Category Archives: Polemicas

Period. End of Sentence.

Quando ainda existem homens e rapazes que julgam que a menstruação é uma especie de doença… como é que é possível isto continuar a acontecer em pleno Sec. XXI? O período para mim, apesar de causar muitas dores, sempre foi encarado como algo muito natural. Talvez por ter sido bem elucidada pela minha mãe e bem informada na escola. Que sorte que eu tive. A minha mãe sempre teve essa preocupação.

Por muito que eu odeie ter o período, eu sei que ele é um mal necessário e algo natural. Por essa mesma razão não deve jamais ser encarado como tabu. Acho também que ja evoluímos o suficiente para as pessoas não pensarem dessa forma.

Enquanto escrevia este post estava com o período, que rica coincidência, não concordam? 😉

Se ainda não viram este documentário, recomendo que vejam. E partilhem, partilhem muito.

About Matilde Ferreira

Imagens da semana

Tic tac tic tac… pouco mais de 11 anos é quanto nos resta para reverter a situação do nosso planeta. Aqueles que se riem da jovem Greta preocupem-se antes em fazer alguma coisa. Preocupem-se e ajam.Pois se não fizerem nada agora, serão os primeiros a entrarem em pânico quando já não houver nada a fazer.

Imagem retirada do Facebook

Imagem retirada do Facebook

No meio disto tudo fico feliz por existirem chefes de estado, como Angela Merkel, com bom senso que ouvem a jovem e estão a tomar medidas para reverter a situação do planeta.

Imagem retirada do instagram de Angela Merkel

Tenho dado por mim a pensar por onde anda o bom senso da humanidade… 🙁 Confesso que estou cansada de radicalismos e extremismos. Sou apologista do meio termo, sem excessos. Por exemplo, eu diminui o consumo de carne, não posso comer carne de vaca por motivos de saude (os meus cistos nos ovários adoram a proteína da carne de vaca 🙁 ) mas não consigo deixar de comer por completo ca em casa. O pequenote anda numa fase de carboidratos e alguns legumes, adora pepino e tomate, e salsichas frescas tipo polacas, e evita peixe e carne mas eu corto-lhe as voltas e coloco carne ou peixe na sopa. A minha consciência de mãe diz-me para o fazer. Corta-me o coração saber que existem crianças a ficarem doentes por causa dos pais terem preferencias vegans 🙁 Acho isso de uma irresponsabilidade horrível.

De resto continuo a ser consciente com o nosso planeta. Chego a ir ao parque e dar por mim a apanhar lixo. Em casa fazemos reciclagem e temos diminuído o consumo do plástico. Gostava que fosse como no tempo dos nossos pais, usar mais garrafas de vidro e guardanapos de pano. Por falar nisso, voltei a compra-los. Sao pequenas coisas que fazem toda a diferença, entre muitas outras. Como por exemplo, usar sabonete em vez de liquido das mãos, etc etc etc.

Quero muito acreditar que ainda vamos a tempo de reverter a situação, apesar de so termos uma década…

About Matilde Ferreira

Chego à conclusão de que…

…tudo o que é feito em excesso faz mal. A propósito da primeira morte causada por vaping. Ainda por cima a empresa em causa pertence a uma tabaqueira. Coincidência? Nao me parece…

O meu Rui deixou de fumar com a ajuda do vaping mas sempre usou com bom senso. Vejo muitos miúdos sempre com aquilo na boca, pode não ser tabaco mas continua a conter nicotina ainda que em pouca quantidade.

Estas coisas têm de ser faladas, explicadas e devem ser expostas para as pessoas serem esclarecidas.

Sabem o que era ideal? A cannabis ser legalizada. Mas não convém pois acaba com o negócio do seu trafico e das tabaqueiras.

Ja viram bem as vantagens desta planta natural?… É triste que não seja legal… 🙁

E ao terminar este post chegou também a noticia desta rapariga ( a noticia é do Jornal Sol) que ficou em coma após ter contraído uma especie de pneumonia consequente do uso de cigarros eletrônicos… 🙁

Primeiro o tabaco e agora os cigarros eletrônicos? Quando é que os seres humanos vao aprender que o natural é que faz bem? Mas sem excessos!

About Matilde Ferreira

Gente de… Strada!

De certeza que ja devem ter ouvido falar sobre este assunto. Se eu estou fora de Portugal e ouvi. Como é possível as pessoas continuarem a deixar-se enganar desta maneira? Em que realidade esta gente vive?… E pior, defenderem esta personagem.

Eu acho que não sou eu que estou errada, pois ainda não perdi o meu bom senso.

Meus amigos, volto a dizer, nada nesta vida se consegue de forma fácil. Isto das redes sociais é tudo muito bonito, mas é só um passatempo. Se quiserem fazer dinheiro à conta disto têm de ser criativos e não influencers. Mas será que agora toda a gente resolveu subir na vida à custa da internet? Não acham que, sei lá, isto tem muito que se lhe diga? É bom ter sonhos e lutar por eles, mas devemos ter os pés bem assentes na terra, digo eu. E pensar muito antes de fazer as coisas para depois não nos arrependermos nem batermos com a cabeça na parede. Parece tudo muito fácil neste mundo de ilusões. Mas acreditem que não é. É preciso batalharmos muito. Como tudo na vida. Não se deixem levar por falinhas mansas.

Na minha opinião o ministério publico esteve muito bem ao investigar esta personagem de seu nome Hugo Strada, um homem adulto que se comporta como um adolescente para atrair adolescentes para a sua rede. E este nem é o seu verdadeiro apelido. Isto de andar a dar beijos na boca a menores na tv não é nada decente, nem normal. Eu pelo menos não ia gostar de ver um filho meu a ser alvo disso, mas isso sou eu que não sou deste mundo.

E mais uma vez la veio o Jose Castelo opinar sobre o assunto 😀

So discordo de uma coisa com o JCB… ele não devia ter metido Lucifer ao barulho 😛 Ja chega, de fazer do outro filho de Deus de bode expiatório!

Qual é a vossa opinião sobre este assunto?

About Matilde Ferreira