Tag Archives: Morte

Imagem da Semana

A imagem da semana que vos trago é de um casal que morreu de COVID. De mãos dadas para sempre. Porque o Amor é para sempre. Contra tudo e contra todos. Uma imagem forte que despensa conversas. Contra factos não ha argumentos. Porque o mundo está cheio de falsas certezas, vale a pena reflectir com imagens como esta…

Tenham uma boa semana e protejam-se 🙂

About Matilde Ferreira

Triste e revoltada.

Mais uma morte.Desta vez no nosso cantinho à beira-mar plantado. Não foi nos EUA. Foi em Portugal. Não consigo perceber o que leva alguém a matar a sangue frio uma pessoa que estava em paz a passear o seu animal de estimação. Não consigo! Sinto-me impotente por continuar a existir racismo. E pior, continuarem a existir pessoas que lhe dão voz…:(

Espero muito sinceramente que este ser desumano apodreça na prisão nos últimos dias que lhe restam, se ainda houver um pingo de justiça! Se tal não acontecer, revoltem-se! Façam como fizeram nos EUA com o George Floyd!

View this post on Instagram

Como? A sério, como? Deixa-me genuinamente intrigado como o conseguem fazer. O Bruno Candé foi assassinado com 4 tiros por ser negro. O Bruno Candé foi morto pela cor da sua pele e deixa 3 filhos de 3, 5 e 6 anos. E ainda assim, há milhares de comentários a desvalorizar a violência racista, milhares de pessoas brancas cujo patético orgulho é tão grande que não conseguem assumir que Portugal é estruturalmente racista. É racista quando faz sons de macaco ao Marega, é racista quando impede ou dificulta as pessoas racializadas de alugar casa, ter acesso ao ensino, aceder a determinadas oportunidades de trabalho. É racista quando alguns programas da manhã continuam a ter comentadores como a Suzana Garcia que chama "escumalha" aos negros. É racista quando um deputado manda uma deputada negra para a terra dela. É racista a cada piada racista que partilham nos grupos de whatsapp. É racista quando a polícia diz sobre o caso que parece ser um "crime passional". Mas que paixão foda-se? É racista de cada vez que os políticos desvalorizam o racismo. É racista sempre que dizem que temos de ser moderados e tentar ver o outro lado. É racista de cada vez que alguém diz que o racismo em Portugal não é sistémico. E tudo isso, e muito mais, é o que legitima a violência racista, é o que alimenta o ódio. Tudo isto foi o que matou o Bruno Candé, foi o que fez com que das últimas coisas que tenha ouvido em vida foi "preto, volta para a tua terra". A sério, como é que conseguem?

A post shared by Diogo Faro (@diogofaroidiota) on

About Matilde Ferreira

Vida.

Pedro Lima. 49 anos. 5 filhos. Actor cheio de vida e de talento. Queria casar em 2021, aos 50 anos, com a sua mulher, sua companheira há 19 anos, completavam 20 anos também em 2021.

Ninguém quer morrer, pois a morte não é a solução. Pedro estava desesperado e deixou-se levar por esse desespero, e acredito que no ultimo momento se tenha arrependido mas ja foi tarde demais. Eu tive mais sorte. Há 21 anos quando lutava contra uma depressão grave, uma noite enquanto todos dormiam na casa, levantei-me a arrastar-me, fraca, pois não comia há vários dias e dirigi-me à cozinha, abri a gaveta das facas, peguei numa e fiquei a olhar para ela. Num impulso, empunhei-a na minha direção, decidida a acabar com o meu sofrimento que ja durava ha meses, com as minhas frustrações, com a minha impotência de não conseguir fazer nada… Estive quase para fazer o maior disparate da minha vida até que vi tudo escuro.

Acordei passado uma eternidade, deitada no chão frio da cozinha, com a faca ao meu lado. Confusa. Como é que não me dói nada? Apenas me doía a cabeça por ter desmaiado e ter batido com ela no chão.

