Category Archives: Health

Vida em suspenso…

Este post da Vera que me deixou muito feliz por ela, relembrou-me o meu percurso com os inúmeros testes de gravidez e de ovulação que eu fiz nos últimos anos… Foram muitos negativos que me causaram muita ansiedade, frustração e impotência… 🙁 Quase que desisti… mas foram esses negativos que me deram sempre forças para continuar e seguir em frente. 2010 foi o ponto de partida. Depois do primeiro positivo que me encheu de alegria e esperança quem me fizeram contar a toda a gente que estava gravida, para às 5 semanas o saquinho ja la não estar… tinha desaparecido como num passe de magica 🙁 A partir desse momento o meu corpo demorou muito a voltar ao normal. Foi preciso vir para o Reino Unido para eu parar e começar a ouvir melhor o meu corpo. Longe de tudo e de todos. 2013 e 2014 foram anos de adaptação a todos os níveis. O Rui ia trabalhar e eu ia à farmácia fazer testes de gravidez de urina. Ou então, registava os testes de ovulação num caderninho. Não vivia obcecada com o assunto, mas tive os meus momentos de ansiedade e pelo meio procurava entreter-me entre diys, livros e exercício fisico na wii e caminhadas. 2015 começou mal com a morte do meu pai mas foi também um ano de preparação que terminou em grande com o anuncio da gravidez do Louis.

Imagem retirada da Internet

Imaginem a minha reação quando fiz o teste que confirmava a existência do Louis? 🙂 Deu vontade de gritar para o mundo: Consegui! Mas contive-me. Contive-me muito. Não podíamos cair no mesmo erro. Tínhamos de aguentar ate aos 3 meses de gestação. O que ninguém sabe, ninguém estraga.

Agora com 43 anos só quero criar o Louis e vivermos os 3 em paz e segurança, sempre grata ao NHS por me ter ajudado a realizar o sonho de ser mãe e de ter conseguido dar um herdeiro ao meu querido Rui 🙂

About Matilde Ferreira

Setembro Azul

Mais um ano que passa e eu faço questão de lembrar aqui a doença que me afecta e me foi diagnosticada aos 18 anos. E quanto mais o tempo passa, quanto mais a idade pesa mais possibilidades tenho desta doença piorar e me poder levar ao terrível C. Sim, são muitas as mulheres entre os 40 e 50 anos que correm risco de desenvolver cancro, seja da mama, útero ou ovários… Ja para não falar na menopausa precoce.

Defesas em baixo, cansaço extremo, suores frios… por vezes chego mesmo a pensar se ja nao entrei na menopausa…

1 em 10. Esta doença afecta milhões de mulheres somente aqui no Reino Unido. Continua a ser uma doença silenciosa. Uma doença que leva a complicações de Diabetes tipo II, problemas cardiovasculares, cancro endometrial, inflação do fígado, entre outros. Eu, por exemplo, tenho crises de rins apesar de estar constantemente a beber muitos líquidos.

Ja devia ter feito os exames de rotina anuais mas com esta situação da pandemia, o meu caso foi um dos muitos que ficou em segundo plano…

Entretanto vou continuando a viver um dia de cada vez, quando o meu corpo pede para parar eu não tenho outro remedio se não obedecer. Reduzi o consumo de carne, faço refeições equilibradas, começando logo pela manha pelo pequeno-almoço. Frutas, legumes, leguminosas fazem parte da minha alimentação diária. E uma vez por semana fazemos o nosso cheat day, essencial para a nossa sanidade mental 🙂 Pelo meio faço caminhadas e exercício fisico na wii, ja para não contar com as brincadeiras com o Louis. 😀

Conhecem alguém com esta doença?

About Matilde Ferreira

Snack saudável

Chips de batata doce branca.

Um snack fácil de fazer para aqueles momentos em que sentimos um ratinho estômago.

Lavam-se as batatas e cortam-se as rodelas fininhas. Levam-se ao forno a 180o graus num tabuleiro com uma folha de papel vegetal, temperam-se com sal e pimenta e regam-se com um fio de azeite. Ao fim de 15 ou 20 minutos estão prontas.

Já provaram? 😉

About Matilde Ferreira

Almoços de Verão

Hoje trago-vos duas sugestões de almoços: Falafels com salada colorida e humus de grao-de-bico com palitos de cenoura e pepino e Veggie Curry. O Verão pede comidas leves e coloridas. 🙂

Nas duas receitas colocamos grão-de-bico e espinafres, uma combinação que adoro fazer, mesmo simples, quando não sei o que comer 🙂

Deixo-vos com os benefícios destes super-alimentos:

Imagem retirada do Google
Imagem retirada do Google

Gostam deste tipo de refeições?

Deixem as vossas ideias e sugestões na caixa dos comentários 🙂

About Matilde Ferreira

Ginger…

….o nosso novo membro da familia 🙂

Confesso que ja tinha saudades de ter um gatinho. Há 7 anos quando vim para o Reino Unido, acordava todos os dias a chamar pela nossa gata, Maria, que ficou aos cuidados dos meus manos. 🙂

Ao contrario da nossa gata, que é muito tímida, o Ginger esta sempre pronto para a brincadeira e quanto traquinices o nosso Louis lhe faz (típico da idade) mais o gatinho anda atras dele. O Ginger não foi abandonado ao contrario da Maria que foi encontrada, juntamente com os irmãos num contentor do lixo 🙁 O nome do Ginger foi escolhido pela filha mais velha do casal amigo que nos arranjou o gatinho e o nome da Maria foi escolhido pelo sobrinho do Rui quando tinha 8 anos.

Uma das coisas que mais gosto de sentir é o ronronar dele. Sentar no sofa com ele no colo e fazer-lhe festinhas é das coisas mais relaxantes que existem. E acordar com ele a a ronronar junto à nossa cama também é tao bom. 🙂

Conjunto de imagens da minha autoria

Temos a sorte de viver numa urbanização pet-friendly, coisa difícil de encontrar por estas bandas. O Ginger foi adoptado, não o compramos porque somos contra isso, uma vez que existem tantos animais à espera de um lar como falei aqui

Deixo-vos com algumas curiosidades sobre os gatos que na minha opinião fazem todo o sentido.

Imagem retirada do Google
Imagem retirada do Google

Há por aqui amantes de gatos? 🙂

About Matilde Ferreira