Category Archives: Cultura

Maleficient – Mistress of Evil

“Humans are hilarious.”

E se as más da fita das historias de encantar não forem assim tao más? E se a maldade está onde menos esperamos e a má da fita pode mesmo ser a heroína da historia.

Este filme marca o regresso de Angelina Jolie que está fantástica, assim como a má da fita, Queen Ingris, interpretada por Michelle Pfeifer.

Gostamos muito da volta que os guionistas e argumentastes deram à historia da Bela Adormecida, e introduzirem a Fenix Renascida foi mesmo um golpe de mestre.

Um filme com uma mensagem muito actual sobre o mal que o ser humano pode fazer à Natureza com as suas guerras e conflitos.

Governar humanos é um pouco mais complicado do que andar descalço com flores no cabelo ”- Rainha Ingrith

Pergunto-me qual será o proximo “conto de fadas” que a Disney irá transformar 🙂 Se seguirem as historias dos Irmãos Grimm à letra têm muito com que se entreterem. Eu gostava muito de ver a sequela da Branca de Neve, pois depois de Once Upon A Time passei a dar mais valor à historia da Rainha Má…

Se ainda não viram este filme, recomendo 😉

Bom domingo!

About Matilde Ferreira

Saudades de Dresden…

Tenho saudades da Alemanha. Principalmente de Dresden, cidade a leste do país na fronteira com a Polônia, bem próxima de Auschwitz. Das recordações que guardo, é de passarmos a uma linha de comboios desactivada e as professoras alemãs nos dizerem que dali partiram muitos judeus para o campo de concentração. E muitos deles foram assassinados a sangue frio pelos soldados nazis ali mesmo.

Dresden é a segunda cidade mais populosa da Alemanha. Foi das cidades que mais sofreu com os ataques dos Aliados na Segunda Grande Guerra e depois sob o poder da União Soviética 🙁 Alias toda a ex-Alemanha do Leste sofreu. Estive lá 5 anos após a queda do Muro de Berlim e ainda se notavam bem as marcas deixadas pela separação do país e do regime soviético. Enquanto a Alemanha Ocidental crescia economicamente e progredia com sucesso, a Oriental estava parada no tempo a viver tempos de clausura e censura. O povo alemão pagou caro pelos erros dos Nazis… e hoje sabem bem dar o valor.

Imagem retirada do Google

Tenho saudades da Alemanha, e das suas belas cidades: Colônia, Munique e gostava muito de conhecer a sua capital, Berlim. Gostava muito de ir à Floresta Negra banhada pela aguas do Danubio. Sabiam que esta floresta serviu de inspiração às lendas dos Irmãos Grimm? Lembro-me bem de ter sonhos maus, quando era pequenina, com a bruxa de Hansel and Gretel do livro Os Contos dos Irmãos Grimm da estante da minha madrinha.

Ja agora deixo-vos com a verdadeira historia da Branca de Neve.

About Matilde Ferreira

Silencio!

Façam uma pausa para reflectir. Qual é o nosso papel neste mundo?

Sei bem qual é o meu: Aprender, Conhecer, Saber. Deixar marcas positivas nos outros. Ja aqui disse muitas vezes que quero aprender ate morrer, pois o saber não ocupa lugar.

E quando não temos nada para dizer, a melhor solução é pegar num livro e le-lo. Sabiam que é isso o que o Louis faz? Tao pequenino e ja nos ensina tanto.

Imagem da minha autoria
Louis a ler 🙂

Quando lemos ganhamos a capacidade de entender os outros, e o mundo que nos rodeia. O Louis pode ainda não saber ler por ele, mas ja tem a capacidade de memorizar as historias que lhe lemos e muitas vezes dou por ele com um livro na mão a contar a historia que ouviu através das imagens.

Se mais pessoas lessem e pegassem em livros, o mundo não estava o caos que vemos hoje em dia… 🙁

E talvez pudéssemos enxergar os outros aos olhos de uma criança 🙂

Este menino fez-me lembrar o nosso Louis 🙂 Sabiam que os melhores amigos dele na creche são o Gurvansh, indiano e o Anor, muçulmano?

