Restaurante Cais 20

Ola a todos,

Ora hoje e a minha vez de escrever aqui no Cantinho acerca das nossas recentes Ferias na Ilha de São Miguel, nos Açores, mais concretamente sob a forma de um review a um dos restaurantes que visitamos durante a nossa estadia, o Restaurante Cais 20 este restaurante era especialmente conveniente para nos, por ficava perto do sitio onde ficamos alojados, mas acima de tudo surpreendeu pelo atendimento e pela qualidade da comida.

Outro aspecto positivo foi o facto de o restaurante ter uma pequena area para as crianças brincarem, o que permitiu que o Louis convivesse um bocadinho com crianças da mesma idade, muito bem pensado da parte do restaurante. Outro aspecto muito positivo era a vista do restaurante que tem uma enorme janela com vista para o mar … simplesmente espetacular !

Gostamos tanto que la fomos 2 vezes 🙂

Entre as coisas que provamos gostávamos de destacar, as Lapas grelhadas, o arroz de tamboril,  o polvo grelhado, e os bifinhos de vitela (o Lu adorou), tudo usando produtos locais que nos deixam tantas saudades ! Ah e não esquecer a morcela com ananás, uma combinação estranha para nos mas que se revelou excelente!

Apenas de tudo, tenho um reparo a fazer, que não e culpa do restaurante em si, mas que acaba por afectar a nossa experiencia como clientes, como e muito movimentado o Restaurante e muito barulhento … mas tirando isso adoramos e voltávamos de novo de certeza.

Bem, espero tenham gostado e fica aqui a nossa recomendação, ah e se la forem não se esqueçam de provar as Lapas … dos Açores claro 😉

About Rui Moreira

Let’s Bake :)

Hoje é dia de Halloween e eu resolvi aproveitar as nossas abrobinhas para um fim mais  útil hehe 😀

Eu adoro tarte de abóbora 🙂 E gosto ainda mais de me entreter na cozinha. Sabe-me mesmo bem, numa tarde fria, acompanhar uma fatia de tarde com uma caneca de chá bem quentinho.

Usei esta receita  e apenas adicionei raspas de laranja. Fica com um gosto deliciosamente especial. 🙂

Sao servidos? 😉

 

 

About Matilde Ferreira

Levamos o Lu ao italiano…

E porque esta vida são dois dias e um ja vai na conta, num destes domingos levamos o Lu ao italiano pela primeira vez e não é que ele gostou a comprovar pelas fotos? 😉 Fomos ao Zizzi em Staines e ficamos fãs.  Mais um italiano para juntar a lista hehe 😀

Oh para ele todo entretido a escolher o menu e deliciado com o húmus de feijão 🙂 Hehe 🙂

Aqui a mãe optou por um mojito por recomendação do pai e uma pasta al forno da casa. 🙂 Estava mesmo muito bom 🙂

Vocês  não acreditar mas saímos de manha com um dia de sol e quando saímos do restaurante caiu uma tempestade de granizo e quando estávamos a chegar a casa, e o percurso só demora 20 minutos, estava sol novamente… como podem comprovar pelas fotos 🙂 são as 4 estações do ano num só dia ca na ilha 🙂

De manha 🙂
Ao chegar a casa… 

About Matilde Ferreira

Keto… quê?

 Mais uma vez pedi a opinião à minha vizinha e amiga nutricionista que foi de encontro ao que eu ja pensava sobre este assunto. Tenho visto muitas pessoas a aderirem a esta dieta sem saberem bem o que estão a fazer mas deixo-vos com as palavras de quem sabe melhor sobre o assunto:
“A dieta cetogénica, tal como a dieta de Atkins, não é mais do que outra moda (não tão recente como se possa pensar) e basea-se numa alimentação rica em gorduras e em proteínas e muito baixa em hidratos de carbono.
De facto, inicialmente, um indivíduo que comece a fazer esta dieta perde peso, mas também começa a ganhar outras coisas, nomeadamente corpos cetónicos no sangue (daí chamar-se dieta cetogénica), os quais (os corpos cetónicos) para além de serem tóxicos para o organismo, esta dieta por ser muito baixa em hidratos de carbono tens direito a dores de cabeça também. Espetáculo, certo? 
Já não basta termos o stress, a poluição e outros agentes prejudiciais à nossa saúde constantemente à nossa volta, vamos fazer um favor a nós próprios e levar à produção de substâncias tóxicas no organismo também. Basicamente, os corpos cetónicos são formados quando o fígado converte gorduras em ácidos gordos e corpos cetónicos, que podem ser usados para energia (normalmente seria a glicose a providenciar essa energia).
 
