Tag Archives: Cancro

Clouds

Um filme emocionante baseado numa historia real.

Fiquei com vontade de ir a Lourdes, não pelo seu lado religioso mas por ser um sitio muito bonito no meio da Natureza. Ao contrario do que fizeram com Fatima, em Lourdes mantem a sua essência no meio da Natureza. Apenas construíram uma igreja lindíssima.

Clouds é baseado na historia de Zach Sobiech, inspirado no livro Fly a little Higher escrito por Laura Sobiech, mãe de Zack, que no filme é interpretado por Neve Campbell, devem lembrar-se dela da serie Adultos A Força. 🙂

Com um cancro terminal, Zach decide que não precisa de saber que esta a morrer para começar a viver, tendo como filosofia de vida para os seus últimos dias, fazer os outros felizes. Juntamente com a sua melhor amiga, Sammy Brown, criaram uma musica chamada Clouds que mal é colocada no Youtube se transforma num hit. Chegou a numero 1 num ápice e este ano quando o filme estreou no Disney Plus voltou ao top.

Deixo-vos com a musica:

I fell down, down, down
To this dark and lonely hole
There was no one there to care about me anymore
And I needed a way to climb and grab a hold of the edge
You were sitting there holding a ropeAnd we’ll go up, up, up
But I’ll fly a little higher
Go up in the clouds because the view’s a little nicer
Up here my dear
It won’t be long now, it won’t be long nowAnd when we get back on land
Well I’ll never get my chance
Be ready to live and it’ll be ripped right out of my hands and
Maybe someday we’ll take a little ride
We’ll go up, up, up and everything will be just fineWe’ll go up, up, up
But I’ll fly a little higher
Go up in the clouds because the view’s a little nicer
Up here my dear
It won’t be long now, it won’t be long nowIf only
I had a little bit more…

About Matilde Ferreira

After Life

Uma das melhores coisas dos últimos tempos do Netflix. Ricky Gervais é dos melhores seres humanos que eu conheço, aprendi a gostar ainda mais dele com os seus lives no Facebook às 6 da tarde com o seu gato. Que ternura.

After Life fala sobre um dos grandes males da Actualidade: Depressão. Com um humor leve e sensível, Ricky fala por todos nos que passámos por isso. Digo com um humor leve e sensível pois lembrei-me de certos ditos pseudo-humoristas que brincam com o cancro ou com o suicídio de uma forma dura e cruel. Falo de Rui Sinel de Cordes, lembrei-me dele na cena em que o pessoal do jornal onde Tony trabalha estão a assistir a um comediante num bar em que ele diz uma piada sobre suicídio, e o personagem principal diz que se tentou suicidar no dia anterior ou ha uns dias atras… Depois no dia seguinte, o cunhado de Tony passa-lhe um raspanete que ele não devia ter reagido assim, pois a piada não era sobre ele. Mas eu compreendo a personagem. Pode ate nem ser sobre nos, mas as pessoas tem de aprender a por-se no lugar dos outros, porque ninguém sabe porque situação a pessoa esta a passar…

Deixo-vos com quatro das minhas cenas preferidas da serie:

“A society grows great when old men plant trees in whose shade they know they shall never sit” – “Uma sociedade cresce muito quando homens idosos plantam árvores em cuja sombra eles sabem que nunca se sentarão”

“Happiness is amazing. It’s so amazing it doesn’t matter if it’s yours or not.” – “A felicidade é incrível. É tão incrível que não importa se é tua ou não.”

‘I think life is precious because you can’t watch it again….when you realise you are not going to be around forever, that’s what makes life so magical’ – “Eu acho que a vida é preciosa porque você não pode assistir de novo … quando você percebe que não vai estar por perto para sempre, é o que torna a vida tão mágica”

Se ainda não viram, do que estão a espera para o fazer? 😉 Eu ja estou à espera que a segunda temporada saia, uma vez que o Ricky Gervais ja anunciou que a vai fazer 🙂

About Matilde Ferreira

Maldito sejas! [BEDAS]

Quem se lembra?… Esta cena da novela Laços de Família com a Carolina Dieckman  tem  17 anos, mas lembro-me como se fosse hoje, eu tinha perdido a minha madrinha ha cerca de 3 anos para a leucemia, tinha perdido a minha tia, irma do meu pai, ha quase dez anos para um tumor no cérebro, em 2000 perdi o meu querido avo Ilídio para um cancro de pele, e há dois anos em 2015, perdi o meu pai para um cancro na bexiga… 🙁

A SOP Sindrome de Ovarios Policisticos foi-me diagnosticada quando tinha 18 anos, na altura eu ainda nao tinha acesso a internet mas fui muito bem esclarecida pela minha medica de família na altura; Ela basicamente disse-me que era uma doença cronica, sem cura e que se nao fosse controlada e vigiada poderia levar a cancro do útero, e claro que isso me assustou mas também me deu ainda mais forças para lutar contra a doença, apesar de na altura a única coisa que deram para ajudar a controlar a doença foi a pílula, coisa que so destabilizou o meu organismo durante mais de uma década mas sobre isso ja tenho falado muito por estas bandas.

E este ano foi a vez da actriz Filipa Areosa seguir o exemplo em Amor Maior

A pergunta que deixo aqui e… ate quando? Ate quando vamos continuar a assistir impotentes a mortes daqueles que nos sao mais queridos? Cuidem-se por favor, pois so temos esta vida e vamos fazer dela o melhor que sabemos ter e fazer.

About Matilde Ferreira