Category Archives: Uncategorized

Uma musica para…

…dar coragem!

Em tempos de incertezas, de luta contra uma ameaça invisível de um virus que nos deixou a vida em suspenso… Quem viu The Greatest Showman lembra-se bem do power desta musica e da mensagem que ela transmite 🙂

I am not a stranger to the dark
Hide away, they say
‘Cause we don’t want your broken parts
I’ve learned to be ashamed of all my scars
Run away, they say
No one’ll love you as you are
But I won’t let them break me down to dust
I know that there’s a place for us
For we are glorious
When the sharpest words wanna cut me down
I’m gonna send a flood, gonna drown them out
I am brave, I am bruised
I am who I’m meant to be, this is me
Look out ’cause here I come
And I’m marching on to the beat I drum
I’m not scared to be seen

I make no apologies, this is me
Oh-oh-oh-oh
Oh-oh-oh-oh
Oh-oh-oh-oh
Oh-oh-oh-oh
Oh-oh-oh, oh-oh-oh, oh-oh-oh, oh, oh
Another round of bullets hits my skin
Well, fire away ’cause today, I won’t let the shame sink in
We are bursting through the barricades and
Reaching for the sun (we are warriors)
Yeah, that’s what we’ve become (yeah, that’s what we’ve become)
I won’t let them break me down to dust
I know that there’s a place for us
For we are glorious
When the sharpest words wanna cut me down
I’m gonna send a flood, gonna drown them out
I am brave, I am bruised
I am who I’m meant to be, this is me
Look out ’cause here I come
And I’m marching on to the beat I drum
I’m not scared to be seen
I make no apologies, this is me
Oh-oh-oh-oh
Oh-oh-oh-oh
Oh-oh-oh-oh

Oh-oh-oh-oh
Oh-oh-oh, oh-oh-oh, oh-oh-oh, oh, oh
This is me
and I know that I deserve your love
(Oh-oh-oh-oh) ’cause there’s nothing I’m not worthy of
(Oh-oh-oh, oh-oh-oh, oh-oh-oh, oh, oh)
When the sharpest words wanna cut me down
I’m gonna send a flood, gonna drown them out
This is brave, this is proof
This is who I’m meant to be, this is me
Look out ’cause here I come (look out ’cause here I come)
And I’m marching on to the beat I drum (marching on, marching, marching on)
I’m not scared to be seen
I make no apologies, this is me
When the sharpest words wanna cut me down
I’m gonna send a flood, gonna drown them out
I’m gonna send a flood
Gonna drown them out
Oh
This is me

Bom domingo, gente boa e linda 🙂

About Matilde Ferreira

Imagem da Semana

Imagem retirada do Instagram – Agencia Lusa

Liberdade Sempre. Obrigada, 25 de Abril.

Vai tudo ficar bem. Isto vai passar. Temos o 25 de Abril para nos inspirar. O 25 de Abril foi como um arco-íris depois da tempestade da Ditadura. E os nossos heróis não desistiram. Acreditaram. Assim como nos também temos de o fazer contra esta ameaça invisível. Mas temos de continuar a fazer a nossa parte. Juntos. Sem umbiguismos nem egoísmos. Temos de pensar em todos. Nos vamos conseguir dar a volta a isto assim como os nossos antepassados conseguiram.

O 25 de Abril deu-nos liberdade e coragem para continuarmos a acreditar.

O senhor da foto aparenta ja ter vivido muito, parecendo já nada ter a perder. Ele viveu as amarguras da Ditadura, e melhor do que ninguém ele soube o quanto foi bom respirar de alivio quando os Capitães de Abril fizeram acontecer o Dia da Liberdade.

Ao sair à rua com o símbolo nacional ao ombro, ele quis mostrar que tal como a Ditadura foi derrotada, este vírus maldito e invisível também o será, só temos de continuar a fazer a nossa parte, como os nossos antepassados o fizeram. Tal como eles, nos também vamos conseguir!

Conseguem imaginar o vosso mundo sem livros? Eu não 🙁 Mas a minha mãe que tanto gostava de ler viveu num tempo em que não podia ler os livros que mais gostava. Lembro-me de ser pequenina e encontrar um livro sobre o 25 de Abril escondido na mesinha de cabeceira dela, apesar de já não estarmos no tempo da Ditadura. Li esse livro depois de aprender a ler e fiquei tão fascinada com a História que se tornou a minha parte preferida Historia de Portugal, e eu gosto de todos os momentos da Historia de Portugal e do Mundo.

Sabiam que 2 dos livros proibidos no Estado Novo foram Os Bichos de Miguel Torga e e Capitães da Areia de Jorge Amado? Não consigo ver mal nenhum nestes livro e vocês? A Sofia Costa Lima do blog A Sofia World escreveu um post muito interessante sobre este assunto, passem por aqui e leiam.

About Matilde Ferreira

A Descoberta de Si Mesma- Guidinha Caderninho e o Mundo Magico das Emoçōes

Este livro trouxe-me memórias da minha infância. Em criança tal como a Guidinha, eu tinha muitas conversas na minha cabeça, com o Consciente, Sub-Consciente, Ego, Memoria, Mente e Coração (Megamind), e sonhava muito para manter essas conversas “vivas”. Hoje olho para o meu filhote com ternura enquanto ele explora as suas emoções brincado e criando historias com os seus bonecos e brinquedos. É como um passar de testemunho.

