Category Archives: Essenciais

Disney Pop-Up On Stage Exhibit

Uma experiencia incrível! Noutro dia decidi rumar ate à zona magica de Convent Garden e deixei-me levar ate ao mundo magico da Disney. O Louis não quis ir, ficou em casa com o pai e não sabe o que perdeu… Pois ia ter adorado as maquinas de flippers com jogos do Aladdin 🙂

Tale as old as time… é a musica que vos vem à cabeça mal entram neste espaço mágico 🙂

Mary Poppins, Aladdin, O Rei Leão, Beauty and The Beast e Frozen são os musicais da Disney que estão em actuação na zona londrina de West End, conhecida pelos seus espetáculos, a Broadway ca do sitio. Nesta exposição podem ver adereços e guarda-roupa usados nos espetáculos e também explicações sobre como são feitos os cenários.

As fotografias falam por si e ficamos com vontade de ir assistir a um musical da Disney 🙂

O que acharam desta exposição? 🙂

About Matilde Ferreira

Uma Aventura no Museu da Ciencia

Ops, fizemos outra vez e partimos rumo à aventura. 🙂 O Louis foi pela primeira ao Museu da Ciência e adorou, e não podia ser de outra forma pois ele adora tudo o que seja relacionado com o Espaço, o nosso planeta Terra, astronautas, comboios e computadores, claro 🙂 Escusado será dizer que estava nas suas quintas 🙂 Ele adora tudo o que sejam maquinas e botões 😀

Ja por aqui falei que os museus ca em Londres são maioritariamente gratuitos, por isso não percebo porque toda a gente vai a correr para o Madame Tusseaud quando vêm ca mas cada um sabe de si. Neste momento os museus gratuitos como Science Museum, National History, British Museum e o Victoria & Albert só estão a aceitar marcações online por causa da pandemia e neste caso pedem um donativo irrisório a partir de 5£, o que nos achamos muito bem porque os museus precisam de ser sustentados e de manutenção.

Para chegar à zona dos museus, situada em South Kensington, na Exhibition Road, bem proximo do famoso Harrods, podem apanhar a linha verde do Underground, a District Line em Ealing Broadway ou Paddington Station, sim a mesma que deu nome ao ursinho ternurento. Por ser domingo nos tivemos azar, porque esta linha estava em manutenções e tivemos de apanhar o autocarro 23, bem junto à estação de Paddington com direção ao Royal Albert Hall que é dos edifícios mais lindos da cidade. Acabamos por ter um passeio diferente com uma vista espectacular sobre a cidade londrina.

Royal Albert Hall

Deixo-vos com as fotografias que falam por si 🙂 Aprendemos tanto nos museus 🙂

Estes comboios foram nos mostrados por um senhor guia voluntario do museu muito simpático 🙂

O Louis também adorou a parte dos brinquedos e utensílios antigos 🙂 Muito old school o nosso menino 🙂

Outra das zonas que o nosso Louis adorou foi a dos aviões 🙂

E claro, que nao podíamos esquecer a zona da historia dos computadores e das comunicações para delírio do nosso pequenote 🙂

Uma das coisas que o Louis gostou bastante foram os jogos interactivos existentes no segundo piso do museu 🙂

E por ultimo, deixo-vos com a lindíssima exposição sobre os relojoeiros de Londres. Eu adoro relógios e vocês?

No fim fomos trincar alguma coisa no bar do museu e o Louis aproveitou para se deliciar com um gelado 😀

À espera do autocarro de volta a casa… O Louis pergunta se gostaram da nossa visita ao museu? 🙂

Gostaram da nossa ida ao museu? Qual foi a vossa parte preferida? 🙂 Fiquem atentos pois em breve vamos contar outras aventuras nossas 🙂 Estas ferias estão a ser cheias de emoções 😀

E vocês, costumam ir a museus? 🙂

About Matilde Ferreira

Curtas da Disney| Float (Voa)

“Porque não és normal?” perguntou o pai ao filho 🙁

Um filme com uma mensagem muito forte que nos deixa a pensar tanto.

