A song to… my love

Sempre que ouço esta musica apetece-me dedica-la ao meu amor 🙂

Sabiam que o Bono escreveu esta musica como forma de pedir desculpas à sua mulher, Allie, por ser ter portado mal?

My love she throws me like a rubber ball
Oh oh oh the sweetest thing
But she won’t catch me, or break my fall
Oh oh oh the sweetest thing
Baby’s got blue skies overhead
But in this I’m a rain cloud
You know she likes a dry kind of love
Oh oh oh the sweetest thing
I’m losing you
Oh oh oh, I’m losing you yeah
Ain’t love the sweetest thing
The sweetest thing
I wanted to run, she made me crawl
Oh oh oh the sweetest thing
Eternal fire, she turned me to straw
Oh oh oh the sweetest thing
You know I got black eyes
Buy they burn so brightly for her
Mine is a blind kind of love
Oh oh oh the sweetest thing
I’m loosing
Blue eyed boy meets a brown-eyed girl
Oh oh oh the sweetest thing
You can sew it up
But you still see the tear
Oh oh oh the sweetest thing
Baby’s got blue skies overhead
But in this I’m a rain cloud
You know we got a stormy kind of love
Oh oh oh the sweetest thing
Haverá declaração de amor mais linda hehe 😉
Rui queres namorar comigo ate sermos velhinhos?
Nao desistas de mim como eu não desisti de ti 🙂
E foi aqui neste sitio que aceitei o teu pedido, foi aqui
Que me conquistaste com o teu olhar cheio de ternura
Havemos de voltar aqui muitas vezes ate sermos bem velhinhos
Fica prometido… 🙂

 

Foto retirada do Facebook, Sr da Pedra, Miramar

Bom domingo e sejam felizes 🙂

About Matilde Ferreira

Os U2 e os irlandeses… Beda 4#

Sarm West Studios, London, September 2014

A propósito desta noticia do jornal britanico The Guardian, em que falam que os irlandeses odeiam o Bono Vox,  lembrei-me de uma historia que uma colega irlandesa do meu Rui lhe contou e so vem subir ainda mais a consideração que eu tenho no Paul David Hewson aka Bono Vox. Ah e este artigo vem desmentir e explicar a noticia do jornal britanico.

Certo dia a professora, que era tipo uma freira,  da amiga irlandesa do Rui encontrou um individuo a vaguear na praia vestido de roupas simples e aspecto “vagabundo”. Convidou para ir tomar um cha, ao que este aceitou educadamente. Estiveram a conversa, mais numa da professora lhe passar um sermão e missa cantada e na hora em que esta lhe ia oferecer dinheiro, o sujeito revelou-se dizendo que nao precisava pois era o Bono Vox. Este agradeceu o lanche e a simpatia, despediu-se e foi a vida dele. 

E com isto este grande senhor subiu ainda mais na minha consideração.

Moral da historia: Nunca julguem alguém pelo aspecto. 😉

 

About Matilde Ferreira