Category Archives: Desafios

Desafio: Catathon| Readathon

Vi este desafio de leitura no Instagram da Melanie Moreira e não resisti a participar. Não so porque adoro gatos mas também porque tenho o que é preciso para responder ao Desafio 😀

O desafio é muito simples, durante este fim de semana às 3.30 da tarde de sábado e domingo, vão decorrer maratonas de leitura online. Podem ficar a saber de tudo nos instagram das hosts e do twitter do evento.

As hosts sao:

Abigail: @abigailscupoftea

Sara:@sarasreadingnook 

Christin:@christin_rene_

Melanie:@thatgirl_blogue

Aqui podem ver no que o Desafio consiste:

E a minha participação é esta:

Descobri estes livros do autor Tom Cox quando vim para Londres. Talvez para matar saudades da minha gata pois na altura sentia muito falta dela.

I discovered these books by author Tom Cox when I came to London. Maybe to miss my cat because I missed her a lot at the time.

Tom Cox é um escritor extraordinário que escreve sobre tudo um pouco, sobre a vida em geral e sobre os seus gatos, sempre com muito sentido de humor à mistura 🙂

Tom Cox is an extraordinary writer who writes about a little bit of everything, about life in general and about his cats, always with a great sense of humor in the mix :)

Good Bad Furry Meet THE BEAR – a cat who carries the weight of the world on his furry shoulders, and whose wise, owl-like eyes seem to ask, Can you tell me why I am a cat, please? Like many intellectuals, The Bear would prefer a life of quiet solitude with plenty of time to gaze forlornly into space and contemplate society’s ills. Unfortunately he is destined to spend his days surrounded by felines of a significantly lower IQ . . .

RALPH: handsome, self-satisfied tabby, terrified of the clothes horse.

SHIPLEY: mouthy hooligan and champion mouser, rendered insensible by being turned upside-down.

ROSCOE: fiercely independent kitten, tormented by her doppelganger in the mirror.

And then there’s Tom, writing with his usual wit and charm about the unexpected adventures that go hand in hand with a life at the beck and call of four cats . . . or three cats and a sensitive poet who just happens to be a foot high and covered in fur.

Talk to the Tail Following on from Tom’s life with six cats in ‘Under The Paw’, he now picks up the story in ‘Talk To The Tail’, updating readers on what has happened with his feline friends as well as looking back for more confessions about his animal-loving past.

Quem participou ou vai participar neste desafio? 🙂

Gatos e Livros são sempre uma excelente combinação 🙂

About Matilde Ferreira

Desafio: Contem-me Histórias

dia 23 de abril foi escolhido para ser o Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor pela Unesco, em sua XXVIII Conferência Geral, ocorrida em 1995. Essa data homenageia os escritores Inca Garcilaso de la Vega, Miguel de Cervantes e William Shakespeare, que, coincidentemente, morreram em 23 de abril de 1616.

Para celebrar este dia, a Andreia do blog As Gavetas da Minha Casa Encantada decidiu criar um desafio muito interessante e que eu decidi participar 🙂

A Andreia perguntou que livros que livros e/ou autores lemos por influencia de terceiros.

Ha uma coisa que tenho de vos dizer, eu ainda não li estes livros, estão em lista de espera ha ja algum tempo pois as minhas leituras têm sido a conta-gotas desde que fui mãe e também não ajuda muito, compreensível não? 🙂 Longe vão os tempos em que fazia maratonas literárias, agora essas são mais de livros infantis, o que também é bom, não concordam?

Estes dois livros de Valter Hugo Mae foram lidos e recomendados pelo meu marido Rui. Um deles, A Maquina de fazer Espanhóis, ele lê-o quando veio ca a Londres em 2012 para a entrevista de emprego que fez com que nos emigrássemos para cá no mesmo ano. Primeiro veio ele e depois vim eu, 4 meses depois, ja em 2013. O Rui diz que este livro o deixou bastante emocionado, o que fez com ele mo recomendasse.

Apesar de gostar muito de VHM, confesso que estou a ganhar coragem para ler estas duas obras, não por medo de me desiludir mas sim por respeito pois acho que estes livros merecem ser lidos com tempo e muita atenção.