Uma vez tive uma conversa com a mãe do Anor em que ela desabafou dizendo que gostava que as crianças não perdessem a inocência da idade da creche… pois o irmão mais velho do Anor que anda na mesma escola mas no 3o ano é posto de parte pelos colegas so porque tem uma opinião diferente da deles… Por ele não saia da sala de aula e não gosta de ir à escola por causa da pausa para o recreio. Corta-me o coração, vê-lo sempre num canto quando vou levar o Louis à creche… 🙁 Eu era tal e qual e temo que o Louis também seja assim… Parece que quando começamos a crescer e a ter mais noção da realidade, a maioria dos humanos tem tendencia a perder a inocência. Coisa que eu não quero perder ate ser bem velhinha…

View this post on Instagram

🔁@oprahmagazine

A post shared by VIOLA DAVIS (@violadavis) on

Deixo-vos uma sugestão de leitura apropriada para os tempos que correm. Harriet Tubman, A Journey for Freedom, não sei se existe em português mas podem encontrar outros livros dela na Wook e na Fnac. Se mais pessoas entendessem o papel da comunidade negra na sociedade, talvez esta fosse mais valorizada. Pensem nisso!

Imagem da minha autoria

About Matilde Ferreira

Desafio: Um Erro Inocente|The Ice Cream Girls

Dorothy Koomson propôs o desafio e eu aceitei de imediato. Li este livro ha 10 anos atras em português. Estou neste momento a ouvi-lo em ingles. O meu livro preferido desta autora. Este livro causa-me um turbilhão de emoções. Quero entrar na Historia. Parece que estou dentro da Historia. Parece que estou a viver as emoções da personagens. Tenho vontade de as abraçar e protege-las do homem que lhes tirou a inocência… Peço desculpas pelo spoiler.

Durante a adolescência, Poppy Carlisle e Serena Gorringe foram as únicas testemunhas de um trágico acontecimento. Entre aceso debate público, as duas glamorosas adolescentes viram-se a braços com os tribunais e foram apelidadas pela imprensa de “As Meninas do Gelado”. 
Anos mais tarde, tendo seguido percursos de vida muito diferentes, Poppy está decidida a trazer ao de cima a verdade sobre o que realmente sucedeu, enquanto Serena, esposa e mãe de dois filhos, não pretende que ninguém do presente desvende o seu passado. Mas é impossível enterrar alguns segredos – e se o seu for revelado, a vida de ambas voltará a transformar-se num inferno… 
Emocionante e enternecedora, esta história fará com que nos perguntemos se alguma vez poderemos conhecer verdadeiramente aqueles que amamos.

Retirado do GoodReads

Como disse, Dorothy Koomson lançou o desafio nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook. Procurem pelas hashtags #GotMine and #TheIceCreamGirlsReadalong

O desafio começa hoje, segunda-feira, dia 25 e termina no final da semana. E há prêmios. O novo livro da escritora, All My Lies Are True, que é a sequela deste, e ainda um bonito saco.

Enquanto escrevo este post, estou a ouvir o livro e estou a gostar bastante da experiencia. “Ouvir” um livro é bastante relaxante e inspirador. Estou mesmo rendida ao ebook, claro que não vou deixar de ler livros físicos, mas o ebook é bem mais pratico para o dia-a-dia desta mãe a tempo inteiro 😀

Ja leram este livro ou algum livro desta escritora? 🙂

About Matilde Ferreira

Desafio Alma Lusitana| Dia do Autor Português

A Andreia do blog As Gavetas da Minha Casa Encantada teve a ideia e eu fiquei cheia de vontade de responder, pois a causa é muito nobre a fim de comemorar o Dia do Autor Portugues.

Mas desde já peço desculpas por não conseguir ler a maior parte dos livros da minha lista. Não só por falta de tempo mas também estar fora de Portugal e ser-me mais difícil obter as obras que pretendo ler. Mas acredito que hei-de conseguir, ate porque agora tenho a ajuda de um kindle, oferta do maridão, e assim fica mais facil ler obras portuguesas. Mais tarde falarei sobre esta nova aquisição.

=CATEGORIAS=

PORTO – Um autor que nunca tenhas lido, mas que está na tua lista: Miguel Esteves Cardoso: quero muito ler esta coleção do autor. 🙂 Miguel Esteves Cardoso não tem papas na lingua e escreve com alma e talvez por isso me desperta tanto o interesse. Espero que nunca se canse de escrever e que a inspiração jamais lhe falhe ate ao ultimo suspiro, e que este seja daqui a muitos e muitos anos.

Imagens retiradas do site da Wook

AVEIRO – Um livro para morar: O Nosso Reino de Valter Hugo Mãe: Enquanto lia esta historia, dei por mim na minha infância em casa dos pais e avós. Voltei atrás no tempo. E foi bom e engraçado. As personagens lembraram-me as minhas avós e tias, que sempre que passavam pela cruz de Cristo benziam-se. 🙂

Podem ler o review deste livro aqui.

