Desafio Gratidão| Semana 32: O Perfume

Ja por aqui tenho falado bastante sobre o perfume da minha vida, por muito anos que passem, eu so consigo usar o LightBlue de D&G e agradeço de coração cheio por o meu homem me conhecer tao bem. Dizem que namorados nao devem oferecer perfumes pois correm o risco de a relação nao durar muito…parece que somos excepção  à regra, ou então não somos supersticiosos hehe.

Gosto dos perfumes da Natureza, do cheiro das flores, do cheiro da terra molhada, do cheiro do mar, do cheiro do meu bebe.

Gosto de acordar com o cheiro a terra molhada depois de uma noite de chuva. Gosto de sentir essa frescura no ar.

Imagem da minha autoria

Podem  acompanhar este desafio da Gratidão criado pela Liliana Silva do blog Silver Wing aqui .

Quais sao os vossos perfumes/ cheiros preferidos? 🙂

About Matilde Ferreira

Desafio Gratidão| Semana 31: A Cidade

Costumo dizer que tenho as minhas duas cidades sao irmãs por serem tao parecidas e por encontrar ca em Londres detalhes e pormenores que me relembram o meu Porto.

Amo tanto o Porto, a cidade que me viu nascer, como Londres, a cidade que me adoptou. Falei delas aqui e aqui no cantinho da Cris Loureiro. Falo delas de coração cheio. E recomendo a toda a gente que queira visita-las. Vão ver que não se vão arrepender.

Foto da minha autoria Rotunda da Boavista, Dezembro de 2016

Do Porto guardo recordações muito boas, desde a minha infância ate à idade adulta. O meu sitio preferido da cidade são os Jardins do Palácio de Cristal. Sempre que regresso à minha cidade sinto-me de coracao cheio.

Fotografia da minha autoria Picadilly Circus, Setembro de 2014

De Londres continuo a ter tanto para descobrir que cada vez fico mais fascinada por esta cidade. Sempre que saio desta cidade, fico cheia de vontade de voltar.

 

Podem  acompanhar este desafio da Gratidão criado pela Liliana Silva do blog Silver Wing aqui .

Qual ou quais são as vossas cidades preferidas? 😉

About Matilde Ferreira

Desafio Gratidão| Semana 30: O Valor

Imagem retirada da pesquisa do Google

So das valor ao que tens quando perdes Escrevi este post no ano passado por esta altura e agora lembrei-me dele para escrever este, pois faz mesmo sentido. Nunca gostei de brincar com os sentimentos dos outros pois nao gosto de fazer aos outros aquilo que não gosto que me façam a mim.

Infelizmente a maior parte das pessoas só dá valor ao que tem… quando perde. Aconteceu comigo. Tanto disse que sem saude não ha trabalho, que acabei por ficar sem ela. Mas eu estava ciente disso. E mesmo assim fui forçada a parar.

Agradeço e e dou valor ao que tenho todos os dias da minha vida. Foram estes os valores que os meus pais me transmitiram. Porque não sabemos o dia de amanha. Hoje podemos ter tudo e devemos valorizar isso para amanha continuarmos a ter.

E nestes últimos tempos também tenho aprendido a afastar-me de pessoas que nao me valorizam nem trazem nada de bom à minha vida, e isso tem-me feito muito bem, pois sinto-me muito mais leve. Poucos mas bons. Muito obrigada a todos que estão comigo.

Imagem retirada do Google

Podem  acompanhar este desafio da Gratidão criado pela Liliana Silva do blog Silver Wing aqui .

E voces, valorizam e são valorizados(as)?

About Matilde Ferreira

Desafio Gratidão| Semana 29: A Memória

A nossa memoria é fantastica. Sinto-me agradecida por ter um boa memória. Quando trabalhava decorava números de telefone com muita facilidade. tenho muito receio de perder a minha memória. Tenho receio de esquecer. Por isso gosto de tanto de registar momentos. Gosto muito de escrever, de anotar tudo. Desde sempre. Ler e ouvir musica tambem ajudam.

Na gravidez tive alguns lapsos de memoria que vos cheguei a contar aqui 

Por vezes tenho brancas e dou por mim a parar no meio da casa a pensar no que eu ia fazer a seguir… Conhecem o filme Still Alice? É dos meus filmes preferidos. Ficar sem memória de um momento para o outro é assustador. 

A minha mãe está a recuperar lentamente de uma depressao que quase lhe causou demência… não é fácil mas fico admirada por ela ainda ter tantas memórias depois de tudo o que passou após a morte do meu pai.

Sabem qual é a melhor forma de preservar a nossa memória? Registar momentos. Momentos bons 🙂 Quantos mais melhor 🙂 E dos bons 😉

Por isso nao me canso de fotografar todos os momentos e fases do Lu 🙂 Porque o tempo voa e não tarda nada ele fica adulto… e eu velhinha.

Deixo-vos com algumas memorias do Lu com 1 aninho de idade, com o meu irmão Daniel  que tem neste momento 26 anos e o sobrinho do Rui. o Gui,  com a idade do Lu, 2 anos e tem neste momento 14 anos. 🙂

Gui

Daniel

Lu com 1 ano

Podem  acompanhar este desafio da Gratidão criado pela Liliana Silva do blog Silver Wing aqui .

 

E voces, têm boa memoria? 😉

About Matilde Ferreira

Desafio Gratidão| Semana 27: A Meditação

Sempre gostei muito de falar com o meu eu. De ter longas conversas comigo mesma. Acho que isso também é meditar. Nunca gostei muito de rezar. Talvez por isso a única oração que ficou da minha infância foi a primeira que a minha me me ensinou, talvez por ser simples e pequenina. Rezar um pai nosso ou ave maria sempre me soou muito forçado, sem fazer muito sentido, pelo menos para mim. Tenho muito respeito por quem se sente bem a rezar estas orações feitas mas não é para mim. Prefiro agradecer por palavras minhas saídas da alma. Acho que faz muito mais sentido.

Em miúda adorava sentar-me no patamar de casa dos meus pais e ficar horas com os meus pensamentos a olhar para as estrelas. Fazia-me bem. Ou então ir ate à minha praia,  a mesma da Sophia e do Eça, sentar-me nas suas escadarias e ficar ali a escrever no meu diário a tarde inteira.

foto retirada do Facebook

Podem  acompanhar este desafio da Gratidão criado pela Liliana Silva do blog Silver Wing aqui .

E voces, gostam de meditar? Onde gostam de o fazer? 🙂

About Matilde Ferreira