Tag Archives: liberdade de expressão

A saga de Julien Assange…

Só eu acho estranho isto acontecer agora no meio do caos do Brexit?… Isto deixa-me a pensar. Que conveniente que isto é para as relações do UK com os USA. Teorias da conspiração à parte, mas não deixa de ser estranho logo após a mudança de presidente do Equador, tenham tomado esta decisão. Pressões politicas? Coincidências? Conveniências?… Assange pode ter infringido a lei, mas de que outra forma crimes politicos poderiam ser descobertos?… Complicado muito complicado. Uma coisa é certa, não esperava que a Pamela Anderson fosse de encontro ao meu pensamento o dizer isto.

Deixo-vos com as imagens que falam por si.

Imagem retirada do Google
Imagem retirada do Google

Afinal a liberdade de expressão é crime?…

Qual é vossa opinião sobre este assunto?…

About Matilde Ferreira

3 Mulheres

Imagens retiradas da internet

3 grandes mulheres que muito contribuíram para a igualdade de gênero e para a Liberdade de expressão no nosso pais. Natalia Correia, Vera Lagoa (pseudônimo de Maria Armanda Falcão) e Snu Abecassis. Estou fascinada com as historias destas 3 mulheres que tanto deram ao nosso país. Era muito pequena quando soube da morte da Snu. 40 anos. Tão nova. Tenho apenas quase mais 2 anos do que ela. A historia dela e de Sá Carneiro foi tao bonita. A propósito quero muito ver o filme sobre os dois. Ela conseguiu divorciar-se mas infelizmente ele não. Mas nem assim o Amor deles esmoreceu. Snu podia aparentar ser uma mulher frágil mas o que mais admiro nela, é que por detrás dessa fragilidade aparente, ela demonstrava uma determinação muito forte.

De Natalia Correia recordo a presença forte, quando a via na tv em miúda, e lembro de ouvir o meu pai dizer que nao gostava dela… agora pensado bem era o irmão dele, o meu tio-padrinho, retornado de Angola.

Quanto a Vera Lagoa, só me recordo que o jornal Diabo era proibido, pôs 25 de Abril, nos anos 80, la em casa com muita pena minha pois quando ia ao quiosque da terra ficava sempre com curiosidade de o ler…

Maria João Bastos, Soraia Chaves e Victoria Guerra, nos papeis de Maria Augusta Falcão, Natalia Correia e Snu Abecassis, respectivamente, sao as actrizes que interpretam estas extraordinárias 3 Mulheres.

3 mulheres com as quais me identifico pois tambem gosto de dar a minha opiniao de forma liberal e democrática. Gosto de escrever sem lápis azul e sem censuras. E adoro ler. Não me imagino numa época em que não pudesse escolher as minhas leituras tal com a minha mãe que guardava religiosamente livros dito ‘proibidos’ debaixo do colchão. Que alivio que ela sentiu quando o 25 de Abril aconteceu. Quantas vezes a ouvi argumentar com o meu pai que não tinha saudades nenhumas do tempo do Salazar.

“3 Mulheres” é uma série de ficção que, a partir das biografias e da intervenção cultural e cívica da poetisa Natália Correia, da editora Snu Abecassis e da jornalista Vera Lagoa (pseudónimo de Maria Armanda Falcão), recorda os últimos anos do Estado Novo – 1961 e 1973 – do início da Guerra colonial à véspera da Revolução de Abril. A ação e os percursos cruzados de mulheres como Snu, Natália e Maria Armanda, são um exemplo de coragem e compromisso com os tempos futuros.

Natália Correia foi uma irreverente escritora que esteve envolvida em grandes polémicas. Exemplo disso foi o lançamento da obra “Antologia Erótica e Satírica”, que a levou a ser condenada pela justiça. Maria Armanda Falcão foi a primeira locutora da RTP, jornalista, cronista e, mais tarde, enveredou pelo ramo empresário. Snu Abecassis era considerada uma princesa nórdica pela sua beleza e sempre defendeu que as pessoas deveriam ter a oportunidade de aprendizagem.

Podem ver esta serie na RTP1.

Ja conheciam?

