Category Archives: Uncategorized

Storyteller Dices d’As Gavetas| O Tempo

O Tempo não espera por ninguém… o Freddie é que tinha razão.E ele mais do que ninguém sabia bem o que isso era. No mes em que lembramos a sua morte, dou por mim a pensar como seria se ele tivesse sobrevivido à maldita doença… O que mais me conforta é que ele continua a ser uma fonte de inspiração. Pelo menos para mim e para o meu filhote que não se cansa de admirar os seus videos e as suas musicas.

É incrível como quanto mais fazemos e mais temos para fazer mas depressa o tempo passa. O tempo voa. Estou constantemente a dizer isto. Principalmente quando fazemos coisas que gostamos. O tempo voa quando passamos momentos bons com quem mais gostamos. Os anos passam cada vez mais rápido. Nem acredito que estamos quase no Natal. Mais um. Vamos fazer para que seja recheado de bons momentos.

Imagem da minha autoria

Deixo-vos com esta ladainha que tanto me diz:

O tempo perguntou ao tempo quanto tempo o tempo tem, e o tempo disse ao tempo que o tempo tem tanto tempo quanto tempo o tempo tem.

Este desafio foi criado pelo blog As Gavetas da Minha Casa Encantada.

About Matilde Ferreira

Pensamento para a vida toda…

Tudo tem o seu tempo e nada acontece por acaso.

Aconteceu comigo. Varias vezes. Encontrei o Amor da minha vida por acaso depois de muitas desilusões, depois de dizer que não queria mais ninguém na minha vida. Mas também sempre disse que se tivesse de ser, seria, sem pressas e sem stresses. E assim foi. Esperamos um Verão inteiro para nos conhecermos. E assim aconteceu. Sem pressas e sem stresses.

Sempre tive o sonho de ser mãe. Quis a Vida que isso acontecesse tardiamente depois de muito luta e sacrifícios. Mas acreditei. Acreditei tanto mas tanto que aconteceu. Sempre com o pensamento leve e positivo. Não poderia ser de outra maneira.

Basta acreditar muito para os nossos sonhos se tornarem realidade, e lutar muito por eles. Porque nada cai do céu.

Imagem da minha autoria

E voces, acreditam nesta frase? 🙂

E continuem a sonhar muito 😉

About Matilde Ferreira

Madama Butterfly

A minha primeira opera. Fomos vê-la ao Coliseu do Porto em 2012, pouco antes de virmos para o Reino Unido, e eu fiquei emocionada do principio ao fim da peça. É uma historia triste mas muito bonita e intensa.

Esta ópera estreou pela primeira vez em Milão, no Teatro alta Scala, e conta a historia de uma jovem gueixa que sei apaixonou por um oficial da marinha americano, mas quando a guerra termina, ele regressa aos Estados Unidos, levando-a a suicidar-se 🙁

A trama da ópera M. Butterfly foi inspirada no relacionamento entre um diplomata francês,

Bernard Boursicot, e um cantor da ópera de Pequim, Shi Pei Pu.

One good day, we will see
Arising a strand of smoke
Over the far horizon on the sea
And then the ship appears
And then the ship is white
It enters into the port, it rumbles its salute.

Do you see it? He is coming!
I don’t go down to meet him, not I.
I stay upon the edge of the hill
And I wait a long time
but I do not grow weary of the long wait.

And leaving from the crowded city,
A man, a little speck
Climbing the hill.
Who is it? Who is it?
And as he arrives
What will he say? What will he say?
He will call Butterfly from the distance
I without answering
Stay hidden
A little to tease him,
A little as to not die.
At the first meeting,
And then a little troubled
He will call, he will call
“Little one, dear wife
Blossom of orange”
The names he called me at his last coming.
(To Suzuki)
All this will happen,
I promise you this
Hold back your fears –
I with secure faith wait for him.

E vocês, ja foram à Opera? 🙂

About Matilde Ferreira

Sempre a aprender…

Sabem aquele gênero de pessoas que estão sempre a pedir-vos favorzinhos nas redes sociais sem te conhecerem de lado nenhum? Fujam dessas pessoas! Elas drenam as vossas energias e nunca retribuem os favores. Aproveitam-se de pessoas como eu que estão sempre prontas a aceitar os pedidos sem pedirem nada em troca. Estou sempre a aprender, e cada vez mais concordo com o q a minha mãe sempre me disse em relação as amizades, se bem que amizades na internet sem conhecermos as pessoas pessoalmente, não são amizades, capacitem-se disso, salvo raras excepções, raríssimas. Quanto mais pessoas conheço mais gosto dos animais…

People are strange.

Desculpem qualquer coisinha mas aqui o Mr Bean é que está certo 😀

Imagem retirada do Google

About Matilde Ferreira

Stacey Dooley Meets the IS Brides

O que faz alguém que vive em segurança, querer ir viver para um sitio que está em guerra constante, sem as mínimas condições de sobrevivência. A mim custam tanto entender o que leva estas jovens a trocarem um vida boa por uma vida miserável. São levadas, iludidas, por gentes sem um pingo de humanidade e escrúpulos. Aproveitam-se da ingenuidade delas, do facto destas ainda não estarem formadas a nível psicológico, ainda não pensarem pela sua própria cabeça e manipulam-nas sem dó nem piedade, e elas deixam-se levar, chegando mesmo a acreditar que vivem numa realidade melhor. Mas o que a faz largar uma vida de conforto por uma vida de miséria? Ilusão. Quem as ilude, fá-las acreditar que esta vida é passageira, e o islão diz que elas vão encontrar uma vida melhor depois da morte. O mais triste é elas não saberem que esta vida poderá ser a única que têm…

https://www.bbc.co.uk/iplayer/episode/m0007fcg/panorama-stacey-meets-the-is-brides

Vejam aqui o momento em que Stacey Dooley entra em choque com estas raparigas…

E vocês, o que acham sobre este recrutamento de ocidentais pelos terroristas do IS?

About Matilde Ferreira