A Maquina de Fazer Espanhóis Esta é a história de quem, no momento mais árido da vida, se surpreende com a manifestação ainda de uma alegria. Uma alegria complexa, até difícil de aceitar, mas que comprova a validade do ser humano até ao seu último segundo. a máquina de fazer espanhóis é uma aventura irónica, trágica e divertida, pela madura idade, que será uma maturidade diferente, um estádio de conhecimento outro no qual o indivíduo se repensa para reincidir ou mudar. O que mudará na vida de antónio silva, com oitenta e quatro anos, no dia em que violentamente o seu mundo se transforma? 

O Filho de Mil Homens Esta é a história de Crisóstomo que, chegando aos quarenta anos, lida com a tristeza de não ter tido um filho. Do sonho de encontrar uma criança que o prolongue e de outros inesperados encontros, nasce uma família inventada, mas tão pura e fundamental como qualquer outra.
As histórias do Crisóstomo e do Camilo, da Isaura do Antonino e da Matilde mostram que para se ser feliz é preciso aceitar ser o que se pode, nunca deixando contudo de acreditar que é possível estar e ser sempre melhor. As suas vidas ilustram igualmente que o amor, sendo uma pacificação com a nossa natureza, tem o poder de a transformar.
Tocando em temas tão basilares à vida humana como o amor, a paternidade e a família, O filho de mil homens exibe, como sempre, a apurada sensibilidade e o esplendor criativo de Valter Hugo Mãe.

A MINHA RECOMENDAÇÃO

As Invisíveis, historias sobre o trabalho de limpezaRita Pereira de Carvalho

«Sentes que quando és das limpezas te tornas invisível em relação às outras pessoas». O relato de Ana Isabel, de 25 anos, retrata o sentimento comum às treze mulheres e um homem que partilham neste livro o dia-a-dia de uma mesma profissão: as limpezas industriais. Esta obra revela a realidade ignorada de quem precisa de umas costas de aço, de braços bastante competentes e de força, não só física, para limpar o que os outros sujam, sem se preocuparem muito em lhes agradecer.

Tive conhecimento deste livro através do Instagram, e em boa hora. Podem encontra-lo no site da Fundação Francisco Manuel dos Santos. Comprei este livro pela quantia simbólica de €4.29 com portes incluídos para aqui para o Reino Unido, e ainda me ofereceram outro livro, A Televisão e o Serviço Publico de Eduardo Cintra Torres.

Sobre As Invisíveis: Sempre tive e tenho o maior respeito pelas empregadas de limpeza. Este livro é uma homenagem à minha mãe que sempre fez tudo para que nao nos faltasse com o pouco que ganhava. Para mim, ela nao era invisível apesar de o ser para as senhoras para quem ela trabalhava sem contrato e sem recibos. Desde que as casas parecessem limpas, nada mais importava. O trabalho domestico é o único trabalho que só se nota quando não é feito.

“O trabalho das mulheres das limpezas não produz nenhum material.”

“Nenhuma mulher nasce empregada de limpeza, mas muitas nascem com uma ou varias vantagens sociais que permitem escolher outros caminhos, estruturalmente mais bem aceites e vistos com melhores olhos.”

“Enquanto trabalhadoras, eram como as outras. Reinvindicavam, lutavam, exigiam. Depois, chegam as encarregadas, deixam de exigir tanto, e quando chegam a supervisoras, acabou.” É como se o poder lhes subisse à cabeça.

“Elisangela, Isaura, Ana, Carol, Paula, Feliciana, Francisca, Betina, Madalena, Ana Isabel, Vanessa e Susana sala as personagens que dão corpo às trabalhadoras das limpezas, a partir das quais descrevemos as varias situações-tipo ao longo dos capítulos que se seguem. Tratando-se de um livro sobre mulheres, há no entanto uma excepção: o caso de Ismário, que mora no último capitulo.

Este é um livro pequenino mas cheio de mensagens que se lê num ápice e nos deixa a pensar muito na vida.

Ja leram algum destes livros? 🙂

Que livros sugerem para comemorar o Dia do Livro?

About Matilde Ferreira

Dinossauro Maroto

Desafio Storyteller Dices 4.0 criado pelo Blog As Gavetas da Minha Casa Encantada.

Palavra – Lingua.

