Tag Archives: non sense

Sologamia…

…desculpem, soloquê? Ja lhe ouvi chamar muitos nomes para a carencia de atenção ou narcisismo, agora isto? Mas está tudo doido?… Esta gente não sabe, simplesmente ir de ferias, sozinha???

Acho que não é preciso chegar a tanto para encontrar o amor próprio, digo eu. Eu pelo menos não precisei casar comigo mesma, para me reencontrar. Precisei sim de estar sozinha para aprender a amar-me e a respeitar-me. Não precisei de um casamento, de uma festa para dar nas vistas, para chamar a atenção. Acho que é tudo uma questão de bom senso…

Acho que as pessoas têm de aprender a assumir os seus medos e receios, aprender a crescer, infelizmente hoje em dia vê-se muito isso… espero estar à altura para saber passar uma boa mensagem ao meu filho sobre este assunto, quero que ele saiba e sinta que nos estamos sempre aqui para ele, para o apoiar nas duvidas e inseguranças normais nas varias fases da vida.

Quanto a este assunto da sologamia… estou com a Oprah…

Imagem retirada do Google

About Matilde Ferreira

Das coisas que me acontecem…

Ja por aqui falei no parto do meu filhote. Correu super bem, tive uma hora pequenina, graças ao bendito gas. Mas o que aconteceu na segunda noite vai ficar na minha memória por mais que o tempo passe. Por isso resolvi contar-vos e agora, ao fim de quase 3 anos de vida do Lu. Eram 5 da matina, acordei estremunhada a pensar que estava a sonhar com uns sons de alguém a… gemer! Esfreguei os olhos e constatei que não estava a sonhar e apercebi-me que os barulhos cada vez mais intensos e abafados vinham da cama em frente, que apesar das cortinas, era possível se ouvir tudo. Sim, o casalinho indiano dessa cama resolveu ter relações sexuais ali no hospital e assim acordar todos os bebes e mães da nossa ala. O meu Lu foi o ultimo a acordar, o que não nos valeu o susto de na manha seguinte ir medir os batimentos cardíacos para ver se estava tudo bem com ele, uma vez que eu fiquei bastante ansiosa com o sucedido… Foi tampem na manha seguinte que ouvi uma senhora se queixar do sucedido a uma das midwives (enfermeiras de acompanhamento na gravidez, parto e pôs-parto) , e foi tambem essa midwife que ralhou com a esposa do homem, perguntando-lhe o que é que ela tinha andado a fazer quando tinha acabado de ter uma cesariana…

É caso para dizer…

Imagem retirada do Google

About Matilde Ferreira

Youtubices…

Recordo-me de no Natal de 2016, o nosso sobrinho Gui me mostrar um youtuber muito conhecido português chamado Wuant e pedir-me desculpas pelas asneiras que o tipo dizia nos videos, e eu so lhe lhe disse: “Gui, tu nao tens de pedir desculpas por ele, se te sentes incomodado pelo que ele diz, nao vejas… e ele respondeu-me: “ah eu vejo porque ele é divertido…” Pois… fico a pensar que esta geração tem gostos muito limitados em relação à minha que não tinha internet nem nada destas facilidades. Eu tinha tv onde via os meus ídolos viciados em drogas e comprava revistas em alemão apesar de não perceber nada de nada, como li alguém escrever por estas bandas. Sim, os meus ídolos podiam ser viciados em drogas mas não nos mandavam dizer à nossa mãe para ir para o caralho quando ela nos vinha acordar ao quarto 🙁

Que saudades que tenho quando o Youtube servia so para eu ver os meus clips de musica preferidos… Ainda hoje o faço. Para mim o Youtube sempre serviu para isso, ver videos de musica e videos para fazer rir. Querem coisa mais simples? Caramba… dizer que ser Youtuber é uma profissão? Mas onde esta a imaginação e criatividade desta gente? É mesmo isto que querem para o futuro deles? Uma coisa que deveria ser um hobby, eles ja consideram uma profissão?… É caso para dizer para onde vais humanidade… 🙁

E quando o Nuno Markl e a mae do seu filho, Ana Galvão, desabam no facebook a propósito desta situação e são insultados e eu dou por mim a pensar que a liberdade de expressão está a ser desrespeitada por pessoas que não sabem utilizar a internet e isso deixa-me muito triste porque a liberdade de expressão é um direito que demorou muito tempo a ser conquistado por todos nós por e por essa mesma razão todos nos devíamos ter mais respeito ao usa-la. Que mundo este em que nos nao podemos dar a nossa a opinião sem sermos criticados em praça publica se formos contra ideias estúpidas e sem sentido… É por estas e por outras que cada vez gosto mais deste meio cantinho seguro, que para mim continua a ser um oásis neste mar que é a internet.

Que futuro este que o meu filhote vai ter de enfrentar com gente que nao sabe distinguir liberdade de expressão de falta de bom senso e discernimento… Gente sem noção que insulta profissionais da radio como foi o caso da locutora Joana Marques 

E com isto deixo-vos o conselho de um grande amigo:

 

Boa semana! 😉

About Matilde Ferreira