Tag Archives: Portugal

CAMP30ES!

Cresci a ver o Porto vencer 🙂 E o meu filhote, que vai fazer 6 anos em Julho, ja conta com 3 campeonatos. É admirável vê-lo cantar o hino do Porto cheio de sentimento. Faz isto desde o primeiro ano de vida. Ainda me lembro quando lhe mostrei o hino do Poeto no YouTube, logo a seguir na playlist tinha os hinos do Sporting e do Benfica e dele clicar no stop do play para parar esses hinos. Ninguém o influenciou, ele apenas escolheu e sentiu 🙂 E a sua versão preferida do hino do Porto, é esta dos Blind Zero no programa dos Gato Fedorento:

Aprendi a dar valor às derrotas para apreciar melhor as vitorias, felizmente estas têm sido mais do que as primeiras. Se ha coisa que admiro na família portista é a sua humildade. Não nos fazemos mais que os outros. Sabemos esperar pelos momentos certos. 🙂 E foi preciso esperar que a Ditadura terminasse para sentirmos o sabor das vitorias, como dizia o meu querido avô.

Sao tantas as memórias que tenho de ver o nosso Porto a fazer festa. Uma das melhores foi de festejar a vitoria da Liga dos Campeões em 1987 abraçada ao meu querido pai, aos saltos 😀 Tenho também muitas memórias de festejar campeonatos no Estádio das Antas, são memórias que tenho no meu coração para a vida toda. Despedi-me do Vitor Baia no seu ultimo jogo nesse estádio antes dele abraçar a carreira internacional no Barcelona. E chorei de emoção.

Tenho muitas saudades de ir ao Dragão. Nos últimos tempos em Portugal tive o previlégio de festejar muitas vitorias nesse grande palco. E quero muito voltar para levar lá o Louis. 🙂

O F.C. do Porto é a prova viva de que vale a pena esperar para festejar 🙂

Muitos Parabéns a toda equipa e a toda a família portista 🙂

Venham mais 30!

About Matilde Ferreira

Tempo de Votar!

Exercer o nosso direito de voto nunca foi tao importante como nos dias que correm. Foi como muito orgulho que o fiz, através de voto postal, pois o meu estatuto de emigrante assim o permite. Quero também aproveitar este post para vos fazer um pedido: façam o mesmo, por favor. Como disse, é urgente que o façam. O País e o mundo atravessam uma crise politica de que não ha memória. Aqui no Reino Unido, o partido da direita, os Tories ja estão ha demasiado tempo no poder e as consequências estão a ser catastróficas para a economia do país, a começar pelo Brexit. Já no nosso país a falta de interesse das pessoas pela vida politica levou a uma grande falta de informação. As pessoas têm de começar a pensar que o Estado somos todos nós e que se temos de pagar impostos é para que serviços como a Saude e a Educação estejam ao alcance de todos sem excepção, e a funcionar nas devidas condições.

Estamos a 3 anos de celebrar 50 anos do 25 de Abril, o Dia da Liberdade, o momento da Historia de Portugal do qual tenho mais orgulho, por isso, caros compatriotas, não me desiludam e votem com consciência. 🙂

Dia 30 de Janeiro, saiam de casa, protegidos com máscara e dirijam-se à vossa mesa de voto. Tudo para o bem de todos de nós.

Ainda vamos a tempo de contrariar o que se passou no primeiro debate entre Catarina Martins do BE e o Dr “Cabeça de Geleia” do partido Chega, uma situação vergonhosa e embaraçosa para todos nós… Por favor, convençam os vossos familiares de que, apesar da politica ser uma coisa chata, é necessária, para o futuro de todos nós.

Imagem retirada do Instagram

About Matilde Ferreira

Natal em Familia

Haverá coisa melhor na vida dos emigrantes do que receber o nosso país em nossa casa? Ainda por cima quando essas pessoas fazem parte da nossa familia, do nosso coração. Um Natal um pouco mais normal e especial. Um bocadinho de Portugal 🇵🇹 aqui em Londres. Os meus manos estiveram cá. Os tios do Louis. 🙂 Finalmente! Conseguimos abraçar-nos. E foi tão bom. O melhor desta pandemia é mesmo a união com os nossos. Porque Casa é onde estão os nossos.

O melhor disto tudo são as memórias que se criam para mais tarde recordar. 🙂

Ja não estava com os meus irmãos ha 5 anos. A nossa mãe faleceu em plena pandemia e eu despedi-me dela por telefone mas sinto-a todos os dias no meu coração e isso da-me um conforto muito grande. ♥

Só faz falta quem faz por estar e cada vez dou mais valor a isto 🙂

Sinto-me grata e abençoada por estes momentos nossos ♡

Como foi o vosso Natal?

