Category Archives: UK

Como assim?…

Na minha humilde opinião, é necessário estudarmos Historia para não repetirmos os erros do passado. Historia sempre foi uma das minhas disciplinas preferidas. Quanto mais eu aprendia mais queria saber. Por isso não percebo como algumas pessoas são capazes de dizer que a Historia é uma disciplina chata e não necessária. Para entendermos a actualidade, precisamos de entender o nosso passado.

No ano passado o Channel 4 fez um reality show chamado The Circle aqui no prédio onde moramos, onde participou Freddie Bentley, que apesar de não ter ganho o concurso, e ainda bem, tornou-se um famoso influencer que infelizmente não sabe o que diz, pois foi ao Good Morning Britain, um dos mais conhecidos programas das manhas britânicos dizer que não é assim tao necessário estudar a Segunda Grande Guerra na escola, que não era bom para a Saude Mental dos Millenials, que existem coisas bem mais importantes como saber preencher o IRS ou como fazer uma hipoteca de uma casa, sim também concordo que se devam aprender estas coisas essenciais para a vida adulta, mas ir para um programa da manha dizer estas coisas com uma poppy (papoila) ao peito, digamos que é um grande contrasenso. Para quem não sabe nesta altura do ano andamos todos com uma papoila ao peito como forma de homenagear todos aqueles que lutaram nas duas Grandes Guerras. Eu tambem tenho a minha feita por uma amiga inglesa muito talentosa.

Imagem da minha autoria

É por estas e por outras que ser influencer hoje em dia tem muito que se lhe diga… 🙁 Com todo o respeito que eu tenho pelos call-centers, este rapaz, infelizmente prova bem a realidade desta classe trabalhadora… Se as pessoas tivessem se aplicado na escola, de verdade, talvez não precisassem de se sujeitar a empregos tao precários e no caso dele não teriam de concorrer a reality-shows… Já o vencedor, Alex Holbern, sempre foi dos meus preferidos sempre mostrou e mostra ter conhecimentos de cultura geral.

E o Nuno Markl veio confirmar a minha opinião sobre este assunto…

Acho que a internet veio dar voz à ignorância… 🙁

About Matilde Ferreira

Fim de semana prolongado na terra do Banksy e Caerdidd

Bristol, eu podia mudar-me para Bristol hoje mesmo. Já há muito que andávamos para ir a Bristol. À terra dos balões de ar quente. Eu chamo-a de Amesterdão do Reino por causa das paisagens típicas à beira do rio Avon e do Feeder Canal, que liga o porto flutuante ao rio.

Foi um fim de semana grande muito relaxante e cheio de boas memórias. Saímos de casa na sexta-feira de manhãzinha e regressado no domingo ao final da tarde.

A cidade está cheia de recantos com Historia. E também podemos encontrar as famosas pinturas de Banksy em cada esquina, quando menos esperamos.

No sábado percorremos a cidade, depois de termos tomado uma pequeno almoço reforçado no hotel. O dia começou com alguns aguaceiros mas depressa o céu ficou limpo, so apanhamos uns pingos.

Imagem da minha autoria

Começamos pelo famoso Castle Park datado de 1106. O castelo está fechado ao publico, mantendo-se apenas as paredes e as fachadas externas, o seu interior está em ruínas.

Neste Parque existe também um Memorial em homenagem aos soldados Sikhs que lutaram nas duas Grandes Guerras.

Sabiam que neste parque existe um poço muito famoso, chamado Edith’s Well, o poço da Edith, e ate ha bem pouco tempo ninguém sabia que estava ali. É tambem a fonte mais antiga de agua potável de Bristol. Se atirarmos uma moeda, não ouvimos ela a cair de tão fundo que é.

Edith’s Well – foto da minha autoria

De seguida percorremos as ruas e as ruelas das cidades, enquanto ficávamos maravilhados com que o encontrávamos pelo caminho. Paramos para tirar fotografias dos magnificos portais e corredores da Igreja de S. João.

Queen Victoria – Imagem da minha autoria

Passamos pelo Harbour Festival que estava a decorrer, mas decidimos seguir em frente, para fugir à multidão, em direção à Catedral de Bristol, onde passamos um bom bocado a admirar o seu interior. A fachada faz lembrar Notre Damme em Paris, pelo seu estilo gótico.

