Uma musica… de uma diva

Aretha Franklin faleceu esta semana com 76 anos, vitima de cancro. O meu mano Daniel relembrou-me desta diva,  de seu nome Tina Turner ou Anna Mae Bullock  que com 78 nos está aí para as curvas, fazendo ver muitas miúdas de 20 anos. Relembrei com carinho e emoção o filme que retrata a vida dela, o seu percurso e violência domestica que sofreu por parte do marido, Ike. Recomendo que vejam. Eu vi-o quando tinha 18 anos e marcou-me mesmo muito.

Mrs Hot Legs é o verdadeiro exemplo de que o que não nos mata torna-nos mais fortes, uma verdadeira guerreira que eu admiro bastante. Uma Mulher com M grande que passou por muito mas se tornou numa mulher forte e corajosa, e não desistiu.

You must understand though the touch of your hand
Makes my pulse react
That it’s only the thrill of boy meeting girl
Opposites attract
It’s physical
Only logical
You must try to ignore that it means more than that ooo
What’s love got to do, got to do with it
What’s love but a second hand emotion
What’s love got to do, got to do with it
Who needs a heart when a heart can be broken
It may seem to you that I’m acting confused
When you’re close to me
If I tend to look dazed I’ve read it someplace
I’ve got cause to be
There’s a name for it
There’s a phrase that fits
But whatever the reason you do it for me ooo
What’s love got to do, got to do with it
What’s love but a second hand emotion
What’s love got to do, got to do with it
Who needs a heart when a heart can be broken
I’ve been taking on a new direction
But I have to say
I’ve been thinking about my own protection
It scares me to feel this way oh oh oh
What’s love got to do, got to do with it
What’s love but a second hand emotion
What’s love got to do, got to do with it
Who needs a heart when a heart can be broken
What’s love got to do, got to do with it
What’s love but a sweet old fashioned notion
What’s love got to do, got to do with it
Who needs a heart when a heart can be broken
ooh got to do with it
(What’s love but a second hand emotion)
What’s love got to do, got to do with it
Who needs a heart when a heart can be broken
(What’s love got to do with it) got to do with it
(What’s love)
Dedico este post à minha mãe que faz hoje 66 anos e sempre gostou muito desta senhora. 

 

About Matilde Ferreira

Desafio Gratidão| Semana 33: O Amor Próprio

Imagem retirada do Google

Foi preciso cair numa Depressao profunda para aprender a gostar de mim…

Se eu nao gostar de mim, quem gostará

Esta frase ouvia-se numa anuncio de um leite no inicio do novo milênio. E ouvi-la vezes sem conta, ajudou-me muito. Sempre fui muito bichinho do buraco como dizia a minha mãe. Desde miúda que sempre gostei de ficar no meu canto, no meu quarto, no meu mundo a ler um livro ou a inventar as minhas historias. Sempre fui muito envergonhada, introvertida, dizia para mim mesma que não gostava de mim. Usava roupas largas para disfarçar a minha magreza…  Mas cresci, sofri e aprendi. Aprendi a respeitar-me a gostar de mim. Foi preciso cair no fundo para aprender. Foi preciso ficar doente e fechar-me em casa durante quase um ano para dar valor à Vida.

Imagem retirada do Google

Apesar de tudo, em criança era tudo muito mais fácil e eu tenho muito boas recordações da minha infância. Nunca tive pressa de crescer. Sempre soube esperar. Sempre tive calma e paciência. O meu primeiro beijo foi aos 18 anos. O meu primeiro namorado foi aos 19. E ainda fui muito a tempo. De tudo. Diverti-me, fiz asneiras, poucas, mas sempre com bom senso. Tudo aconteceu na altura certa. 🙂 Ate que conheci aquele que me faz bem desde o inicio, me deu ainda mais razoes para eu gostar ainda mais de mim  e passados 10 anos me deu aquele que é a  pessoa mais importante das nossas vidas.

Imagem da minha autoria

Yes, Tina I’m simply the best 😀 Hehe

Amem-se muito 🙂

About Matilde Ferreira

A song to… my love

Sempre que ouço esta musica apetece-me dedica-la ao meu amor 🙂

Sabiam que o Bono escreveu esta musica como forma de pedir desculpas à sua mulher, Allie, por ser ter portado mal?

My love she throws me like a rubber ball
Oh oh oh the sweetest thing
But she won’t catch me, or break my fall
Oh oh oh the sweetest thing
Baby’s got blue skies overhead
But in this I’m a rain cloud
You know she likes a dry kind of love
Oh oh oh the sweetest thing
I’m losing you
Oh oh oh, I’m losing you yeah
Ain’t love the sweetest thing
The sweetest thing
I wanted to run, she made me crawl
Oh oh oh the sweetest thing
Eternal fire, she turned me to straw
Oh oh oh the sweetest thing
You know I got black eyes
Buy they burn so brightly for her
Mine is a blind kind of love
Oh oh oh the sweetest thing
I’m loosing
Blue eyed boy meets a brown-eyed girl
Oh oh oh the sweetest thing
You can sew it up
But you still see the tear
Oh oh oh the sweetest thing
Baby’s got blue skies overhead
But in this I’m a rain cloud
You know we got a stormy kind of love
Oh oh oh the sweetest thing
Haverá declaração de amor mais linda hehe 😉
Rui queres namorar comigo ate sermos velhinhos?
Nao desistas de mim como eu não desisti de ti 🙂
E foi aqui neste sitio que aceitei o teu pedido, foi aqui
Que me conquistaste com o teu olhar cheio de ternura
Havemos de voltar aqui muitas vezes ate sermos bem velhinhos
Fica prometido… 🙂

 

Foto retirada do Facebook, Sr da Pedra, Miramar

Bom domingo e sejam felizes 🙂

About Matilde Ferreira

Viva o 10 de Junho!

Viva Portugal! Este dia é tambem o dia dos emigrantes 🙂 Por todo lado aqui no Reino Unido as comunidades portuguesas juntam-se em festas e arraiais 🙂

Fiquem com a Marcha do Pião das Nicas do saudoso Carlos Paião

Viva o Santo António viva o São João
viva o dez de Junho e a restauração
viva até São Bento se nos arranjar
muitos feriados para festejar

Bora para o bailarico? 😉

Bom domingo, gente boa e linda 🙂

About Matilde Ferreira