Category Archives: Fotografia

O Nosso Cantinho Secreto…

na hora do school run.

A minha mãe costumava dizer: “não tenho medo dos mortos, mas sim dos vivos“. E eu sou como ela.

Enquanto estamos à espera que a escola abra, o Louis adora percorrer todos os recantos desta igreja que fica mesmo ao lado da escola. Aqui sentimo-nos em paz. E sabe mesmo bem começar o dia assim 🙂

O mais incrível é que quando era miúda tinha de passar o cemitério da minha terra a correr, ao anoitecer, porque os meus queridos colegas da catequese e da escola gostavam muito de me meter medo com historias de “gente que levava bofetadas” e ficavam com a cara marcada por passarem à em cemiterios… brincadeiras muito parvas que afectam a nossa saúde mental. Hoje em dia passo bem em frente a cemitérios, mas evito de noite apesar de ja nao ter problemas nenhuns com isso. Alias eu gostava muito de ajudar a minha mãe a limpar os jazigos de familia, se bem que passava a maior parte do tempo a correr o cemitério todo 🙂 Outra coisa que nunca gostei foi de estar “paralisada” no cemitério no dia 1 de Novembro, a levar com o cheiro nauseabundo das velas a arderem… Acho que é uma tortura. Nem a minha mãe gostava, coitada. A melhor parte do dia, era chego a casa e comer castanhas assadas.

O melhor destes momentos são as gargalhadas que o Louis dá e faz bem à alma vê-lo assim 🙂

Qual é vosso sentimento sobre cemitérios?

About Matilde Ferreira

Dias de Sol em Terras de Sua Majestade

Ao contrario do que muitas pessoas pensam, os dias de sol não são uma raridade aqui na ilha 🙂 Temos a sorte de viver aqui na zona oeste de Londres onde o sol predomina mais tempo. Tal como nos Açores, aqui tão depressa está a chover como está a fazer sol mas são os dias de chuva que nos fazem acreditar, porque depois da tempestade vem sempre o arco-íris, como eu costumo dizer, ou a bonança. 🙂

Uma das coisas que me deixam frustradas é ver tanta gente a queixar-se seja da chuva, ou do frio ou da mudança da hora… será que as pessoas andam assim tao ressabiadas que não sabem fazer mais nada se não queixarem-se? Será que ja não sabem que quanto mais se agradece, mais coisas boas acontecem?…

Gosto dos dias de sol de Outono ou Inverno, porque são mais aconchegantes. Por mim, ja estou como a minha mãe dizia, podia chover só de noite enquanto nos estamos quentinhos a dormir nas nossas camas. Apesar de eu saber que existem algumas pessoas que trabalham à noite, essas que me perdoem e que se protejam e agasalhem bem.

Também gostam de dias assim? 🙂

About Matilde Ferreira

Para hoje…

…ouve a tua vozinha interior. Vai tudo correr bem, vai tudo correr bem. Tem fé ❤️ Acredita. Repete. ❤️ Vai tudo correr bem. Hoje vai ser um bom dia. Respira fundo e segue o teu caminho, menina bonita. 🙂 Inspira. Expira. Devagar. Vai tudo correr bem 🙂 Olha para o céu e diz baixinho, quase como num sopro: Vai tudo correr bem 😉

Imagem da minha autoria

About Matilde Ferreira

4 anos de ti

Filho, isto está a passar tao rápido, bem que o meu instinto me avisou que isso ia acontecer. Estás a deixar de ser o nosso bebe e acho que essa é a parte que mais nos está custar. Continuas a ser o maior desafio da minha vida. Todos os dias provas isso. A tua personalidade está cada vez mais forte. Todos os dias me desafias e me pois à prova. Como que a dizer: vá, tu consegues, tu és capaz. Perdoa-me pela falta de paciência às vezes, mas sabes que isto de ser mãe não vem com manual de instruções… mas acredita que estou a dar o melhor de mim, inspirada em ti. 🙂

Foste o melhor presente que a vida nos deu, foste um sonho tornado real 🙂

Obrigada, meu querido 🙂 Amo-te muito e acredita que da minha parte vou continuar a fazer tudo para te fazer Feliz 🙂

Imagem da minha autoria

Fiquem com o video do CBeebies que mostra o cartão de Parabéns que fizemos para o Louis… tenham um pouco de paciência pois é o ultimo, mas como se costuma dizer os últimos sao sempre os primeiros hehe 😀

https://www.bbc.co.uk/cbeebies/grownups/birthdays-on-cbeebies

About Matilde Ferreira

Imagem da Semana

Imagem retirada do Instagram – Agencia Lusa

Liberdade Sempre. Obrigada, 25 de Abril.

Vai tudo ficar bem. Isto vai passar. Temos o 25 de Abril para nos inspirar. O 25 de Abril foi como um arco-íris depois da tempestade da Ditadura. E os nossos heróis não desistiram. Acreditaram. Assim como nos também temos de o fazer contra esta ameaça invisível. Mas temos de continuar a fazer a nossa parte. Juntos. Sem umbiguismos nem egoísmos. Temos de pensar em todos. Nos vamos conseguir dar a volta a isto assim como os nossos antepassados conseguiram.

O 25 de Abril deu-nos liberdade e coragem para continuarmos a acreditar.

O senhor da foto aparenta ja ter vivido muito, parecendo já nada ter a perder. Ele viveu as amarguras da Ditadura, e melhor do que ninguém ele soube o quanto foi bom respirar de alivio quando os Capitães de Abril fizeram acontecer o Dia da Liberdade.

Ao sair à rua com o símbolo nacional ao ombro, ele quis mostrar que tal como a Ditadura foi derrotada, este vírus maldito e invisível também o será, só temos de continuar a fazer a nossa parte, como os nossos antepassados o fizeram. Tal como eles, nos também vamos conseguir!

Conseguem imaginar o vosso mundo sem livros? Eu não 🙁 Mas a minha mãe que tanto gostava de ler viveu num tempo em que não podia ler os livros que mais gostava. Lembro-me de ser pequenina e encontrar um livro sobre o 25 de Abril escondido na mesinha de cabeceira dela, apesar de já não estarmos no tempo da Ditadura. Li esse livro depois de aprender a ler e fiquei tão fascinada com a História que se tornou a minha parte preferida Historia de Portugal, e eu gosto de todos os momentos da Historia de Portugal e do Mundo.

Sabiam que 2 dos livros proibidos no Estado Novo foram Os Bichos de Miguel Torga e e Capitães da Areia de Jorge Amado? Não consigo ver mal nenhum nestes livro e vocês? A Sofia Costa Lima do blog A Sofia World escreveu um post muito interessante sobre este assunto, passem por aqui e leiam.

About Matilde Ferreira