About Matilde Ferreira

Fátima

Quando fiz a comunhão solene recebi de presente da minha catequista o livro dos Três Pastorinhos. Li-o como se fosse um conto de fadas assim como depois mais tarde li a Bíblia. Não quero com isto dizer que as crianças tivessem mentido, ate porque as crianças não mentem. Na altura em que as aparições de Fatima aconteceram, viviam-se tempos de muita fome e miséria. As crianças eram subnutridas. Comia-se muito pão para enganar o estômago e as farinhas não eram tratadas como são hoje. Existia e ainda existe um fungus chamado ergot que produz um alcaloide chamado acido lisérgico que tambem faz parte da da composição básica do… LSD. Resumidamente, comer ergot faz-te “tripar”. Ergot também é utilizado nos abortos pois faz dilatar os vasos sanguíneos do utero.

Podem ver o que aconteceu numa pequena aldeia italiana onde o pão fez toda a gente alucinar

Ver as coisas explicadas pelo ponto de vista da ciência, faz mais sentido, não acham?

Quando as aparições aconteceram a Lucia tinha a minha idade na altura, 10 anos, em que li o livro sobre a vida dela e dos primos. Coloquei-me muitas vezes no lugar para ver se as coisas faziam mais sentido… E na minha cabeça nada me fazia sentido. Para mim, a mãe de Jesus estava morta e não podia aparecer assim do nada, a não ser que fosse um fantasma… Peço desculpas mas nestas coisas sou mesmo como Sao Tomé…

O que mais custa no meio desta historia, é que as crianças foram chamadas de mentirosas pela Igreja e ainda hoje esta continua a lucrar à custa dessa mesma historia que disseram que era mentira. Tão contraditório, não? …

Perdi a conta às vezes que fui a Fatima, todos os anos, em excursões com os meus pais. E por incrível que pareça nunca me senti completamente à vontade naquele lugar… Talvez isso explique muita coisa.

Curiosidade: sabiam que Fatima é um nome árabe? O Louis tem uma coleguinha com este nome.

Na minha opinião, o filme está excelente, mesmo sendo falado inteiramente em inglês, talvez seja isso que o torne tão especial. Conta com as interpretações de Lucia Moniz, Joaquim d’Almeida, Marco d’Almeida, Joana Ribeiro, Sonia Braga entre outros.

Qual é a vossa opinião sobre Fatima?

About Matilde Ferreira

Não consigo entender…

O pequeno Noah, de 2 anos e meio, desapareceu de sua casa, na passada quarta-feira de manha… Expliquem-me como deixam um bebé sair assim sozinho de casa, na companhia da sua cadela?… 🙁 Quando o Louis tinha esta idade eu ficava com o coração apertado de cada vez que ele fugia de mim, por isso optamos por comprar o arnês, foi um descanso, acreditem.

Todo o cuidado é pouco e temos de pensar em tudo. Quando eu era pequenina adorava andar à solta no terreno fechado dos meus avós. Havia a fossa, o poço, deixei muitas vezes a minha mãe de coração apertado, mas eu só estava bem no canto das framboesas de onde aparecia com a boca lambuzada e toda vermelha, ja tinha 4 anos porque com 2 a minha mãe nao me deixava andar à solta por ainda ser bebé…

O Noah apareceu, 33 horas depois… Depois de ter passado uma noite ao relento sujeito a ser atacado por algum bicho do mato… 🙁 Coisas com as quais nao se conta. O Noah só não deve ter caído ao rio, ou ate mesmo ser arrastado pela corrente por tal como a minha mãe me disse vezes sem conta para não me aproximar da fossa ou do poço, também ele deve ter ouvido o mesmo para ter cuidado com rio.

O Noah não é um super bebé. No meu parecer, ele como bebé que é, cansou-se depois de ter andado às voltas, pois deve ter-se perdido (afinal nao conhecia a zona tao bem como os pais dizem), ficou com soninho e com fome (essenciais do ser humano, não é verdade)… Tirou a fralda pois devia estar cheia e suja, e devia estar desconfortável 🙁 Tirou a roupa pois deve ter tido calor… e acabou por adormecer num cantinho que achou confortável. Com fome, ficamos sem forças daí terem demorado mais tempo sem darem por ele. Esta é a minha forma mais simples de tentar explicar as coisas…

Graças aos anjinhos e ao Universo, o Noah sobreviveu, o Noah escapou de ser atacado por algum animal do mato, como por exemplo um javali… 🙁

Espero que os pais tomem consciência da irresponsabilidade que tiveram e que partir de agora sejam mais vigilantes. Lembro-me como se fosse hoje de todas as noites o meu pai confirmar, duas ou três vezes, se o portão e as portas de nossa casa estavam trancadas. E hoje em dia o Rui faz o mesmo. Não é paranoia, é zelar pela nossa segurança. Eu tal como a familia do Noah vivia num meio pequeno, apesar de não ser tao isolado, lembro-me de andar muitas vezes a brincar sozinha na rua e hoje, digo que tive muita sorte por não ter sido por alguém mal-intencionado 🙁 E amem me lembro de ouvir a minha mãe sempre a chamar por mim e a mandar-me para casa…

Imagem retirada do JN – Noah com o pai depois de ter sido encontrado

Qual é vossa opinião sobre este caso? Acham que a familia do Noah deva ser sinalizada pelos serviços sociais?

About Matilde Ferreira