Tag Archives: humanidade

O que aprendemos com…

…esta pandemia? Costuma-se dizer que é nos momentos difíceis que aprendemos a dar valor ao melhor da vida. Mas parece que a maioria das pessoas ainda não conseguiu atingir isto. Em vez de aproximar mais as pessoas, esta pandemia distanciou toda a gente… 🙁 Triste constatação. Não aprendemos nada com esta pandemia. Talvez seja por isso que não ha maneira de saírmos dela… 🙁

Parece que a Pandemia só serviu para mostrar o pior das pessoas. Muitas revelaram-se… infelizmente para mostrar o seu pior. 🙁

Mas calma nem tudo é mau. Felizmente aparecem pessoas que nos dão motivos para continuar a acreditar 🙂 No meio desta pandemia encontrei 3 pessoas nas redes sociais que me fazem continuar a ter esperança na humanidade 🙂 Um deles é português e é da minha cidade, Porto. De certeza que ja o devem ter visto pelas ruas da cidade 🙂

Eles são @lucaswithstranges @aurikatariina e @itssozer . Como disse o Lucas é português e após sofrer um assalto traumático que o levou a uma depressão, começou a ajudar e a arranjar formas de fazer as pessoas felizes nas ruas. O Samuel Weider aka itssozer faz o mesmo nos EUA. E a finlandesa Auri Katariina limpa casas a pessoas que precisam de borla 🙂 Eu adoro ver os videos dela no Youtube, relaxa-me tanto 🙂

Dedico este post à minha querida mãe que faria 69 anos hoje se estivesse entre nós. Ela foi e é um dos melhores seres humanos que ja passou por este planeta. Nao digo isto por ser minha mãe mas porque me deixou memórias, valores incríveis que sigo e seguirei até ao fim dos meus dias. O mundo precisa de mais pessoas como ela. Obrigada por tudo, mãe.

E vocês, o que aprenderam com a Pandemia? Concordam comigo?…

About Matilde Ferreira

Humanidade condenada?

Estaremos perto do fim desta pandemia? Gostava muito de acreditar nisto. Mas infelizmente sinto que esta pandemia é só o inicio e muitos mais vírus estarão para vir depois deste, infelizmente 🙁 . Já para não falar nas mutações dele. Esta é a forma da Natureza se defender das maldades da humanidade. Não a censuro. Chamem-me maluquinha com chamam à Greta mas eu continuo a dizer que enquanto a humanidade não tiver juízo e não tratar bem o planeta em que vivemos, nos vamos continuar a sofrer as consequências dos nossos actos. Por falar em Greta, recomendo que vejam o seu documentário A Year To Change. Esta miúda lembra-me muito da forma como eu pensava da idade dela, e ainda hoje penso, e ja la vão 20 anos, e ja nessa altura eu pensava como ela. E as coisas so pioraram desde então 🙁

Lembram-se deste post? Pois, eu detesto ter razão e em menos de quatro anos fico triste por as coisas só terem piorado. 🙁

Dizem as más línguas que se fosse graças ao uso da mascara o vírus ja não existia… Eu uso mascara desde 2010 por causa das alergias, e quando estou mais atacada só me sinto bem com a mascara. Sinto-me protegida. Eu não vejo problema nenhum em usar mascara. Sinto-me completamente à vontade em usar uma, ate chego a esquecer que a estou a usar. Não me sinto ovelha nem parte de nenhum rebanho.

O mesmo falo das vacinas, um dos assuntos mais falados aqui no meu Cantinho, como podem ver aqui, aqui, aqui e aqui, também não tenho problemas nenhuns com injeções, ate porque ja não sou uma criança. A serio que não entendo essa fobia com injeções, respeito mas não consigo entender. Nestes últimos anos ja perdi conta à quantidade de vezes que fiz analises sanguíneas e fui “furada” na barriga pelo meu Rui para os tratamentos de FIV para “fazer” o Louis.

