Desafio Gratidão| Semana 44: A Liberdade

Foto da minha autoria – S.Miguel, Açores – Outubro 2018

Prezo muito a minha liberdade. Ja falei dela aqui muitas vezes. É ao pé do mar que me sinto mais livre. Desde sempre.

Imagem retirada do facebook

Eu preservo bastante a minha liberdade de expressão. Por tudo o que aprendi e continuo a aprender. Respeito mesmo muito o direito que nos foi devolvido, a nós portugueses, no 25 de Abril. Tenho perfeita noção do que partilho nas redes sociais, e penso antes de dizer seja o que for. Tenho perfeita noção de que a internet é um bem necessário quando bem usada. Perdoem-me a redundância. Uma coisa que não entendo, é que quanto mais informação existe, parece que mais ignorantes as pessoas são… Não percebo, a serio. Alguém que me explique como se eu fosse o meu filhote. Eu cresci sem internet e aprendia tanto. Tinha tv com coisas interessantes, enciclopédias, livros. Aprendi tanto e continuo a aprender. Gosto tanto.

Ler dá-me liberdade para explorar a minha imaginação. Deixo-me levar para bem longe nas asas das palavras. Fico de alma leve e de coração cheio.

Fico triste com o que está neste momento a acontecer no Brasil, porque me preocupo com os problemas do mundo desde sempre. Não consigo imaginar um povo sem liberdade de escolha e de opinião. É incrível que esta questão ambiental do mundo ja me preocupa desde os tempos da escola. Ou seja há mais de 20 anos e nada mudou, muito pelo contrario so piorou. 🙁

Haverá coisa pior do que a censura da nossa liberdade de expressão?…

Imagem retirada do facebook

Este desafio foi criado pelo blog The Silver Wing

O que mais gostam e agradecem na vossa Liberdade? 🙂

About Matilde Ferreira

As nossas ferias nos Açores

Mar e Serra – Açores

Um sonho tornado realidade. Passados 15 anos de espera fomos ao Paraíso no meio do Atlantico. Gostava de dizer ao Sr Nunes, um antigo colega de trabalho, que todos os anos ia com a esposa para as ilhas,  que ele tinha razão. Durante uma semana respirei  ar puro e fomos ainda mais felizes. Recomendo a toda a gente que precise de parar. 🙂 Não precisam de ir à India para fazer um retiro, acreditem. Foi preciso ter vizinhos açorianos no andar de cima da nossa casa anterior para conseguirmos ir aos Açores. E superou as expectativas. Viemos de coração cheio e alma leve com a promessa de voltar. 🙂

Ao fim de quase dois anos, fez-me bem voltar a andar de avião, uma coisa que adoro fazer 🙂

Por onde começar? S.Miguel e a sua capital, Ponta Delgada, têm muitas coisas para ver que preenchem uma semana. Numa semana apanhamos de tudo. Aqui o Anticiclone sente-se mesmo,  temos as 4 estações do ano num dia só e mais uma extra. Mesmo assim,  ainda conseguimos ir varias vezes à praia. O Lu adorou brincar na areia preta. Primeiro estranhou, depois entranhou, e ate comeu areia hehe. 😀 Coisas de criança 🙂 Como criança feliz que é, adorou, esteve nas suas 7 quintas e interagiu tanto.

Lagoas das Sete Cidades

Primeira paragem: Lagoa das Sete Cidades. Como não podia deixar de ser. Conseguem imaginar a minha cara quando vi esta vista? 🙂 Não conseguia acreditar, pois so conhecia estas paisagens dos livros e da tv. Nao apetecia sair dali. Que maravilha de lugar 🙂 Por toda a ilha se respira ar puro, da para ver pelo ar de felicidade das vaquinhas. 🙂 Ah ao final do dia ainda fomos ate a nossa prainha, perto do Rosto do Cão,  bem perto da nossa casa onde ficamos alojados, pertencente à Azores Villas, que recomendamos pelo serviço 5 estrelas. Ja tenho saudades das conversas deliciosas com a nossa Noelia. De fácil acesso, muito confortável, sentido-nos como se estivéssemos em casa. Imaginem que fiz sopa para o Lu pois tinha varinha magica, e ainda consegui dar um jeito a duas peças de roupa minha com o ferro de engomar que havia na casa.

Nossa Praia 🙂

Casamatas da Praia de Santa Barbara

No segundo dia, segunda-feira, depois de termos almoçado um bom repasto em casa, fomos ate à praia de Santa Barbara, pois o dia estava convidativo, onde aproveitamos para conhecer as Casamatas. Foi aqui que o Lu adorou brincar na areia.