O Louis está na fase dos dinossauros, influenciado pelo melhor amigo, que adora dinossauros desde a creche. Até inventaram um jogo no recreio, do gênero da apanhada, que se chama 1,2,3 dinossauro 🙂

-Ah seu maroto! – ouvi o Louis dizer enquanto tomava banho.

-O que se passa, Louis?

-É o dinossauro que está a deitar a lingua de fora. Já lhe disse que isso não se faz…mas ele é maroto.

-Ai as bidas, senhor dinossauro! O Louis tem razão. Muito bem, meu querido, és um menino lindo.

-Vês, dinossauro, se te portares bem tens um sticker e um doce 🙂 – E agora está na hora de sair do banho pois estou a ficar com frio quero vestir o pijama. Estás pronto, dinossauro? 🙂

Esta historia ocorreu-me naturalmente esta manha depois de ir levar o Louis à escola, pois lembrei-me dos diálogos e brincadeiras que ele tem na hora do banho 🙂

Que maravilha de banhoca

About Matilde Ferreira

Uma Aventura… no Carro Azul

caravana+carro+gelado

Férias, finalmente! Esta semana o Louis está de férias, pois bem precisa e Férias para ele são sinal de acampar 🙂 Ele até sonha com isso 🙂

Num destes dias de manha, mal acordou, chegou ao pe de mim a dizer: Mami, mami, eu sonhei que tínhamos ido acampar no nosso carro azul a pilhas 😀 (É a maneira dele dizer que o nosso carro é elétrico, a bateria, e comer muitos gelados 😀 Eu disse-lhe que so podíamos acampar nas ferias grandes do Verão pois tínhamos mais tempo mas podíamos fazer outro tipo de surpresa como por exemplo ir almoçar ao seu sitio preferido. Conseguem adivinhar qual é? O Louis adora pasta e gelado por isso é muito fácil e simples de agradar 🙂 Sim, o Louis adora restaurantes italianos 🙂

E agora vamos aproveitar bem a semana de ferias pois esta vai ser bem curta e vai terminar com uma surpresa numa Aventura no carro azul 🙂 Conseguem adivinhar onde vamos? 🙂 Uma pista: tem areia 🙂

Este desafio foi criado pelo blog As Gavetas da Casa Encantada.

About Matilde Ferreira

Ler a conta-gotas

Ja vos falei aqui que ultimamente tenho lido mais livros para crianças, juntamente com o Louis e está tudo bem. 🙂

Recordo este post em que falei dos livros de 2017 em que li bastante mas não consegui ler a trilogia de Murakami, e que tem ficado esquecido até hoje. Tenho mesmo de dar uma volta à casa e reunir as leituras pendentes.

E depois juntam-se livros que estão na TBR há muito tempo e aqueles que vão surgindo através de blogs que sigo como é o caso do blog As Gavetas da Minha Casa Encantada. 🙂

Como podem ver muitos livros da lista de 2021 passaram para 2022. Tenho começado o ano bem mas depois descarrilo um bocadinho, so conseguindo ler mais nas ferias grandes.

Estou ansiosa por ler Filho da Mãe de Hugo Gonçalves pois tenho lido bons reviews sobre ele. Este foram os meus manos que o trouxeram de Portugal. Mas primeiro tenho de concluir os de 2021. Será que vou conseguir? 🙂

E foi nas ferias grandes, que consegui ler os 4 livros da serie Heartstopper que me fizeram chorar. Fiquei emocionada pois tenho um filho que não esta livre de passar pelo mesmo um dia… por muito apoio e por muito presente que eu esteja. Eu só quero que ele seja feliz, e que o façam feliz, seja com uma rapariga ou com um rapaz, sem fazer que ele sofra ou o façam sofrer. Parece simples mas infelizmente não é, pois não temos total controle dos sentimentos. Mas podemos sempre tentar 🙂

Como podem ver o kindle com o formato ebook tem sido uma mais valia nas minhas leituras, e a melhor vantagem é que posso ler à noite com a luz apagada, ja para não falar que o posso levar para todo o lado sem ocupar muito espaço. 🙂

Ja leram algum destes livros? Contem-me tudo 🙂

E vocês, preferem livros físicos ou ebook?

About Matilde Ferreira