Este filme fez-me pensar num amiguinho do Louis que está no espectro do autismo e que adora o Louis. O Louis também gosta muito dele e tem feito tudo para defender o amigo dos outros coleguinhas.

Porque todas as crianças têm o seu tempo, por isso acho que devemos deixa-las viver o seu tempo porque so se é criança uma vez na vida. Desculpem a redundância…

Este filme tocou-me bastante como mãe pelas razoes obvias.

Ja viram? 🙂

About Matilde Ferreira

Porque escolhi esta linda aliança de casamento …

Este foi o primeiro post que escrevi no blog e fiz-lo como um teste… mal sabia eu que iria escrever este post 🙂 Parecia que estava a adivinhar.

Nas asas do teu amor

Voo livre como uma gaivota…

Foi este o motivo pela qual escolhi esta aliança, porque o amor dele faz-me sentir livre 🙂

Contigo concretizei o sonho de ser mãe. E com isso fizeste-me sentir realizada como mulher e ser humano. A nossa relação esta longe de ser perfeita. Mas a nossa amizade está sempre lá nos bons e maus momentos. E assim espero que permaneça ate sermos velhinhos.

Eu jamais permitiria que um homem se endividasse para me dar um anel de noivado. Isso vai contra os meus princípios e a minha consciência. Acho que nunca mais iria conseguir dormir descansada à noite. Cada um sabe de si mas quando vejo as ditas influencers nas redes sociais a mostrar os seus anéis de diamantes oferecidos pelos seus noivos, não me faz sentir inveja mas sim pena do péssimo exemplo que estas estão a transmitir a quem as segue. Vivemos num mundo tão fútil que as pessoas se encantam coisas cheias de nada, que para quem pouco ou nada tem pode ser muito. Perdoem-me o devaneio… mas falar destes assuntos deixam-me triste, mais uma vez não por mim mas por constatar que vivemos numa sociedade tão oca e vazia… onde os sentimentos verdadeiros são esquecidos.

Tanto aqui no UK como nos EUA o custo do anel de noivado deve ser equivalente a 2 ou 3 meses de ordenado do noivo…

O custo médio de um anel de noivado no Reino Unido é de £ 1.483, mas os resultados revelam que apenas 24% dos britânicos esperam que seu parceiro gaste tanto (entre £ 1.000 e £ 2.999)

Este foi o meu anel de noivado, com uma pequena ametista, a minha pedra preferida. O Rui ofereceu-me em 2015, 3 anos antes de assinarmos os papeis 🙂

Imagem da minha autoria

Eu acho muito o custo medio do anel… o meu custou 200£ e eu ja achei demasiado, ja para não falar nas nossas alianças, que juntas custaram 600£… So acho que ha coisas melhores e mais uteis para gastar o nosso dinheiro, e podemos fazer tanta coisa que nos faz bem mais feliz 🙂 tal como viajar sem nos endividarmos 😉

Imagem da minha autoria – o Amor verdadeiro tornou o sonho realidade

O que vocês acham deste assunto?

About Matilde Ferreira

A relação do meu cabelo com…

…champôs em barra da Garnier 🙂 Confesso que estava reticente em usar estes produtos, mas depressa me deixei levar nesta onda e a causa é mais que boa. E mais uma vez esta marca foi pioneira, pela qualidade e preço. Quer se dizer, a Lush ja tem champôs secos à bastante tempo mas sempre achei um pouco carotes.

Passei a lavar o cabelo apenas duas vezes por semana e recomendo. O meu cabelo ficou mais sedoso e saudável.

Para alem destas vantagens, os “sabonetes para o cabelo” como eu lhes chamo, contribuem para a diminuição do consumo de plástico, logo o planeta agradece.

Quem também ja aderiu aos champôs secos?

About Matilde Ferreira