Category Archives: Uncategorized

Carta ao Pai Natal

Ola Pai Natal:

Espero que estejas bem, e este ano cá estamos de novo a pedir as prendinhas como de costume. So que este ano ha uma diferença, este ano velho amigo não peço nada ! Passo a explicar, se ca quiseres passar para comer uma rabanadita ou uma fatia de bolo rei (este ano vou fazer eu um ) tas a vontade, contudo podes dar as prendas a quem mais delas necessitar. Eu tenho literalmente tudo, uma familia que me adora (e a quem eu adoro de volta) um emprego estável enfim … que mais posso eu pedir. Posso sim desejar que tragas ajuda para quem dela mais necessita (nos também fazemos a nossa parte ) o resto, as prendas … ja ta tudo tratado por isso vai la dar prendas a quem delas precisa e quando acabares passa por ca pra tomar um copo. E ja agora obrigado por tudo o que me deste ao longo do tempo 🙂 incluindo a coragem para tomar decisões as vezes difíceis, e um grande obrigado por me teres trazido uma grande mulher que me suporta sempre, e esta sempre ao meu lado.

Um muito obrigado, e feliz natal !

Atentamente

Rui

About Rui Moreira

Marriage Story

Dizem que é provavelmente o filme do ano. Vimos e ficamos a pensar na sorte que temos.

Acreditem que eu sei bem o que ela sentiu pois quando fiquei desempregada, tambem me senti “invisível” e as pressões da sociedade nao ajudaram nada. Mas conseguimos dar a volta porque o sentimento foi mais forte. Nao desistimos, lutamos e continuamos a lutar. Talvez por ja termos tido outras pessoas na vida, hoje nao conseguimos viver um sem o outro. Não faz sentido. Talvez as pessoas casem demasiado cedo, mais uma imposição da sociedade. Acho que devemos viver as coisas nos momentos certos. Sem pressas. O que tiver de ser será.

Eu seria incapaz de de fazer isto ao meu marido. De o deixar à beira da miséria so porque me deixei levar pelo impulso, e por advogados manipuladores e sem escrúpulos.

Adorei a personagem de Adam Driver. Vibrei e chorei com ele. Pensei tanto no nosso filho ao ver o filho deste casal.

O mais incrível é que no momento em que parecia que eles estavam a tentar a reconciliação, apareceram o raio dos advogados… mas ficamos com a ideia de que o sentimento do casal não morreu. Pelo menos da parte dele… Se calhar estamos a romantizar o impossível mas gosto de acreditar que tudo pode acabar bem.

Desculpem as minhas divagações, e se ainda não viram este filme recomendo que o façam se gostam de relações humanas.

About Matilde Ferreira

Pensamento para a vida toda…

Tudo tem o seu tempo e nada acontece por acaso.

Aconteceu comigo. Varias vezes. Encontrei o Amor da minha vida por acaso depois de muitas desilusões, depois de dizer que não queria mais ninguém na minha vida. Mas também sempre disse que se tivesse de ser, seria, sem pressas e sem stresses. E assim foi. Esperamos um Verão inteiro para nos conhecermos. E assim aconteceu. Sem pressas e sem stresses.

Sempre tive o sonho de ser mãe. Quis a Vida que isso acontecesse tardiamente depois de muito luta e sacrifícios. Mas acreditei. Acreditei tanto mas tanto que aconteceu. Sempre com o pensamento leve e positivo. Não poderia ser de outra maneira.

Basta acreditar muito para os nossos sonhos se tornarem realidade, e lutar muito por eles. Porque nada cai do céu.

Imagem da minha autoria

E voces, acreditam nesta frase? 🙂

E continuem a sonhar muito 😉

About Matilde Ferreira

Madama Butterfly

A minha primeira opera. Fomos vê-la ao Coliseu do Porto em 2012, pouco antes de virmos para o Reino Unido, e eu fiquei emocionada do principio ao fim da peça. É uma historia triste mas muito bonita e intensa.

Esta ópera estreou pela primeira vez em Milão, no Teatro alta Scala, e conta a historia de uma jovem gueixa que sei apaixonou por um oficial da marinha americano, mas quando a guerra termina, ele regressa aos Estados Unidos, levando-a a suicidar-se 🙁

A trama da ópera M. Butterfly foi inspirada no relacionamento entre um diplomata francês,

Bernard Boursicot, e um cantor da ópera de Pequim, Shi Pei Pu.

One good day, we will see
Arising a strand of smoke
Over the far horizon on the sea
And then the ship appears
And then the ship is white
It enters into the port, it rumbles its salute.

Do you see it? He is coming!
I don’t go down to meet him, not I.
I stay upon the edge of the hill
And I wait a long time
but I do not grow weary of the long wait.

And leaving from the crowded city,
A man, a little speck
Climbing the hill.
Who is it? Who is it?
And as he arrives
What will he say? What will he say?
He will call Butterfly from the distance
I without answering
Stay hidden
A little to tease him,
A little as to not die.
At the first meeting,
And then a little troubled
He will call, he will call
“Little one, dear wife
Blossom of orange”
The names he called me at his last coming.
(To Suzuki)
All this will happen,
I promise you this
Hold back your fears –
I with secure faith wait for him.

E vocês, ja foram à Opera? 🙂

About Matilde Ferreira

Sempre a aprender…

Sabem aquele gênero de pessoas que estão sempre a pedir-vos favorzinhos nas redes sociais sem te conhecerem de lado nenhum? Fujam dessas pessoas! Elas drenam as vossas energias e nunca retribuem os favores. Aproveitam-se de pessoas como eu que estão sempre prontas a aceitar os pedidos sem pedirem nada em troca. Estou sempre a aprender, e cada vez mais concordo com o q a minha mãe sempre me disse em relação as amizades, se bem que amizades na internet sem conhecermos as pessoas pessoalmente, não são amizades, capacitem-se disso, salvo raras excepções, raríssimas. Quanto mais pessoas conheço mais gosto dos animais…

People are strange.

Desculpem qualquer coisinha mas aqui o Mr Bean é que está certo 😀

Imagem retirada do Google

About Matilde Ferreira