Onde é que vocês estavam…

Fotografias da Revista Time deste mês

…há 17 anos atras no dia 11 de Setembro? E estava a entrar ao serviço num dos meu primeiros empregos, como caixa no Modelo Bonjour na Av. da Republica em V.N. de Gaia. Lembro-me de chegar na altura em que o segundo avião embatia numa das torres e os meus colegas dizerem que era repetição… fui trabalhar normalmente mas em choque. Passei o resto do dia desligada do mundo a fazer o meu trabalho. Só mais tarde quando cheguei a casa é que cai em mim e vi que o pesadelo era real. Não tinha acesso a internet e talvez por isso mesmo o assunto não se tornou tão viral no nosso pais.

Na minha humilde opinião, conspirações à parte, esta tragédia foi executada internamente… só não vê, quem não quer…

Se ainda nao viram este documentário, recomendo que o vejam…

Deixo-vos com esta musica dedicada a todos aqueles que perderam a vida há 17 anos atras…

and I wished for so long…
I cannot stay
All the precious moments…
Cannot stay
It’s not like wings have fallen…
I cannot say
Without you something is missing…
I cannot say
Holding hands of daughters and sons
In their phase they’re falling down
Down, down, down

I have wished for so long…
How I wish for you again

Will I walk the long road?
I cannot stay
There’s no need to say goodbye

Oh, the friends and family…
All the memories going round
Round, round round…

I have wished for so long…
How I wished for you today
And the wind keeps rollin’
And the sky keeps turning grey
And the sun is set
The sun will rise another day

I have wished for so long…
How I wish for you today

I have wished for so long…
How I wish for you today
Will I walk the long road?
We all walk the long road

About Matilde Ferreira

Conversas às quartas… com a Ana Chic

E hoje a minha convidada desta rubrica, é uma pessoa mesmo muito querida para mim. Já conheço a Ana nestas andanças ha mais ou menos 2 anos 🙂 E tenho mesmo muito carinho por ela. 🙂 Quem não conhece o cantinho da Chic Ana?

Para a Ana, falar sobre si própria é sempre dos maiores desafios que tem, o que pode ela dizer? Considera-se uma pessoa sonhadora e sempre com um sorriso nos lábios, recusando-se a ver a maldade e procura sempre a fração positiva de cada situação. Teimosa, curiosa, reguila e agitada. 32 anos, idade para ter mais juízo do que o atual e acima de todas estas características, é MÃE, o seu  maior desafio, o seu maior orgulho!

1- Para acompanhar a conversa… chã de…

Chá de camomila para nos manter quietinhas (sentadas sem perseguir os rebentos)!
2- Bolo ou Biscoitos?

Bolo, sem dúvida! De chocolate, se possível =)
3- Porque e quando criaste o teu blog?

O blog surgiu numa bela tarde de Setembro em que a minha irmã me lançou um ultimato: porque não fazes um blog? É agora ou nunca! E eu fiz! Sem qualquer objetivo e rumo inicial, sem qualquer definição, assim do nada surgiu e foi-se afirmando aos poucos e conseguindo uma identidade.

4- O que mais gostas neste mundo dos blogs?

Confesso que o que mais me atrai neste mundo dos blogs são os autores dos mesmos. Gosto de pessoas, gosto de desenvolver uma relação próxima, quase de amizade, e de me sentir acolhida nos espacinhos que frequento. Gosto de transformar os comentários como se de uma conversa se tratassem. Gosto de sentir que fazemos a diferença.
5- Se te surgisse a oportunidade de emigrar para onde irias?

Eu gosto muito do nosso país – Portugal, principalmente porque tem as pessoas que mais gosto no mundo, mas se tivesse de emigrar, confesso que Londres seria a minha primeira opção. Adoro a cidade, adoro o país. Não conheço muito.. (Londres, Oxford, Windsor, mas do que visitei, gostei e identifiquei-me.)
6- Qual e a tua viagem de sonho?

Seria a Grécia, as ilhas gregas fascinam-me.
7- Foste mae ha quase meio ano (xiii como o tempo passa), como esta a correr esta aventura no mundo da maternidade?

Fui abençoada com a filha que me calhou “em rifa”. É um amor sem explicação este que se desenvolve por um ser tão pequenino, tão nosso! Claro que há momentos menos positivos, mais positivos, mas tudo se ultrapassa com um sorriso nos lábios. Ser mãe é a maior aventura da minha vida, e como tal, quero fazê-la o melhor possível.
8- Qual a terra de Portugal que mais gostas e porquê?

Ui, pergunta difícil. Eu sou apaixonada por Lisboa, mas adoro o Gerês, adoro o Algarve (sinónimo de férias e felicidade), acho que o Porto tem um brilho especial. Não te consigo destacar apenas um local..
9- Livro de cabeceira?

Neste momento… “Nerguré – A Lenda dos Gatos Gigantes”
10- O que gostarias de dizer a todos os teus seguidores?

OBRIGADA!

Obrigada pela presença constante, obrigada pelas palavras, pelo carinho, pelas emoções, pelos laços que se formaram. Obrigada pela amizade, obrigada por esta partilha constante, obrigada por fazerem parte da minha vida!

E obrigada a ti minha querida, pelo convite, pela dedicação, por todos os conselhos e miminhos.

Muito muito obrigada eu por teres aceite este meu convite para esta conversa deliciosa, querida Ana 😉 

About Matilde Ferreira

Qual é a vossa opinião…

… sobre esta imagem?

Imagem retirada do Instagram

Vi esta imagem enquanto percorria o feed do stories do meu instagram e mil e um pensamentos me ocorreram. Pensei muito mesmo antes de ter um filho mas o sonho falou mais alto.

Não podemos pensar assim… eu por mim falo, trouxe o meu filho ao mundo para lhe mostrar o melhor do meu mundo! Se todos fizermos um pouco de bom, acabamos todos por fazer um muito! Eu acredito e não desisto!

About Matilde Ferreira

Dos valores invertidos…

Se ha país que eu não tenho ambição nenhuma em visitar é a India, talvez porque viva rodeada de indianos e convivo diariamente com eles, e olhem não é fácil, sem querer ser preconceituosa, acreditem… A partir do momento em que vejo uma velhota atirar um saco do lixo para o Canal depois de ter um caixote do lixo a dois passos de distancia, ou então quando alguém aqui do prédio resolve atirar um saco do lixo pela varanda directamente para o Canal sem passar pela casa partida, sei de fonte segura que os meus vizinhos dos andares acima do 3o ao 6o do lado lateral do prédio, de onde e saiu o saco, são indianos… ja fico de pe atras.

E depois noticias como esta deixam-me a pensar… mas que raio vai na cabeça desta gente para fazer uma estatua no valor de 450 milhões de euros num dos países com maior índice de pobreza do mundo? Ate onde vai a hipocrisia humana e a falta de bom senso?…

Parece que estão a medir quem é que tem a pilinha maior uma vez que como diz na noticia a estatua tem de ser a maior do mundo, maior do que a Estatua da Liberdade…

 

About Matilde Ferreira