Category Archives: Artigo

Storyteller Dice| Mushrooms for Dinner

Hoje trago-vos mais uma pequena historia inspirada pelos dados contadores de historias. Espero que gostem ūüėČ

Today I bring You another little story inspired by storytelling dices.

Hope you all enjoy it ūüėČ

Imagem da minha autoria

Certo dia fui dar um passeio pelo campo e deixei-me levar pelo som das pegas. Elas levaram-me ate um sitio magico, cheio de cogumelos coloridos mas venenosos. Inconsciente, colhi alguns, pois decidi que seria esse o meu jantar. Cheguei a casa, salteei os cogumelos com espinafres, misturei ovos e fiz uma omelete. Abri uma garrafa de vinho e deliciei-me com o meu jantar. A dada altura comecei a sentir alucina√ß√Ķes, seria do vinho ou dos cogumelos?… Adormeci e no dia seguinte despertei do sonho, como se nada tivesse acontecido com uma sensa√ß√£o de satisfa√ß√£o boa mas com um gosto estranho na boca…

One day I went for a walk in the countryside and I was carried away by the sound of the magpies. They took me to a magical place, full of colorful but poisonous mushrooms. Unconsciously, I picked some because I decided that this would be my dinner. I got home, stir-fry the mushrooms with spinach, mixed eggs and made an omelet. I opened a bottle of wine and delighted my dinner. At one point I started to feel allucinations, would it be the wine or the mushrooms? … I fell asleep and the next day I woke up from the dream, as if nothing had happened with a feeling of good satisfaction but with a strange taste in my mouth …

O que acham que me aconteceu? Deixo ao vosso critério o desenlace desta historia.

What do you think that have happened with me? I leave up to you the end of this story. ūüėČ

About Matilde Ferreira

Faz agora um ano…

…no proximo dia 1 de Fevereiro que eu estava na sala de opera√ß√Ķes para me submeter √† minha segunda laparoscopia para remo√ß√£o de um cisto de 9 cms no meu ovario esquerdo. Aproveitei tambem para me introduzirem o SIU – Mirena coil.

Este testemunho da Lu Ferreira inspirou-me para escrever este post, pois identifiquei-me bastante com o que ela descreve, apesar de eu ter colocado um aparelho hormonal. os sintomas que ela refere eu também tenho tido desde o inicio, e tenho notado que grandes melhorias. Acho que gradualmente o meu organismo está a adaptar-se ao aparelho.

Ao fim de 3 ou 4 meses fui à minha medica de família para verificar se o aparelho continuava no sitio e sim, estava tudo bem. Ufa! Ainda bem que não aconteceu o mesmo que aconteceu com a Lu.

Não tenho medo de fazer outra operação, se tiver que ser, sei que é para o meu bem, ate porque quem tem cistos nos ovários tem de andar sempre em consultas de rotina para controlar a doença e saber se se esta tudo nos conformes.

Agora √© so esperar e ao fim de 5 anos com o aparelho ir a uma nova consulta para proceder √† sua substitui√ß√£o. At√© vamos vivendo um dia de cada vez e aguardar que o organismo e o aparelho estabilizem e fa√ßam as suas fun√ß√Ķes.

Ja tinham ouvido falar do DIU?

About Matilde Ferreira

P√°ra tudo!

Mau! Mas esta gente existe? Ent√£o n√£o √© que umas meninas resolveram meter salsa na vagina para induzir o per√≠odo? Parece que interpretaram mal este artigo da Marie Claire¬†¬†artigo¬†este¬†que¬†est√°¬†bastante¬†elucidativo,¬†faltando¬†apenas¬†dizer¬†que¬†a¬†canela¬†tamb√©m¬†√©¬†um¬†bom¬†dilatador¬†dos¬†vasos¬†sangu√≠neos¬†do¬†√ļtero,¬†falo¬†por¬†experiencia¬†pr√≥pria, pois quando o meu per√≠odo se atrasa e acreditem que n√£o estou gravida pois tenho dificuldade em ovular por causa dos cistos nos ov√°rios, mas adicionar canela as minhas papas de aveia mais ou menos duas semanas antes do per√≠odo vir funciona.

√Č o que eu digo, quanto mais informa√ß√£o existe… mais ignorantes as pessoas est√£o.

Imagem retirada do Google


Balha-me a santa que eu nao sei se ria ou se chore…

About Matilde Ferreira

Comentem voces…

Uma escola aqui do UK veio dizer que os meninos podem ter per√≠odo… Desculpem? Acreditem que eu dispenso bem ter o per√≠odo. Mas se a ideia √© alertar e informar, tudo bem. A menstrua√ß√£o n√£o pode ser encarada como um bicho de sete cabe√ßas. Se uma rapariga precisar de um penso ou tamp√£o n√£o deve ter vergonha em pedir, muito menos ser olhada de lado. Afinal de contas √© uma coisa super natural. Agora n√£o exponham as coisas desta forma, que os rapazes tamb√©m podem ter per√≠odo, porque isso sim, n√£o √© natural, a n√£o ser que ser trans… mas a√≠ ja n√£o √© uma crian√ßa, √© um adulto. Parem de complicar o obvio. Ok?… comentem voc√™s. ūüėČ

Image retirada da nternet

About Matilde Ferreira