Imagem da minha autoria

COIMBRA – Um livro do teu autor preferido: A Formula de Deus de Jose Rodrigues dos Santos: gosto de livros que me façam pensar, e este esclareceu-me tanto mas tanto. Não me canso de o recomendar.

Imagem retirada do Google – o meu está em Portugal

ERICEIRA – Um livro que te transporta para uma zona do país que gostas: A Formula de Deus que nos transporta para a beleza de Coimbra

GUIMARÃES – Um livro que deveria ter uma adaptação cinematográfica: Indecisa entre O Nosso Reino de Valter Hugo Mãe e A Formula de Deus de Jose Rodrigues dos Santos. Porque me “tele-transportaram” para as suas historias, foi como se eu fizesse parte delas, por isso acho que dariam bons filmes.

SINTRA – Um livro de poesia: Sonetos de Luis Vaz de Camões. O maior poeta português. Sempre me inspirou para a poesia e continua a inspirar. Este poema continua a fazer muito sentido nos tempos que correm.

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades,
Muda-se o ser, muda-se a confiança;
Todo o mundo é composto de mudança,
Tomando sempre novas qualidades.

Continuamente vemos novidades,
Diferentes em tudo da esperança;
Do mal ficam as mágoas na lembrança,
E do bem, se algum houve, as saudades.

O tempo cobre o chão de verde manto,
Que já coberto foi de neve fria,
E em mim converte em choro o doce canto.

E, afora este mudar-se cada dia,
Outra mudança faz de mor espanto:
Que não se muda já como soía.

BRAGANÇA – O primeiro autor que leste: Sophia de Mello Breyner Andersen: A Menina do Mar, A Fada Oriana, O Cavaleiro da Dinamarca são livros que me marcaram muito pois ensinaram-me a ler, a sonhar ainda mais e a dar asas à minha imaginação. Ja leram algum destes?

Imagem da minha autoria

GAIA – Um livro infanto-juvenil: Colecção Uma Aventura de Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada: Li a coleção toda num Verão da minha adolescência, gostei tanto de viajar com as 5 personagens e os dois cães através do nosso belo país e aprendi tanto com eles.

Imagem retirada do Google

LISBOA – Um livro que mencione outras expressões artísticas: Afectivamente – GNR: esta banda traz-me tão boas recordações. Sempre que ouço deixo-me levar ate ao final da minha adolescência. Pronuncia do Norte transporta-me sempre até a cidade do Porto, percorro mentalmente a ponte Dom Luis até à Ribeira, perdendo-me com a bela paisagem da cidade. Sangue Oculto faz-me dançar e cantar como se nao houvesse amanha e Dunas leva-me ate à praia de Sophia de Mello Breyner Andersen e Eça de Queiroz, a Praia da Granja. Tenho mesmo de ler este livro sofre a Historia da primeira banda rock portuguesa.

Imagem retirada do Google

BRAGA – Um livro passado na tua estação do ano preferida: O Tecido do Outono de Alçada Baptista – mais um livro para adicionar às minhas leituras. Nunca li nada deste autor mas a sinopse chamou-me a atenção.

Imagem retirada do Google

Filipe casara ainda jovem com Matilde, mas nunca fora capaz de classificar a relação de ambos. Aos trinta anos encontra Bárbara, uma mulher que partilha com ele a procura incessante pela esfera do divino. Com ela vive uma forte paixão pautada, no entanto, pelo fatalismo. Só então, magoado, redescobre Matilde, também ela agora com algumas cicatrizes…

ÓBIDOS – O livro com a capa mais bonita: O meu 💙 só tem uma cor de Joana Marques – Mais um livro que me diz muito e por ter vivido todas emoções que a Joana fala no livro. Tenho muito orgulho em todas as vitorias e glorias que o meu/nosso F.C. do Porto me deu ao longo destes 30 anos. E nem de propósito, o nosso Louis hoje acordou a cantar o hino todo do nosso clube 🙂

Imagem da minha autoria

Categoria Extra criada por mim conforme pedido pela AndreiaSÃO MIGUEL – AÇORES – Uma personagem: Falei deste livro aqui Gostei tanto da personagem da Guidinha Caderninho, talvez por me ter identificado muito com ela quando eu era pequenina.

O review está aqui.

Desde ja peço mais uma vez desculpas se fui repetitiva nas escolhas, mas tanto a Formula de Deus como O Nosso Reino são livros que me dizem bastante, espero que compreendam assim como o numero de livros lidos ser muito inferior ao livro de livros que quero ler. Desculpa, querida, Andreia. ❤️

E vocês, quais sãos vossos autores portugueses preferidos? Têm muitos livros para ler? 🙂

About Matilde Ferreira