Category Archives: Divagaçōes

After Life

Uma das melhores coisas dos últimos tempos do Netflix. Ricky Gervais é dos melhores seres humanos que eu conheço, aprendi a gostar ainda mais dele com os seus lives no Facebook às 6 da tarde com o seu gato. Que ternura.

After Life fala sobre um dos grandes males da Actualidade: Depressão. Com um humor leve e sensível, Ricky fala por todos nos que passámos por isso. Digo com um humor leve e sensível pois lembrei-me de certos ditos pseudo-humoristas que brincam com o cancro ou com o suicídio de uma forma dura e cruel. Falo de Rui Sinel de Cordes, lembrei-me dele na cena em que o pessoal do jornal onde Tony trabalha estão a assistir a um comediante num bar em que ele diz uma piada sobre suicídio, e o personagem principal diz que se tentou suicidar no dia anterior ou ha uns dias atras… Depois no dia seguinte, o cunhado de Tony passa-lhe um raspanete que ele não devia ter reagido assim, pois a piada não era sobre ele. Mas eu compreendo a personagem. Pode ate nem ser sobre nos, mas as pessoas tem de aprender a por-se no lugar dos outros, porque ninguém sabe porque situação a pessoa esta a passar…

Deixo-vos com quatro das minhas cenas preferidas da serie:

“A society grows great when old men plant trees in whose shade they know they shall never sit” – “Uma sociedade cresce muito quando homens idosos plantam árvores em cuja sombra eles sabem que nunca se sentarão”

“Happiness is amazing. It’s so amazing it doesn’t matter if it’s yours or not.” – “A felicidade é incrível. É tão incrível que não importa se é tua ou não.”

‘I think life is precious because you can’t watch it again….when you realise you are not going to be around forever, that’s what makes life so magical’ – “Eu acho que a vida é preciosa porque você não pode assistir de novo … quando você percebe que não vai estar por perto para sempre, é o que torna a vida tão mágica”

Se ainda não viram, do que estão a espera para o fazer? 😉 Eu ja estou à espera que a segunda temporada saia, uma vez que o Ricky Gervais ja anunciou que a vai fazer 🙂

About Matilde Ferreira

Violência não se resolve com Violência!

Se há coisa que eu detesto é ver destruição e vandalismo. Por muita razão que as pessoas tenham, perdem-na toda quando agem violentamente. Ja tive este desabafo aquando das manifestações violentas no Brasil há 5 anos atras. Ate perdi “amizades” no facebook à conta disso… só faz falta quem fica. 😛

Toda a gente deve reivindicar os seus direitos mas desde que o façam com civismo. O que está a acontecer em Paris é horrível e inadmissível.

Imagem retirada do Facebook

Marie Le Pen não ganhou as eleições mas está a manipular de tal forma o povo que é como se tivesse ganho…

A extrema-direita esta a ganhar muita força pelo mundo fora e isso é assustador 🙁

A cidade-luz que eu conheci ha 25 anos atras não merece isto…

E infelizmente, continua… 🙁

About Matilde Ferreira

Storyteller Dices| O Cavaleiro e o Gato Preto

Haverá ha coisa melhor do que criar/inventar historias? A Andreia do As Gavetas da Minha Casa Encantada inspirou-me e eu tive de adquirir uns Dados Contadores de Historias. Lanças os dados e fazes magia com imagens e palavra.

E a primeira historia surgiu assim:

Foto da minha autoria

Estava uma noite gélida, o nosso cavaleiro ja andava perdido há muito tempo, até que avistou uma pequena sombra que se movia lentamente pela floresta. A sombra parou quando o avistou. Ao chegar mais perto, o cavaleiro apercebeu-se que era um gato preto que se deixou afagar docilmente. Com a cabeça deu a entender que queria que o cavaleiro o seguisse. levou-o até a uma árvore, e junto desta estava um frasco de veneno… Mas não era um veneno mortal, era sim uma poção que dava super poderes, segundo o gato. O homem bebeu a poção a medo, e do nada sentiu-se mais forte. O gato voltou a guia-lo, desta vez, ate a uma casa assombrada. Sem medos, o cavaleiro entrou nela. À porta estava um punhal, pegou nele para se proteger, não fosse o diabo tece-las. Percorreu a casa toda, cautelosamente, ate que viu algo a brilhar no fundo das escadas. Esta rangia bastante mas o cavaleiro foi, mais uma vez sem medos mas sempre com cuidados ate chegar à luz brilhante. Ao chegar lá verificou que se tratava nada mais nada menos do que um anel brilhante. O cavaleiro ficou tao feliz com esta recompensa que agarrou no anel e fugiu dali o mais rápido possível. Não sem antes levar o gato com ele.

Gostaram da historia e da ideia? 😉

About Matilde Ferreira

ESTUDASSES…

… ja nao nos bastava ter de levar com os iluminados dos anti-vaxxes, temos agora de levar com os flat-earthers 😛 Porra mas esta gente nao estudou? É o que dá dizer que a escola é uma chatice 😛

Fiquem com o resumo, muito bem explicado, por sinal do Ricardo Araujo Pereira 😉

Será que é preciso Galileo voltar do túmulo para ensinar a esta gente tudo de novo? 😛

Balha-me a santa que eu ja não tenho idade para isto…

About Matilde Ferreira