A Refeição| Storyteller Dices D’As Gavetas

Comer para viver ou viver para comer? 🙂 Eu faço parte do primeiro grupo, gosto muito de comer mas com regra. Mas ca em casa tenho dois comilões hehe. Sim, os meus 2 amores adoram comer. Comer e dormir. São tambem muito dorminhocos. Afinal de contas são o melhor que se pode fazer na vida certo, hehe 😀

Mas nem sempre é fácil saber o que fazer para o almoço ou jantar, mesmo como ementas programadas e tanta inspiração. Falta sempre alguma coisa, já para não falar do pequenote, que apesar de estar sempre pronto para comer, hoje gosta de uma coisa e amanha ja gosta de outra. É normal, está na idade das descobertas. O Lu agora anda na fase dos hidratos, mas come bem a sopa. Ja gostou de pepino, agora prefere tomates. Adora maças, “apples” como diz ele, e vai muitas vezes buscar à fruteira, depois de ir buscar a sua cadeirinha para chegar ao balcão.

Agora entendo a minha mãe quando ela não sabia o que fazer para o almoço ou jantar. O meu pai não era grande ajuda pois so sabia pedir batatas com bacalhau. Ja eu era muito esquisita e quando perguntava à minha me o que vamos comer, ela respondia-me sempre, cheia de stress: ” tonescos” e eu ficava ate a hora da refeição a pensar o que seriam tonescos.

Imagens da minha autoria

Como podem ver o Lu adora almoedas do IKEA, com esta massa espaguete de furinhos, tomate, ervilhas com massinhas e miolo de camarão, coelho assado com arroz branco, lasagna vegetariana e… o happy meal do MacDonalds, muito esporadicamente 🙂 E claro, sobremesa boa como o belo do pastel de nata, e a apple a meio da manha. 🙂

O pequeno-almoço continua a ser a principal refeição do dia. Ja reparei que o Lu sai ao pai, acorda com pouco apetite mas a meio da manha desperta-lhe a fomeca.

Normalmente ao almoço opto por fazer refeições mais substanciais, tanto para mim como par ao Lu, simples mas reconfortantes. Ultimamente ao jantar o Lu come uma sopa de legumes com carne ou peixe, massas ou arroz, bem substancial, e eu opto por algo mais ligeiro.

Imagem da minha autoria – um dos meus almoços preferidos: batata doce assada com ovos estrelados e espinafres salteados
Imagem da minha autoria – dos meus jantares simples e ligeiros – salada de tomate, palitos de cenoura com humus de grão de bico e cebola caramelizada e falafels
Imagem da minha autoria – Tem dias em que me apetece panquecas mistas de queijo e fiambre regadas com mel e polvilhadas com açúcar em pó

O que acharam das nossas refeições? 🙂

Quais sao as vossas refeições preferidas? 😉

About Matilde Ferreira

Uma serie impropria para…

… coração de mãe.

Estes miúdos, que hoje são homens feitos, são da minha geração. Enquanto eu vivi uma adolescência tranquila la na minha santa terrinha, a eles foi-lhes roubada essa fase da vida deles.

Vi esta serie com o meu coração em sobressalto. Imaginei-me no lugar daqueles miúdos, cujos sonhos foram roubados, e das suas famílias. das suas mães. É certo que todos eles tinham famílias disfuncionais, mas também foi a elas que foram buscar forças para não desistirem e continuarem a acreditar. Que coragem!

O mais incrível é que o verdadeiro violador foi parar à mesma prisão de um dos rapazes… por sinal o mais velho e o mais ingênuo, mais velho mas ainda sem ter 16 anos, idade maxima para ir para um prisão de adultos.

E cheguei à conclusão que a condenação deles só pode ter sido encomendada por gente muito poderosa que hoje governa o país…

O que mais admiro nestes rapazes é que não enveredaram por caminhos maus e hoje são homens de familia, responsáveis e contribuem de forma honesta para a sociedade.

About Matilde Ferreira

Obrigada, IKEA :)

Imagem da minha autoria

Apresento-vos um dos livros preferidos do Lu, e também um dos seus peluches, Viktor, o vampiro. 🙂 Ele adora esta historia, The Perfect Party e apesar de nao saber ler, inventa as historias dele através das imagens.

Um dia destes o pai estava a ler-lhe esta historia e ele foi buscar o vampiro Viktor. E colocou-o ao lado da imagem, foi tao giro 🙂

Conheciam esta historia? 🙂

Imagem da minha autoria – Lu há 1 ano quando escolheu o Viktor para levar para casa

About Matilde Ferreira

Progesterona, não obrigada!