About Matilde Ferreira

Desafio Gratidão| Semana 44: A Liberdade

Foto da minha autoria – S.Miguel, Açores – Outubro 2018

Prezo muito a minha liberdade. Ja falei dela aqui muitas vezes. É ao pé do mar que me sinto mais livre. Desde sempre.

Imagem retirada do facebook

Eu preservo bastante a minha liberdade de expressão. Por tudo o que aprendi e continuo a aprender. Respeito mesmo muito o direito que nos foi devolvido, a nós portugueses, no 25 de Abril. Tenho perfeita noção do que partilho nas redes sociais, e penso antes de dizer seja o que for. Tenho perfeita noção de que a internet é um bem necessário quando bem usada. Perdoem-me a redundância. Uma coisa que não entendo, é que quanto mais informação existe, parece que mais ignorantes as pessoas são… Não percebo, a serio. Alguém que me explique como se eu fosse o meu filhote. Eu cresci sem internet e aprendia tanto. Tinha tv com coisas interessantes, enciclopédias, livros. Aprendi tanto e continuo a aprender. Gosto tanto.

Ler dá-me liberdade para explorar a minha imaginação. Deixo-me levar para bem longe nas asas das palavras. Fico de alma leve e de coração cheio.

Fico triste com o que está neste momento a acontecer no Brasil, porque me preocupo com os problemas do mundo desde sempre. Não consigo imaginar um povo sem liberdade de escolha e de opinião. É incrível que esta questão ambiental do mundo ja me preocupa desde os tempos da escola. Ou seja há mais de 20 anos e nada mudou, muito pelo contrario so piorou. 🙁

Haverá coisa pior do que a censura da nossa liberdade de expressão?…

Imagem retirada do facebook

Este desafio foi criado pelo blog The Silver Wing

O que mais gostam e agradecem na vossa Liberdade? 🙂

About Matilde Ferreira

Youtubices…

Recordo-me de no Natal de 2016, o nosso sobrinho Gui me mostrar um youtuber muito conhecido português chamado Wuant e pedir-me desculpas pelas asneiras que o tipo dizia nos videos, e eu so lhe lhe disse: “Gui, tu nao tens de pedir desculpas por ele, se te sentes incomodado pelo que ele diz, nao vejas… e ele respondeu-me: “ah eu vejo porque ele é divertido…” Pois… fico a pensar que esta geração tem gostos muito limitados em relação à minha que não tinha internet nem nada destas facilidades. Eu tinha tv onde via os meus ídolos viciados em drogas e comprava revistas em alemão apesar de não perceber nada de nada, como li alguém escrever por estas bandas. Sim, os meus ídolos podiam ser viciados em drogas mas não nos mandavam dizer à nossa mãe para ir para o caralho quando ela nos vinha acordar ao quarto 🙁

Que saudades que tenho quando o Youtube servia so para eu ver os meus clips de musica preferidos… Ainda hoje o faço. Para mim o Youtube sempre serviu para isso, ver videos de musica e videos para fazer rir. Querem coisa mais simples? Caramba… dizer que ser Youtuber é uma profissão? Mas onde esta a imaginação e criatividade desta gente? É mesmo isto que querem para o futuro deles? Uma coisa que deveria ser um hobby, eles ja consideram uma profissão?… É caso para dizer para onde vais humanidade… 🙁

E quando o Nuno Markl e a mae do seu filho, Ana Galvão, desabam no facebook a propósito desta situação e são insultados e eu dou por mim a pensar que a liberdade de expressão está a ser desrespeitada por pessoas que não sabem utilizar a internet e isso deixa-me muito triste porque a liberdade de expressão é um direito que demorou muito tempo a ser conquistado por todos nós por e por essa mesma razão todos nos devíamos ter mais respeito ao usa-la. Que mundo este em que nos nao podemos dar a nossa a opinião sem sermos criticados em praça publica se formos contra ideias estúpidas e sem sentido… É por estas e por outras que cada vez gosto mais deste meio cantinho seguro, que para mim continua a ser um oásis neste mar que é a internet.

Que futuro este que o meu filhote vai ter de enfrentar com gente que nao sabe distinguir liberdade de expressão de falta de bom senso e discernimento… Gente sem noção que insulta profissionais da radio como foi o caso da locutora Joana Marques 

E com isto deixo-vos o conselho de um grande amigo:

 

Boa semana! 😉

About Matilde Ferreira