas direitas, isso repugna-me muito mesmo…

Imagem da minha autoria

Este livro foi-me sugerido pela minha escritora preferida, Dorothy Koomson.

About Matilde Ferreira

24a. Gala dos Globos de Ouro da SIC

Como assim os Globos de Ouro da SIC aconteceram mais tarde e ninguém me avisou? Pela primeira vez na sua historia não precisei de ver para os comentar 😀 E a Joana Marques disse o mesmo aqui e aqui 😀

Comecemos então pelos meus favoritos: Mariana Monteiro, Raquel Strada, Joana Aguiar, Diana Chaves, Claudia Vieira, Sara Matos, Rolanda Correia, Miguel Gouveia e Sara Norte

Imagens retiradas do Instagram

O momento da noite para mim, foi sem duvida o discurso de Barbara Guimarães, arrepiante, só quem passa por elas é que sabe dar o verdadeiro valor.

Quanto aos vestidos de Cristina Ferreira, não tenho nada contra, apenas quero dizer que Portugal é um pais muito pequeno para um ego tao grande com da apresentadora 😛

Ah partilhei esta imagem com amigas minhas inglesas e elas adoraram o vestido vermelho da Cristina 🙂

Imagens retiradas do Instagram

Viram os Globos? Os que acharam? 🙂

About Matilde Ferreira

Period. End of Sentence.

Quando ainda existem homens e rapazes que julgam que a menstruação é uma especie de doença… como é que é possível isto continuar a acontecer em pleno Sec. XXI? O período para mim, apesar de causar muitas dores, sempre foi encarado como algo muito natural. Talvez por ter sido bem elucidada pela minha mãe e bem informada na escola. Que sorte que eu tive. A minha mãe sempre teve essa preocupação.

Por muito que eu odeie ter o período, eu sei que ele é um mal necessário e algo natural. Por essa mesma razão não deve jamais ser encarado como tabu. Acho também que ja evoluímos o suficiente para as pessoas não pensarem dessa forma.

Enquanto escrevia este post estava com o período, que rica coincidência, não concordam? 😉

Se ainda não viram este documentário, recomendo que vejam. E partilhem, partilhem muito.

About Matilde Ferreira

Imagens da semana

Tic tac tic tac… pouco mais de 11 anos é quanto nos resta para reverter a situação do nosso planeta. Aqueles que se riem da jovem Greta preocupem-se antes em fazer alguma coisa. Preocupem-se e ajam.Pois se não fizerem nada agora, serão os primeiros a entrarem em pânico quando já não houver nada a fazer.

Imagem retirada do Facebook

Imagem retirada do Facebook

No meio disto tudo fico feliz por existirem chefes de estado, como Angela Merkel, com bom senso que ouvem a jovem e estão a tomar medidas para reverter a situação do planeta.

Imagem retirada do instagram de Angela Merkel

Tenho dado por mim a pensar por onde anda o bom senso da humanidade… 🙁 Confesso que estou cansada de radicalismos e extremismos. Sou apologista do meio termo, sem excessos. Por exemplo, eu diminui o consumo de carne, não posso comer carne de vaca por motivos de saude (os meus cistos nos ovários adoram a proteína da carne de vaca 🙁 ) mas não consigo deixar de comer por completo ca em casa. O pequenote anda numa fase de carboidratos e alguns legumes, adora pepino e tomate, e salsichas frescas tipo polacas, e evita peixe e carne mas eu corto-lhe as voltas e coloco carne ou peixe na sopa. A minha consciência de mãe diz-me para o fazer. Corta-me o coração saber que existem crianças a ficarem doentes por causa dos pais terem preferencias vegans 🙁 Acho isso de uma irresponsabilidade horrível.

De resto continuo a ser consciente com o nosso planeta. Chego a ir ao parque e dar por mim a apanhar lixo. Em casa fazemos reciclagem e temos diminuído o consumo do plástico. Gostava que fosse como no tempo dos nossos pais, usar mais garrafas de vidro e guardanapos de pano. Por falar nisso, voltei a compra-los. Sao pequenas coisas que fazem toda a diferença, entre muitas outras. Como por exemplo, usar sabonete em vez de liquido das mãos, etc etc etc.

Quero muito acreditar que ainda vamos a tempo de reverter a situação, apesar de so termos uma década…

About Matilde Ferreira