E ainda vimos a bandeira de Portugal, tão bom.

Bristol City Council – Imagem da minha autoria
Bristol City Council – Imagem da minha autoria

De seguida, subimos esta rua que mais parecia a 31 de Janeiro la do sitio em direção ao Bristol Museum & Art Gallery

Imagem da minha autoria

O museu é mesmo muito bonito, nos adoramos a exposição Masters of Japanese Prints: Nature and seasons e o Lu também. Foi a sua primeira interação com museus, e esperamos que seja a primeira de muitas.

Banksy’s Devolved Parliament – imagem da minha autoria

Depois do museu, fomos almoçar junto das margens do Rio Avon.

Regressamos ao hotel da mesma forma, a percorrer o Castle Park, onde compramos uma salada e uns falafels para o jantar. Estavam muito mais pessoas do que de manha. Pareciam que estavam na praia. 🙂

Uma das coisas que vimos muito neste parque foram tendas de campismo.Espalhadas um pouco por todo o lado. Apos pesquisar verifiquei que fizeram parte da manifestação dos Extinction Rebellion que decorreu no fim de semana anterior, de 14 de Julho (nos fomos no fim de semana de 21/22)

Deitamo-nos com esta vista…

Imagem da minha autoria
O descanso do guerreiro

E acordamos com esta… dois balões de ar quente a sobrevoar a cidade 🙂 O famoso Bristol International Ballon Fiesta realiza-se na próxima semana de 8 a 11 de Agosto.

Imagem da minha autoria
Ruas de Bristol – imagem da minha autoria

Despedimo-nos de Bristol com a promessa de voltar.

Uma das muitas pinturas características espalhadas um pouco por toda a cidade

Antes de voltarmos para casa, decidimos ir almoçar a Cardiff, Caerdidd em galês. A visita foi curta mas ficamos com vontade de voltar, tal como a Bristol.

As ruas da cidade estava em festa, um pouco por todo haviam músicos e bandas a espalhar sons contagiantes como podem ver neste video que eu publiquei no meu instagram.

Foram, sem duvida, dias muito enriquecedores e bem passados com a promessa de voltar. Tal como o nosso país, Portugal, o Reino Unido é um país muito bonito e cheio de coisas para explorar. Não vai acreditar mas quando vamos na estrada damos por nos a comparar as paisagens daqui com as do nosso país, e isso é mesmo muito bom.

Gostaram dos nossos passeios? 😉

Por mais momentos assim 🙂

About Matilde Ferreira

London Pride Parade 2015

Imagem da minha autoria

Alegria. Cor. Diversão. Harmonia. Paz. Tranquilidade. Boas vibes. Foi isto o que eu senti quando ha 4 anos fui ver a London Pride Parade. Adorei ambiente de festa que se fazia sentir. Ate os policias entraram na diversão. Animo leve. Podia ser sempre assim, não podia? Orgulho de sermos quem realmente somos. Sem julgamentos.

O que mais gostei de ver foram os desfiles das tropas da Marinha, do exercito e da RAF, a força aérea daqui do Reino 🙂

E no fim ainda vi uma manifestação contra os abusos infantis em frente ao 10 Downing Street

O mes de Junho, o mes de Pride, terminou. Mas o espirito de cor, alegria e respeito deve-se manter por todo o ano, sempre!

Ja foram a uma Pride Parade? Ou gostavam de ir? 🙂

About Matilde Ferreira

Incrivel…

Não há dinheiro para aumentar os ordenados aos profissionais de saude e aos professores, mas em vésperas de eleições legislativas arranja-se dinheiro para convidar emigrantes a regressarem ao país. O nosso governo esta muito mãos largas, não acham? E depois quem é que vai pagar esta factura? Ninguém dá nada a ninguém.

Na hora de irem votar não se esqueçam de o fazer com consciência. É um direito que vos assiste, ja não o fazer é simplesmente um capricho ou uma birra.

Imagem retirada do Facebook

Infelizmente regressar ao nosso país não está nos nossos planos porque seria como andar de cavalo para burro e é com muita tristeza que eu digo isto pois desde que nos saímos do nosso país que não vi melhorias, muito pelo contrario. 🙁 A situação politica aqui no Reino pode não também não ser das melhores mas pelo menos a nível financeiro estamos melhor.

About Matilde Ferreira