Category Archives: Divagaçōes

Desafio 1+3| Pos-Pandemia

Infelizmente, sem querer ser pessimista, este estado de “vida em suspenso” vai custar e vai demorar mais tempo a passar por causa do umbiguismo das pessoas. Sem querer ser anti-social, mas se não fosse pelo filho, eu ficava bem em casa, apesar de gostar de sair, voltar a casa é sempre melhor. Sim, tenho muita sorte por o meu marido puder trabalhar a partir de casa para que nada nos falte, e eu também com o meu pequeno negocio que ainda está a crescer.

Faz-me confusão continuar a ver tanta gente nas ruas em pleno estado de pandemia, como se nada fosse, como se estivesse tudo bem, como se não existisse uma ameaça invisível… Gostava muito que as pessoas aprendessem a dar o valor com esta lição mas infelizmente não estou a ver nada disto… As pessoas estao mais interessadas em futilidades e continuam a queixarem-se por tudo e por nada. Infelizmente parece que so aprendem quando o mal lhes bate à porta… e mesmo nessas alturas continuam a queixarem-se e a fazerem-se de vitimas. 🙁

Por causa desta Pandemia, vi o meu problema de saude ser agravado porque nao pude fazer exames de rotina. Foram 2 longos anos a lutar contra estas dois terríveis, diariamente. Nao desejo a ninguém. Mesmo. E para ajudar à festa, tive de levar com pessoas a dizerem que este vírus não passa de uma simples gripe. 🙁 A melhor solução foi afastar-me destas pessoas. Eu ja tive duas pneumonias na minha vida, não me imagino a ter Covid… pois por muito forte que pareça, acredito que não iria aguentar 🙁

Por aqui, no Reino Unido, os casos voltaram a a subir ate 50 mil casos por dia, sendo o maior de incubação nos adolescentes 🙁 Infelizmente este vírus veio para ficar, muito por culpa do egoísmo e da estupidez de grande parte das pessoas.

Gostava mesmo muito de continuar a ser optimista como tenho sido ate agora, gostava mesmo muito que a maioria da população fosse consciente e sensível como eu tenho sido, continuar a usar mascara, desinfetar as mãos e manter a devida distancia porque não custa nada ser consciente. E se ser assim vai fazer com o que o mundo se torne um lugar melhor para o meu filho viver então farei sempre questão de lhe passar a mensagem de Aristides Sousa Mendes.

Imagem original da Bertrand Livreiros

Hoje estou à conversa no cantinho A Marca da Marta 🙂 Passem por lá e espero que gostem 😉

About Matilde Ferreira

Momento zen…

Nesta cama de rede vejo o mundo de uma forma diferente…

Nesta cama de rede sinto-me em paz comigo mesma

Aqui no meio da Natureza

Na companhia das arvores e dos passarinhos

Por baixo desde céu azul que me apazigua a alma

Deixo-me levar

Embalada pelo meu mundo

Deixo-me levar com a cabeça nas estrelas

E os pés no ar

Respiro fundo

Inspiro, expiro

E deixo-me levar…

About Matilde Ferreira

Mais um resumo da Joana Marques…

…que vem de encontro ao que eu penso. Esta gente que participa neste tipo de programas tem uma grande necessidade de chamar a atenção, de aparecer… acho que isso é um síndrome qualquer 😛

Mais um realityshow da treta que estreou na TVI, aqui à uns tempos, sim eu sei que ja venho tarde, mas antes tarde do que nunca, não é verdade?… “Começar do Zero“, dizem eles. Mas podia, perfeitamente se chamar “Tudo a Nu“. O mais incrível é que o concorrentes sabem para o que vai e depois fazem birras a dizer que não conseguem fazer aquilo. 😀

Deixo-vos com mais um resumo da Joana Marques que vai de encontro a tudo o que eu penso sobre isto 😉

Divirtam-se!

Ja agora, e vocês seriam capazes de se livrarem de todos os vossos bens, incluindo toda a vossa roupa?

Eu gosto muito de destralhar mas nem tanto ao mar nem tanto a terra, para tudo um meio termo 🙂

About Matilde Ferreira

O que fazer quando…

…a inspiração e a criatividade estão em baixo?

Sim, eu ando nesses dias por aqui como ja devem ter reparado pela ausência de posts. Apesar de ter a caixa de rascunhos cheia, tenho andado com falta de energia e de tempo… O regresso à rotina consegue ser mesmo muito estressante. Nem sempre é fácil mas a minha melhor tática é respirar fundo e deixar andar, deixar rolar. A inspiração acaba sempre por voltar, mais cedo ou mais tarde.

E para ajudar nisso conto com algumas ajudas:

*ler, ler muito ou pelo menos tentar nem que seja um capitulo de cada vez.

*manter-me informada, hoje em dia as noticias estão sempre a aparecer mas tambem é necessário filtrarmos muito.

*ver videos inspiradores no Youtube: descobri esta menina japonesa que deixa bastante calma com os seus videos relaxantes, têm-se revelado uma terapia muito boa.

*momentos da vida quotidiana – a inspiração e a criatividade podem aparecer dos pequenos pormenores e detalhes à nossa volta. 🙂

E voces, o que fazem para manterem a vossa criatividade e inspiração em cima? 🙂

About Matilde Ferreira

E se fosse comigo?…

Eu costumo fazer muitas vezes esta pergunta. E se fosse eu? A minha mãe passou-me esta mensagem: “Poe-te no lugar dos outros, filha, para saberes dar o valor“. E eu aprendi a ser assim. Ponho-me muito no lugar dos outros, às vezes ate me esqueço de mim. Se mais pessoas o fizerem a Pandemia resolve-se muito mais rápido. Pois o problema das pessoas é ser demasiado umbiguista, não acham?… Eu estou sempre pronta a ajudar, sempre a primeira a enviar um sms… mesmo quando as pessoas se esquecem de o fazer. Mas eu não consigo ser de outra maneira por muitas desilusões que tenha… Fico de coração cheio por poder ajudar. A minha alma fica mais leve.

Gostava tanto que as pessoas tivessem aprendido mais com esta Pandemia… mas infelizmente não vi isso a acontecer 🙁 As pessoas só revelaram aquilo que realmente são.

E é por isto que me revi no que a Jennifer Aniston, que depois de tomar as duas doses da vacina decidiu cortar relações com amigos que não estivessem vacinados ou que fossem anti-vaxxes… Pois é, eu confesso que fiz o mesmo. Fiz o que minha consciência disse para o fazer. Não preciso de dar satisfações a ninguém, apenas preciso de me sentir bem comigo mesma. E quando não me sinto à vontade com certas pessoas, prefiro sair de cena. Vocês ja sabem qual é o meu lema: Poucos mas bons. E assim continua.

Acreditem que nao fiz o que fiz de animo leve. Fiz por as pessoas ora disseram que o covid era igual a uma gripe ora que não confiavam nas vacinas porque não sabiam como estas feitas ou que não sabiam que efeitos estas causavam e porque vi algumas delas a partilharem posts anti-vacinas… por isso afastar é sempre a melhor solução e estou com a Jennifer 🙂

Por mais pessoas a porem-se no lugar dos outros.

About Matilde Ferreira