Tag Archives: Portugal

Não consigo entender…

O pequeno Noah, de 2 anos e meio, desapareceu de sua casa, na passada quarta-feira de manha… Expliquem-me como deixam um bebé sair assim sozinho de casa, na companhia da sua cadela?… 🙁 Quando o Louis tinha esta idade eu ficava com o coração apertado de cada vez que ele fugia de mim, por isso optamos por comprar o arnês, foi um descanso, acreditem.

Todo o cuidado é pouco e temos de pensar em tudo. Quando eu era pequenina adorava andar à solta no terreno fechado dos meus avós. Havia a fossa, o poço, deixei muitas vezes a minha mãe de coração apertado, mas eu só estava bem no canto das framboesas de onde aparecia com a boca lambuzada e toda vermelha, ja tinha 4 anos porque com 2 a minha mãe nao me deixava andar à solta por ainda ser bebé…

O Noah apareceu, 33 horas depois… Depois de ter passado uma noite ao relento sujeito a ser atacado por algum bicho do mato… 🙁 Coisas com as quais nao se conta. O Noah só não deve ter caído ao rio, ou ate mesmo ser arrastado pela corrente por tal como a minha mãe me disse vezes sem conta para não me aproximar da fossa ou do poço, também ele deve ter ouvido o mesmo para ter cuidado com rio.

O Noah não é um super bebé. No meu parecer, ele como bebé que é, cansou-se depois de ter andado às voltas, pois deve ter-se perdido (afinal nao conhecia a zona tao bem como os pais dizem), ficou com soninho e com fome (essenciais do ser humano, não é verdade)… Tirou a fralda pois devia estar cheia e suja, e devia estar desconfortável 🙁 Tirou a roupa pois deve ter tido calor… e acabou por adormecer num cantinho que achou confortável. Com fome, ficamos sem forças daí terem demorado mais tempo sem darem por ele. Esta é a minha forma mais simples de tentar explicar as coisas…

Graças aos anjinhos e ao Universo, o Noah sobreviveu, o Noah escapou de ser atacado por algum animal do mato, como por exemplo um javali… 🙁

Espero que os pais tomem consciência da irresponsabilidade que tiveram e que partir de agora sejam mais vigilantes. Lembro-me como se fosse hoje de todas as noites o meu pai confirmar, duas ou três vezes, se o portão e as portas de nossa casa estavam trancadas. E hoje em dia o Rui faz o mesmo. Não é paranoia, é zelar pela nossa segurança. Eu tal como a familia do Noah vivia num meio pequeno, apesar de não ser tao isolado, lembro-me de andar muitas vezes a brincar sozinha na rua e hoje, digo que tive muita sorte por não ter sido por alguém mal-intencionado 🙁 E amem me lembro de ouvir a minha mãe sempre a chamar por mim e a mandar-me para casa…

Imagem retirada do JN – Noah com o pai depois de ter sido encontrado

Qual é vossa opinião sobre este caso? Acham que a familia do Noah deva ser sinalizada pelos serviços sociais?

About Matilde Ferreira

Portugal virou o Faroeste?…

Noutro dia em menos de 5 minutos recebi esta e e esta noticias do JN. Assustador! Onde pára o respeito pelas pessoas que cuidam de nos e nos protegem? Sim, falo tanto dos profissionais de saude como dos policias. Sem querer tenho de dar razao à Dra. Suzana Garcia. É assim tão difícil perceber que estas pessoas existem para o nosso bem? É assim tão difícil porem-se o lugar delas? É assim que faço no meu dia-a-dia, tento colocar-me sempre no lugar das pessoas com as quais me cruzo, sejam as educadoras da creche do meu filho ou a caixa do supermercado. Não custa assim tanto, pois não? E o mundo precisa tanto, não concordam?…

https://tviplayer.iol.pt/programa/voce-na-tv/53c6b3153004dc006243b077/video/5e146fc90cf2071930689e1e

Imagem retirada do Google

About Matilde Ferreira

Depois do bebe sem rosto…

…encontram um bebe no contentor do lixo. 🙁

Ao contrario da maioria não me sinto capaz para tecer qualquer tipo de opiniao, deixo-vos apenas com um texto carregado de verdades para lerem e reflectirem… porque me revi muito nele. :'(