Como referi no início, esta dieta não é nenhuma novidade, já existe desde os anos 20 e se fosse assim tão boa já não haveriam obesos no planeta. 
No entanto, a dieta cetogénica tem as suas vantagens. Mas não para indivíduos “normais”. A dieta cetogénica é usada para ajudar a controlar a epilepsia em crianças e, de facto, tem efeito, pois reduz o número de ataques de epilepsia. Tirando isso, não tem interesse absolutamente nenhum.” por Barbara Martins.
Vejam as diferenças da Roda dos Alimentos ( antiga e nova) para a Pirâmide Cetogênica:
Mas agora as gorduras ja fazem bem?… Ah espera eles estao a substituir os carboidratos pelas gorduras . Hmmm.
Eu continuo a regular-me pela Roda dos Alimentos que foi reestruturada pelos nutricionistas portugueses em 2003.
E voces, ja tinham ouvido falar da dieta Keto?
Que tipo de alimentação fazem vocês?

About Matilde Ferreira

Alimentação Equilibrada|Organismo Regulado

Hoje, 16 de Outubro comemora-se o dia da Alimentação  mas devemos pensar de forma consciente na forma como nos alimentamos todos os dias.

Apesar de nao concordar muito com o que este senhor diz, ele um anti-vax, este video está muito bom e mostra-nos que nós somos o que comemos, e o que podemos encontrar nos alimentos.

Removam 6 alimentos para combater a inflamação 

 

1-Fritos

2- Os 3 Ps

3- Oleo vegetal

4- Pão branco

5- Leite de vaca

6- Alcool

Eu por mim falo, desde que deixei de beber leite de vaca (este só é necessário nos nossos primeiros anos de vida, agora não se ponham com tangas em dar leites alternativos aos vossos filhos- vejam o video abaixo) e comer pão branco (muita atenção ao glúten em excesso)  o metabolismo do meu organismo melhorou bastante. Ja para não falar nos alimentos fritos, desde que passei a utilizar mais o forno, passei a comer muito melhor 🙂 E álcool só socialmente. Quem disse que o meio termo não é bom? 😉

E recomendo verem este documentario da BBC que me deixou a pensar bastante. Quando vou ao supermercado noto que o que as pessoas mais compram é leite de vaca e pão branco. Não sei se por mau habito ou por necessidade. Só me leva a concluir de que o povo britânico não sabe comer… A começar pelo raio da mania de por leite no chã. Seriously? Eles estão a estragar uma das melhores heranças que nos portugueses lhes demos. 😛

E sabem porque nao tenho necessidade de ter microondas? Por causa dos 3 Ps. Sim, mais uma coisa em que os ingleses são viciados, Alimentos Processados, EmPacotados e Preparados (sim, em inglês fica melhor…) directos da prateleira para o microondas sem passar pela casa partida com um prazo de validade extra longo… Hoje em dia nem é preciso saber cozinhar 🙁 Que raio de mensagem estamos a passar para os nossos filhos? 🙁

É caso para dizer, comer ou não comer, eis a questão: Somos mesmo o que comemos, não há duvidas disso… E muito do que vivemos na infância reflecte-se na idade adulta. Bem falo por mim que em miúda era um pisco para comer e isso refletiu-se no meu metabolismo. De pequenino se torce o pepino é sem duvida o ditado qu mais se adequa a Alimentação. Vão por mim. Se nos habituarmos desde cedo a comermos de tudo, é meio caminho andado para termos uma vida mais saudável 🙂

E vejam só esta excelente iniciativa que a fertagus teve aqui ha uns tempos:

https://www.publico.pt/sociedade/noticia/desmaios-nos-comboios-levam-fertagus-a-lancar-campanha-para-passageiros-nao-viajarem-em-jejum-1747677

E voces ja tomaram a refeição mais importante do dia? 😉

About Matilde Ferreira