Aquela noite foi um abre-olhos para mim. Algo tinha de mudar, a começar por mim. Na manha seguinte sem contar o que se tinha passado à minha mãe, disse-lhe que queria ir ao cabeleireiro para arrebitar e sair do transe em que me encontrava. Comecei a minha luta pela procura de emprego e em 2 meses estava a trabalhar como caixa no supermercado Modelo Bonjour da Avenida da Republica em Gaia, e desde aí nunca mais parei ate começar os tratamentos para ter o Louis. Sinto que a Depressão, não se foi embora, anda aqui meia camuflada, mas sei que tenho ser mais forte do que ela vivendo um dia de cada vez.

Consta-se segundo um primo do actor que este tinha desabafado que a TVI andava a pensar em despedi-lo… 🙁

About Matilde Ferreira

Chego à conclusão de que…

…tudo o que é feito em excesso faz mal. A propósito da primeira morte causada por vaping. Ainda por cima a empresa em causa pertence a uma tabaqueira. Coincidência? Nao me parece…

O meu Rui deixou de fumar com a ajuda do vaping mas sempre usou com bom senso. Vejo muitos miúdos sempre com aquilo na boca, pode não ser tabaco mas continua a conter nicotina ainda que em pouca quantidade.

Estas coisas têm de ser faladas, explicadas e devem ser expostas para as pessoas serem esclarecidas.

Sabem o que era ideal? A cannabis ser legalizada. Mas não convém pois acaba com o negócio do seu trafico e das tabaqueiras.

Ja viram bem as vantagens desta planta natural?… É triste que não seja legal… 🙁

E ao terminar este post chegou também a noticia desta rapariga ( a noticia é do Jornal Sol) que ficou em coma após ter contraído uma especie de pneumonia consequente do uso de cigarros eletrônicos… 🙁

Primeiro o tabaco e agora os cigarros eletrônicos? Quando é que os seres humanos vao aprender que o natural é que faz bem? Mas sem excessos!

About Matilde Ferreira

The Story of God with Morgan Freeman

Imagem retirada da internet

De onde vimos?

Para onde vamos?

Acreditam em Deus? Ou, o que nos leva a acreditar em Deus?

Porque existe tanto mal no mundo?

Sao questões frequentemente feitas pelo ser humano a dada altura da sua existência…

Morgan Freeman, ele próprio ja interpretou Deus no grande ecrã. Todos nos precisamos de acreditar em alguma coisa para a nossa vida fazer sentido. Seja em Deus ou em nos mesmos. E vocês em que é que acreditam?

Nesta serie fala-se de tudo um pouco, religiões, tradições, crenças, milagres… e o Mal. E acabamos por chegar quase sempre à mesma conclusão, o Homem tem tendencia a complicar as coisas mais simples.

Qual é a razão de todo o mal na Humanidade? Porquê é que o Homem tem tendencia confundir o Mal com o Bem? Fazer o Mal em nome do Bem. Milagres. Um homem caiu do cimo de um edifico com mais de 40 andares. Esteve meses em coma e so acordou na véspera do Natal, enquanto o seu irmão não sobreviveu, tendo morrido de imediato no dia do acidente. A questão é porque é que é só ele teve direito a um “milagre”, a uma segunda oportunidade? Terá chegado a hora do irmão?… Se Deus realmente existe porque é que também nao salvou o irmão? Ja sao muitas questões sem respostas e de facto não é muito justo

Ja andava ha algum tempo para ver esta serie. Não consegui ver na RTP por causa dos direitos de transmissão e ainda bem que esta disponível no Netflix.

Vejam esta conversa deliciosa de Morgan Freeman com Jimmy Kemmel.

Chego à mesma conclusão que Morgan chegou, as pessoas têm medo de morrer. Têm tanto medo de morrer que se esquecem de viver. O paraíso é este maravilhoso planeta que a humanidade tanto maltrata e não respeita. After death… there’s nothing.

Por isso aproveitem esta vida, por mais difícil que ela seja, tem sempre coisas boas, muitas vezes as mais simples 🙂

About Matilde Ferreira