ESTA CEGUEIRA QUE NÃO SARA
Da Sara sabe-se que tem 22 anos, que é de origem cabo-verdiana, diz-se que se prostituía, vivia na rua numa miséria total ali para os lados da Estação de Santa Apolónia. A Sara carregou no ventre uma criança durante nove meses. A Sara é invisível. Ou pelo menos durante nove meses a Sara foi invisível. Os elementos das equipas de apoio social não a viram. Os passageiros que circulam aos milhares em Santa Apolónia e nas imediações não a viram. Os habitantes de Lisboa não a viram. Ninguém a viu. Podemos ter-lhe passado os olhos por cima mas não a vimos realmente. Não a vimos porque somos cegos. Somos todos uns cegos, sofremos de uma cegueira suprema, aquela cegueira de que se padece quando não se quer ver, a tal que é a pior de todas as cegueiras na velha sabedoria do povo. A Sara pariu um menino a quem foi dado o nome de Salvador, na vaga esperança de salvarmos a nossa alma das culpas que todos temos de ter sido depositado num contentor de lixo. Toda a gente vê agora a Sara. O Presidente da República vê a Sara. A Embaixada de Cabo Verde vê a Sara. O sistema político vê a Sara. Os jornais vêem a Sara. Perdemos a cegueira perante a Sara e perdemos a vergonha na cara. Fazemos suposições, dizemos que jamais seríamos capazes, especulamos sobre a conjuntura que terá levado a Sara a deitar no lixo um recém-nascido, que pariu sozinha na rua, ali mesmo ao lado do Lux, uma das mil feiras de vaidades de Lisboa. Falamos disso tudo como se tivéssemos conhecimento de alguma coisa, como se fossemos alguém para julgar, como se tivéssemos direito a isso. Somos uma merda. Somos todos uma merda. Há centenas de Saras por aí, neste exacto momento em que chove e faz frio. Centenas de adolescentes e jovens adultas a viver em condições infra-humanas. E são todas invisíveis. Fugimos delas. Não tiramos os olhos dos nossos umbigos, não tiramos os olhos do telemóvel, não tiramos os olhos dos nossos problemas fúteis, não tiramos os olhos das redes sociais que nos distanciam da sociedade, da merda do Facebook onde escrevo este desabafo. Há tantas Saras que pedem ajuda com os olhos, de mão estendida, e nós não as vemos. E há tantos Salvadores por aí que nunca conheceremos. Não queremos conhecer. Fugimos, temos medo de ver a verdade, temos nojo do que fedem, temos pavor de os abordar. Deixamo-los de lado, à margem. Ficam para os outros, para aquela meia dúzia que ajuda os pobrezinhos e está tudo bem. A alma está limpa. E já há luzes de Natal. E vamos lá pensar nas prendas e em estoirar dinheiro.

Deixo-vos com a opinião da Dra. Suzana Garcia.

https://tvi.iol.pt/vocenatv/videos/suzana-garcia-pode-haver-um-homem-que-ontem-sem-saber-se-tornou-pai/5dc40fdb0cf24b90b3857682

E mais uma vez o problema está na sociedade actual… 🙁

Imagem retirada do Google

About Matilde Ferreira

Como assim?…

Expliquem-me como é que e pleno século XXI estas coisas acontecem? Bebe nasce sem rosto.

Eu estou chocada 🙁 Como é que um profissional de saude consegue ser tao incompetente nos tempos que correm? Não uma vez mas 7! Sim, pelos vistos ja contam 7 casos de negligencia, ah e a clinica onde estas gravidez foram acompanhadas ja nao é fiscalizada ha um ano! Como é que isso é possível?!. Ao longo da gestação são feitas 3 ecografias morfológicas, uma por trimestre. E no nosso caso conseguimos ver perfeitamente o narizinho do nosso Lu, foi um alivio tao grande quando nos disseram que ele estava bem, por isso não percebo qual foi a dificuldade do medico, mas enfim…Sera que este medico, se é que se pode chamar assim a este individuo pensou no sofrimento que ia causar a estes pais como disse aqui e bem a Dra Suzana Garcia?

Imagem da minha autoria – segunda ecografia do nosso Lu

Quem vai tirar o peso desta dor a estes pais? 🙁

About Matilde Ferreira

A Madonna fez birra.

Diz que a Madonna esta chateada e fez birra porque não a deixaram por um cavalo dentro de um Palácio em Sintra.

Mas será que esta gente não se toca? É certo e sabido que o bom senso nunca andou de mãos dadas com a cantora… mas caramba, não havia necessidade para tanto. Madonna sempre precisou de chamar a atenção por tudo e por nada mas agora saiu-lhe o tiro pela culatra.

Por mais pessoas como presidente da câmara de Sintra que pôs esta pessoa no devido lugar ao dizer-lhe que: “há coisas que o dinheiro não paga

Vai pela sombra, filha, que Portugal não precisa das tuas esmolas 😛

Imagem retirada do Google

E vocês, concordam com a resposta do presidente?

About Matilde Ferreira