A partir de que idade é que começamos a ser mais conscientes da realidade? 5, 6 anos… Talvez. Gostava que ao tomarmos mais consciência não perdêssemos a nossa inocência… (tive esta conversa com a mãe de um amiguinho do Louis, enquanto esta desabafava comigo que o filho mais velho é posto de parte pelos colegas de escola 🙁

Porque é obrigatório ler “Guidinha Caderninho e o Mundo Magico das Emoções”? Porque são historias que ajudam a criança a aprender a lidar a lidar com o “enredo das emoções, a ganhar confiança nas suas capacidades pessoais e intelectuais, a relacionar-se melhor com o mundo e conseguir comunicar o que quer, o que pensa, o que sente e ser mais feliz.

Este livro fascinante de Guida Guardado, professora do 1o ciclo, aborda o caminho do crescimento e do autoconhecimento recorrendo a historias simples do dia-a-dia das crianças. Com a simplicidade magica das suas palavras torna compreensíveis matérias tão complexas como o desenvolvimento da inteligência emocional, a capacidade para compreender e geriras emoções e a aprendizagem para a tomada das decisōes.

Em “Guidinha Caderninho e o Mundo Magico das Emoções” a escritora Guida Guardado, como seu imaginativo e cativante estilo literário, vai muito para alem de oferecer ao leitor historias infantis. Com a personagem central, Guidinha, as crianças descobrem os seus “eus” interiores, aprendem a reconhecer os seus sentimentos, a expressar adequadamente as suas emoções e a desenvolver relações mais saudáveis com quem as rodeia.

Deixo-vos com algumas passagens do livro:

“-Os medos e as preocupações não têm de ser vistos apenas como emoções negativas que queremos fazer desaparecer. É através das experiencias menos boas que fazemos grandes aprendizagens.”

“A Guidinha percebeu que quando assumia aquilo que sentia perante os outros, tudo ficava mais fácil, pois era compreendida. Afinal o Megamind tinha razão “quando eu mudo, os outros também mudam.”

“…-Ter maturidade tem a ver com a maneira como tu tratas os outros e a ti mesma, como pensas e como te comportas.”

“A expressão andar em ‘piloto automático’ significa isso mesmo, é nao fazer as coisas de forma consciente. Mas isso também se aplica as emoções, à maneira de ser de cada um e às expressões do corpo. Por isso é que as pessoas por vezes, interpretam mal o comportamento do outro.”

“-Temos de educar a Mente a aprender como se fosse uma criança. Às vezes ela fica perdida e a pessoa parece uma barata tonta, perde-se com as coisas que acontecem à sua volta.”

Podem encontrar este livro aqui no Instagram da Pagina da Guida Guardado, Kids & Grown-ups.

About Matilde Ferreira

Caixa Magica| Disney Plus

Foto tirada pelo Louis

Em boa hora o serviço de streaming da Disney chegou à Europa. Numa altura em que nos pedem para ficar em casa, isto veio mesmo a calhar. 🙂

Lembro-me de ficar “horas a ver” o Clube dos Amigos Disney no Canal 1, com apresentação do tio Julio Isidro. E hoje a a historia repete-se. O Louis adora o Clube do Mickey Mouse. Parece que voltei atrás no tempo mesmo. 🙂

Estamos completamente aficionados. Temos os filmes todos da Disney, desenhos animados com Mickey Mouse, Ducktales (eu era viciada nas aventuras do Tio Patinhas e sobrinhos em banda desenhada), Star Wars, Simpsons e Marvel. Que Maravilha! É incrivel como o legado de Walt Disney se tornou tão vasto 🙂

E o Louis adora o Baby Yoda 🙂 Ainda esta sexta fizemos pizza night e ele adormeceu a ver a serie Mandalorian. Apesar de ainda nao entender a historia, ele ja reconhece as personagens, principalmente o “pequeno Yoda” e começa a cantar a Marcha Imperial do Star Wars

Foto da minha autoria – Que a Força esteja convosco

E voces, o que mais gostam no Universo Disney? 🙂

About Matilde Ferreira

Storyteller Dice 2.0 d’As Gavetas| Pedidos de Aniversario

-Mummy, mummy , no meu aniversario queria uma bola e uma bicicleta!- exclamou o Louis, num ingles aportuguesado. 🙂

Uma bola e uma bicicleta. Duas coisas tao simples. Tao simples mas que têm o poder de libertar a imaginação de qualquer criança.

– Porquê uma bola e uma bicicleta, filho? – perguntei eu, ja pressentindo a resposta. 🙂

– To feel the wind (para sentir o ventinho) – disse ele ainda mais excitado.

-E a bola? 🙂

-Para atira-la ao ar e correr atras dela 🙂

É incrível como uma criança fica contente com tao pouco. 🙂 E acrescentou mais, a bicicleta era para ir passear ate ao parque onde estavam os seus amigos com quem ia brincar e jogar à bola. Não precisa de muito para ser feliz. E isso faz-me tao bem ao coração. 🙂

Imagem da minha autoria – Natal de 2019
Imagem da minha autoria – Verão de 2018

About Matilde Ferreira