BABIES Movie

Vi este filme documentário em 2010, no ano da sua estreia e se ja na altura tinha o sonho de ser mãe, fiquei ainda mais inspirada e com mais determinação para lutar pelo meu sonho. Não me recordo se o vi antes ou depois de ter sofrer o aborto espontâneo 🙁 mas o que é certo é que 6 seis anos depois tudo valeu a pena com o nascimento do Lu. 🙂

4 bebes nascidos ao mesmo em 4 quatro cantos do mundo. Neste filme vamos acompanhar o primeiro ano de vida de cada um deles. E a magia acontece. A magia da vida. Sim, porque eu vejo magia nas pequenas coisas da vida. 🙂

Se ainda não viram este filme, recomendo. 😉

About Matilde Ferreira

Quando a vida nos afasta de algumas pessoas…

…está a dizer-nos que não nos fazem falta.

Imagem retirada do Google

Nestes últimos anos tenho me afastado de pessoas na minha vida e isso tem-me feito mesmo muito bem. Sinto-me em paz comigo mesma. Quando a vida nos afasta de certas pessoas isso quer dizer que elas nao nos fazem falta. A vida está a dizer-nos algo, só precisamos de estar atentos aos sinais. Só faz falta quem está. O resto é paisagem. Quem faz por estar presente, esses sim devemos manter.

Imagem retirada do Google

Tenham uma boa semana 🙂

About Matilde Ferreira

Estejam atentos…

… Numa semana duas pessoas famosas Kate Spade Anthony Bourdain suicidaram-se, não quero imaginar quantos anônimos o fazem diariamente… Não quero. A Depressão é um bicho mau. Sei do que falo. Ja a senti na pele. Eu própria ja tentei por termo à Vida. Ainda bem que não o fiz. Porque algo me diz que depois da morte não ha mais nada. Só um vazio muito grande… Não conhecia a primeira mas fui ver as peças dela e adorei! Ja o segundo é uma figura carismática que ja esteve por duas vezes na minha cidade. Fico a pensar no que leva uma pessoa aparentemente tao feliz como ele a fazer uma coisa destas… Estaria doente? Ou andava a sofrer de cyber bullying? Pergunto isto por causa desta foto… impropria para algumas mentes que se julgam no direito de impor as suas ideias 🙁 

Mas eu entendo quem põe termo à vida, infelizmente entendo. Cansou-se. Não tem mais nada em que acreditar. :'( Gostava de puder ter dito a essas pessoas que basta acreditarem neles mesmas e na sua vida. Porque a vida é o maior presente que a Natureza nos deu. E o Paraíso é este maravilhoso Planeta que maioria dos humanos teima em destruir…

 

“Quando estás mal é que percebes quem são os teus amigos. Quando estamos bem toda a gente é nossa amiga, quando abrimos uma garrafa de champanhe toda a gente quer bebê-la connosco, mas quando estás sentado num lago de merda até ao nariz, raramente alguém vai entrar lá de joelhos e dar-te a mão para te tirar de lá”, Ljubomir Stanisic, numa rara e poderosa entrevista de vida, na semana em que faz 40 anos. Este sábado, às 14h no Alta Definição, na SIC.

Fiquem e divulguem os números das linhas de ajuda daqui do Reino Unido e da Voz Amiga em Portugal.

Se conhecerem alguém que esteja a passar um mau bocado falem com essa, estejam com ela, não a deixem sozinha. Dêem-lhe atenção. Vão ver que vão fazer a diferença na vida dessa pessoa.

 

 

About Matilde Ferreira

Desafio Gratidão| Semana 22: A Partilha

Costumo dizer que partilhar é o melhor da Vida 🙂 Gosto de partilhar momentos. Faz-me bem. Não o faço para me gabar mas sim para transmitir boas vibes. Partilhas coisas boas fazem bem aos outros. Obviamente que não partilho tudo. Haja bom senso e equilíbrio. 🙂

Deixo-vos com as Dicas da Tily, 5 coisas que nao devem partilhar antes de acontecerem:

  • engravidar
  • casar
  • mudar de emprego
  • mudar de casa
  • tirar a carta

Shiuuu!

Acreditem vão por mim pois falo por experiencia própria. 😉

Podem  acompanhar este desafio da Gratidão criado pela Liliana Silva do blog Silver Wing aqui .

Partilhem sempre o melhor da vossa vida 🙂

E por falar em Partilhar, fiquem com estas duas crianças em jeito de comemorar o Dia da Criança 

Divirtam-se e sejam felizes com muitas partilhas 🙂

About Matilde Ferreira

Eutanasia…sim ou não?

Foi o assunto do momento em Portugal. Infelizmente a mentalidade no nosso pai continua retrograda em vez de avançar. Parece que a dadiva que nos deram com o 25 de Abril não serviu para nada nem para abrir os olhos ao nosso povo.

Não gosto de ver ninguém sofrer. Lembro-me de ouvir a minha madrinha ja na fase terminal da leucemia pedir para morrer. O meu pai partiu rápido demais e eu só disse: assim não sofreu tanto… É duro mas prefiro assim do que ver alguém quem amo muito sofrer. Se ja não existe nada a fazer para quê manter as pessoas a sofrer e a agonizar? Não é humano de todo… alias o ser humano é muito controverso. Quando pode salvar vidas, não o faz em nome de uma religião estúpida como é o caso das testemunhas de Jeová em que não podem receber transfusões de sangue.

Ah e tal, não pedimos para nascer, também não podemos pedir para morrer… So que  se esquecem que quando nascemos ainda não temos consciência dos nossos actos, ao quanto que quando estamos privados da nossa saude ja sentimos as dores e pensamos. Se o corpo é nosso temos algo a dizer certo? Por muito que me custe ficar sem quem eu mais amo, eu não tenho direito sobre a vida deles. Não devemos ser assim tão egoístas.  Quanto ao Parlamento e aos nossos políticos que se armaram em deuses do Olimpo, espero nunca tenham de ter a decisão de escolher entre a vida e a morte, sejam as suas ou dos seus entes queridos. Espero que nunca tenham de ver alguém que amam a pedir para morrer.  Deviam sim fazer um referendo  para ser o povo a escolher!

Temos o direito de escolha, e morrer com dignidade é uma delas!

Mas que raio se passa com estas mentalidades?…

About Matilde Ferreira