 

Lagoa do Fogo

Na terceira paragem, dia do nosso aniversario de namoro, fomos até à Lagoa do Fogo, onde estava uma ventania que quase nos levava junto com ela,  e  depois descemos ate às famosas Furnas, e o seu tão característico cheiro a enxofre… apesar deste pequeno senão, adoramos a paisagem, ainda podemos ir visitar um sitio muito especial e romântico: a Capela da Nossa Senhora das Vitorias mandada construir em homenagem a uma senhora que estava muito doente pelo seu marido. Quanto ao famosos cozido das Furnas vai ter de ficar para o ano pois o tempo não estava de feição…

Na quarta-feira, quarta paragem, depois de termos comido um rico manjar no Restaurante Atlantico Grill , rumamos ate à muito conhecida Ermida da Nossa Senhora da Paz  onde eu e o Lu apanhamos uma molha monumental… meio das escadarias 😀 Que rico banhoca! Não sei como conseguimos descer as escadas no meio de tanta agua! Hehe 😀 Com isto tivemos de voltar para casa e com muita pena minha tivemos de deixar o Parque Terra Nostra para o ano também… So motivos para voltar ao Paraiso.

Quinta-feira, quinta paragem, fomos almoçar ao Restaurante da Associação Agricola, onde nos regalamos com o melhor bife da região, e à tarde fomos conhecer a única plantação de chá existente na Europa. Para uma tea lover como eu fiquei deslumbrada. Aproveitamos para ir ate ao Miradouro da Bela Vista onde desfrutamos da vista de cortar a respiração. E ainda tivemos tempo para ir passear pela Portas da Cidade.

Portas da Cidade

Na sexta-feira, foi hora de carregar os últimos cartuchos com um arroz de tamboril no Cais 20 e aproveitar os ultimos momentos na nossa prainha.

No ultimo dia sábado, fomos almoçar a casa dos pais do nosso amigo e vizinho que aproveitaram para nos levar ao aeroporto que fica a 5 minutos de casa deles.

Para este post não ficar muito longo, vou deixar os reviews dos 3 Restaurantes e da plantação de chá para mais 4 posts.

Para o ano ha mais 🙂

Ja foram aos Açores?

About Matilde Ferreira

Desafio Gratidão| Semana 22: A Partilha

Costumo dizer que partilhar é o melhor da Vida 🙂 Gosto de partilhar momentos. Faz-me bem. Não o faço para me gabar mas sim para transmitir boas vibes. Partilhas coisas boas fazem bem aos outros. Obviamente que não partilho tudo. Haja bom senso e equilíbrio. 🙂

Deixo-vos com as Dicas da Tily, 5 coisas que nao devem partilhar antes de acontecerem:

  • engravidar
  • casar
  • mudar de emprego
  • mudar de casa
  • tirar a carta

Shiuuu!

Acreditem vão por mim pois falo por experiencia própria. 😉

Podem  acompanhar este desafio da Gratidão criado pela Liliana Silva do blog Silver Wing aqui .

Partilhem sempre o melhor da vossa vida 🙂

E por falar em Partilhar, fiquem com estas duas crianças em jeito de comemorar o Dia da Criança 

Divirtam-se e sejam felizes com muitas partilhas 🙂

About Matilde Ferreira

Desafio Fotográfico de Abril da Marisa Ferreira Blog|Instagram

Em Abril aguas mil… ou melhor fotos mil 🙂

Fica aqui o meu registo fotográfico do meu instagram apôs ter aceite o desafio da Marisa Ferreira no seu instagram 🙂558666ef-2f45-4f32-8bb1-c6577a886da0faa02919-5d33-4daf-b6df-1ec2d60d33909482fc9a-88bc-4aaa-903f-0a246e6bf91b

Foi um mês cheio de experiências boas e agradáveis, principalmente a da gravidez, o Lu ja se mexe muito mais e esta ser incrível senti-lo cada vez mais forte 🙂

Deve ter sido por isso que o mês passou a voar 😀 Vamos ver como vai ser com o Maio 🙂 Estamos literalmente em contagem decrescente para a chegada do nosso rebento 🙂

Para este mês de Maio a Marisa não fez desafio e eu também já não fui a tempo de pesquisar outro desafio, talvez em Junho, ultimo mês da minha gravidez, eu consiga fazer um desafio, ate la acompanhem-me no meu instagram pois sempre que eu possa vou partilhando as minhas fotos 🙂

Stay tuned! 😉

About Matilde Ferreira