Sabiam que doenças como o sarampo que estavam ate aqui controladas voltaram a aumentar tudo porque os pais deixaram de vacinar os filhos contra essas doenças? So eu é que vejo que está tudo relacionado?… 🙁 Será que esses pais preferem ver os filhos sofrerem do que ser responsáveis e confiarem na ciência?…

Esta imagem que vos deixo abaixo, lembrou-me da excelente serie da RTP1, Vento Norte, que nos fala precisamente da Pandemia da Gripe Espanhola passada no inicio do século passado. Uma das imagens que mais me deixou chocada foi a preparação das hóstias na igreja com as pessoas a tossirem para cima delas sem qualquer proteção e depois se verem as pessoas a tomarem as hóstias na missa e a tossirem umas para cima das outras… 🙁 Dá que pensar não dá?

Imagem retirada do Google – Pandemia de 1918

Deixo-vos com o trailer da serie…

About Matilde Ferreira

Mais um bom exemplo para…

…continuar a acreditar na humanidade 🙂

Com 5 anos e as pernas amputadas, Tony angariou mais de um milhão de euros para o hospital que lhe salvou a vida. O mote e o exemplo foram dados pelo centenário britânico Tom Moore que, graças às suas voltas ao jardim, apoiado por um andarilho, amealhou mais de 36 milhões de euros para o Serviço Nacional de Saúde britânico. Ainda em recém-nascido, Tony de ser submetido a várias cirurgias após os abusos que sofreu dos seus pais biológicos, o que resultou numa dupla amputação dos seus membros inferiores. Apesar do início de vida atribulado, a gratidão prevaleceu, e o menino quis mostrar-se agradecido pelo sítio onde foi tratado.

Sim, noticias como esta fazem-me continuar a acreditar que ainda existe esperança, apesar dos acontecimentos negativos desta semana desde a festa ilegal cá em Londres em que centenas de pessoas estúpidas, sem noção e bom senso agrediram policias (e alguém ainda disse que antes da policia aparecer estavam todos a curtir em paz… como se não estivéssemos em pandemia) , como se fossem superiores às regras, ou centenas de pessoas rumaram para as praias do sul do Reino Unido como se não estivéssemos numa pandemia

Imagem retirada do Instagram – milhares de pessoas nas praias de Bournemouth aqui no sul de Inglaterra

Peço desculpas estar a repetir tanto esta frase mas estas coisas fazem-me muita confusão 🙁 pois eu não me sinto nada segura, por mim e por todos, a saber que o covid-19 ainda anda por aí à solta…

About Matilde Ferreira

Lingua Universal…

Quando eu era pequenina queria muito aprender ingles para entender o que as pessoas que eu via na tv diziam. Dava por mim a ter conversas mentais comigo mesma, num “ingles inventado”. Senti-me realmente muito frustrada quando no fim da primaria, terem escolhido por mim o francês para o 1o ano do ciclo. Apesar de detestar a lingua francesa, fui aluna de 5s mas ainda hoje odeio falar a lingua, apesar de a perceber bastante bem. Já o ingles tudo o que sei é de ouvido e à minha mãe me ter oferecido um curso de correspondência CEAC. Uma das técnicas que mais usei, era não ler as legendas em português dos filmes e series. Na minha opinião, a lingua mais fácil e falada no mundo inteiro, ou a terceira, vá… (porque convenhamos que o chinês e o espanhol so estão à frente por questões populacionais) . É a lingua universal que deveria servir povos e não dividi-los… Ja repararam que para falar com turistas, por exemplo, em Portugal, falamos em ingles?

O meu ultimo emprego foi numa multinacional francesa e eu passava a maior parte do tempo a falar ingles do que português… ou francês. Incrível não? Tinha fornecedores holandeses com quem tinha a sorte de falar ingles, uma vez que infelizmente não pesco nada de neerlandês, com muita pena minha, pois gostava muito de aprender, e italiano. Por falar nisso, uma curiosidade, tive uma fornecedora italiana que quis aprender português pois tinha muito gosto e ainda hoje falo português com ela. Ah ela so se queixou que a nossa gramatica era muito difícil 🙂

O nosso Lu é o único português na creche mas tem muitos amiguinhos indianos que tal como ele estão habituados a falar uma lingua diferente em casa mas a lingua que os une é o ingles. Seria tudo tao mais fácil se todos entendessem as coisas desta forma tao simples e descomplicada 🙂

Imagem retirada do Google

About Matilde Ferreira