Lembram-se deste post que escrevi no início do ano? Pois é, mais valia ter estado calada. Depois disso nada melhorou, muito pelo contrario. Parece que uma bruxa me viu… O aparelho deslocou-se e desde ai o meu organismo começou a rejeita-lo.

Imagem do Google

Os efeitos secundários da progesterona começaram a fazer-se sentir com tendência a piorar. Estou cansada. Hoje vou finalmente remover o aparelho. Estou num misto de ansiedade mas com pensamento positivo. Apesar dos pesares. Mas porquê é que as mulheres têm de sofrer tanto com estas coisas?

Chego à conclusão de que a progesterona só é mesmo boa para ajudar a fazer bebes.

Imagem retirada do Google

Escrevo este post depois de mais uma noite mal dormida com dores no baixo ventre. Agora só quero ver-me livre disto e que a consulta corra bem. Depois disso so quero descansar e aproveitar o tempo com a minha familia.

Aproveito também para vos dizer que os posts aqui no Cantinho vão passar a ser mais esporádicos em vez de diários, pelo menos nestes 2 meses do Verão. Espero que compreendam. Ate pode acontecer haver dias em que os faça seguidos, vou deixar-me levar ao sabor da maré. 🙂

Mas nem tudo é mau, relembro que a pagina do blog está quase a chegar aos 2000 likes e quando isso acontecer vai haver um passatempo com ofertas da minha loja 🙂

Deixo-vos uma questão: qual é o método contraceptivo ou regulador hormonal que vocês usam? 🙂

About Matilde Ferreira

Na continuação…

…deste post.

Porque eu ainda não desisti de salvar o nosso planeta pois é o único que temos. Porque nunca é demais relembrar. Porque se todos nos fizermos um pouco acabamos todos por fazer muito.

Imagem retirada do Instagram

*Conhecem alguém que tenha tirado uma foto em cima de um elefante, como esta pessoa?

*Sabem quantas vezes fui a jardins zoológicos em 42 anos de existência? 2. Uma quando tinha 10 anos, fui numa visita de estudo ao Jardim Zoológico de Lisboa com a minha turma, e a segunda foi quando cheguei ca a Londres e fomos ao ZSL , de resto não é coisa que nos interesse muito…

*Outra das coisas que também nunca gostei muito desde criança, era de ir a circos, sempre me fez muita confusão os animais enjaulados, ja para não falar que nunca achei muita piada a palhaços, para palhacinha ja basto eu hehe 😀

Algumas destas dicas ja mencionei no post anterior, mas nunca é demais relembrar.

Imagem retirada do Instagram

*Leve o seu almoço – quando trabalhava, desde o inicio a minha mãe criou-me o habito de levar marmita, isto ha 20 anos.

*Reutilize os seus sacos – Por aqui também aderimos aos sacos recicláveis e nao é de agora. Alias a minha mãe sempre usou sacos usados e tinha sacos de pano para ir ao pao.

*Compre marcas com ética – The BodyShop e Lush são das minhas marcas preferidas, e sustentáveis.

*Compre em segunda mão – sou cliente habitual das lojas de caridade aqui do Reino, e os artigos da minha loja são feitos com bijuterias dessas mesmas lojas.

*Conserte e *Tente reparar – duas coisas que herdei da minha mãe, e estou a fazer o mesmo na minha loja, faço brincos e marcadores de livros de bijuteria usada.

*Coma mais alimentos integrais sem pacotes – Um exemplo, desde que temos maquina de pão, deixamos de comprar pão na rua, e se compramos vamos ao Lidl que tem sacos de papel, mas mais um vez os sacos de pano da minha mãe eram bem necessários.

*Guarde os alimentos sem plástico – se ha coisa que eu não gosto, é de ver as frutas em plásticos no supermercado, a quantidade de plástico descer

*Opções recarregáveis e *Opções biodegradáveis

*Aprenda a compostar – tal como a minha mãe adorava andar no campo e plantar, também eu tenho esse bichinho e adoro andar com as mãos na terra 🙂 Gostava mesmo muito de ter uma hortinha, enquanto isso não acontece, tenho os meus vasos.

*Reutilizável nao descartável

Estas dicas estão também incluídas nestes 34 gestos amigos do Planeta 🙂 Sabiam que que este mes de Julho podem aderir ao movimento Julho sem plástico em plasticfreejuly.org ? Comecem por coisas simples como desligar a torneira da agua enquanto lavam os dentes, e por aqui também se tem consumido cada vez menos carne. Constatei que ja fazemos mais de 50% destes gestos e vocês?

Vamos seguir o exemplo dos verdadeiros animais?

Imagem retirada do Facebook

Para que o nosso futuro seja melhor do que a segunda imagem abaixo mostra…

Imagem retirada do Facebook

Deixo-vos com boas noticias 🙂

About Matilde Ferreira