Category Archives: Actualidade

Quando eu era pequenina…

…adorava andar a correr e a explorar o terreno dos meus avos. Não era muito grande, mas tina muitos esconderijos e por vezes deixava a minha mãe e avos aflitos. A minha mãe avisava-me sempre para eu não ir para o pé da fossa e do poço e eu ganhei de tal forma medo aqueles dois sítios que nunca ia para o pe deles. Ia sim, para o meu esconderijo secreto junto as framboesas e depois aparecia ao pe deles com os lábios todos lambuzados.

O que aconteceu ao menino de 2 anos, Julen, trouxe-me estas memórias. Não quero imaginar o sofrimento daqueles pais. Perder um filho deve ser horrível, agora perder 2, caramba. deve ser do pior 🙁

Este fim de semana fomos ao shopping e o Lu só queria ir para as escadas rolantes e elevadores. Imaginem se eu não estivesse atenta… Fiquei ofegante mas não descuidei por um segundo do meu filho. Não quero com isto criticar ninguém, longe de mim, só quero chamar a atenção de todos os pais para terem cuidado com os vossos filhos, pois não é fácil mas se estivermos atentos, ajuda bastante. Por muito cansados que andemos, eles estão sempre em primeiro nestas situações.

(…E o que me deixa mais triste é que ja divulgaram que o menino estava debaixo de um monte de terra… coisa que não existe num poço…)

Imagens retiradas da internet

About Matilde Ferreira

Pára tudo!

Mau! Mas esta gente existe? Então não é que umas meninas resolveram meter salsa na vagina para induzir o período? Parece que interpretaram mal este artigo da Marie Claire  artigo este que está bastante elucidativo, faltando apenas dizer que a canela também é um bom dilatador dos vasos sanguíneos do útero, falo por experiencia própria, pois quando o meu período se atrasa e acreditem que não estou gravida pois tenho dificuldade em ovular por causa dos cistos nos ovários, mas adicionar canela as minhas papas de aveia mais ou menos duas semanas antes do período vir funciona.

É o que eu digo, quanto mais informação existe… mais ignorantes as pessoas estão.

Imagem retirada do Google


Balha-me a santa que eu nao sei se ria ou se chore…

About Matilde Ferreira

Actual.

Esta imagem descreve na perfeição a situação actual dos governos e dos povos do Mundo.

A Humanidade precisa de mais bom senso na hora de escolher os seus governantes. Mais informação, menos fake news. A humanidade precisa de Educação. A todos os níveis. Uma pessoa instruída, é uma pessoa com descernimento e interessada. Abram os olhos, antes que seja tarde demais.

Imagem retirada da internet

O que voces acham disto?

Tenham uma boa semana 😉

About Matilde Ferreira

BirdBox

Confesso que este filme superou as minhas expectativas. E ja tinha saudades de ver Sandra Bullock no grande ecrã. Vi este filme sem grandes expectativas e confesso que gostei mesmo muito.

Bird Box é um filme thriller pós-apocalíptico americano de 2018, dirigido por Susanne Bier, escrito por Eric Heisserer e baseado no livro homônimo de 2014 de Josh Malerman.

E este video de opinião e este artigo vem de encontro à conclusão que eu tirei da mensagem do filme:

Sim, o filme fala sobre o grande mal deste século: a Depressão. E ando do Apocalipse como como muitas pessoas disseram. Talvez esteja tudo interligado. A Depressão esta a matar cada vez mais pessoas a cada dia que passa. As pessoas andam cada vez mais cansadas, esgotadas e exaustas. Sem motivações para nada.

As criaturas são os medos das pessoas que usam entes queridos delas, que já partiram para se manifestarem e as levarem a auto-flagelarem-se e a cometerem suicídio.

Não considero este filme de terror, mas sim um drama de suspense. Comovi-me bastante com as crianças que revelaram muito sangue frio e um espirito de sobrevivência muito grande. Verdadeiros pequenos heróis.

Tenho pena que maioria das pessoas estejam a tentar imitar as cenas do filme em vez de entenderem a sua mensagem… Não entendo porque fazem isso. Para provar o quê?

Imagem retirada da internet com frase da minha autoria


About Matilde Ferreira

Deixem-se de coisas…

Confesso que estou um pouco farta de ouvir falar destes conflitos nas tvs portuguesas. Não gosto de guerras muito menos de audiências. Deixei de seguir a Cristina Ferreira e a Rita Pereira porque não me identifico com este tipo de mulheres. Sou mulher mas acima de tudo sou real e natural sem quaisquer tipo de adições. Mas respeito quem as segue. Acho que ja cansa tanta imposição. Por um mundo com mais pessoas reais e menos influencers da treta.

Imagens retiradas da internet

Tenho saudades do Goucha na Praça da Alegria. Que senhor. E continua a se-lo. Gosto de o ver com a Maria Cerqueira Gomes. Esta sim uma Mulher com M grande. Sabe estar. Tem presença. Não precisa de levantar a voz para se fazer ouvir.

Quanto à Cristina acho que ela se está a esquecer de uma coisa: Reconhecimento e Gratidão. Se não fosse o Manuel Luis Goucha ela hoje não era ninguém. Devo relembrar que estes conflitos começaram por causa das polemicas que ela escreveu no livro. Lembro-me bem que estive com esse livro na mão ha 2 anos no Continente Bom Dia da Prelada a desfolha-lo e não me convenceu… e o meu feeling estava certo. Eu ja sofri de assedio sexual no trabalho e não infância e não tive este tipo de reação… tão descabido. Desculpem. Eu sei que não somos todas iguais mas eu não fui educada a ter o tipo de palavreado que a Sra Dona Cristina utilizou no livro para explicar a situação em que se viu envolvida. Menos… muito menos… acho que não havia necessidade para tanto. Eu não preciso que falem por mim. Eu sei defender-me muito bem, assim como me defendi ao longo destes anos de familiares, de patrões. Acreditem que passei muito. Mas hoje sinto orgulho de ter conseguido dar a volta por cima sem ter recorrido a psicólogos nem me ter feito de vitima. Nem senti a necessidade de ser o centro das atenções. Não precisei de usar situações menos boas para ganhar protagonismo.

imagem retirada da internet

Pela minha experiencia profissional, no meu entender, a Cristina foi convidada a sair da TVI, podem acreditar no que quiserem e quanto ao seu ordenado na SIC desenganem-se que seja mais do o do patrão… é tudo para inglês ver, e criar polemicas para dar audiências, vão por mim que não nasci ontem e ja vi de tudo 🙂

Atenção que não quero dizer com isto que estes casos não devam ser denunciados! Devem ser sim, nos lugares de direito e jamais devem ser usados para beneficio próprio como eu acho que foi o caso.

E Manuel Luis Goucha parece que me ouviu ao dizer isto ao minuto 1:09:

So mais uma coisinha tipo recado para Cristina Ferreira: em vez de escrever livros “para aprender inglês” mais uma vez para inglês ver, acho que agora deveria apostar num curso de jornalismo à seria 😉 Fica a dica!

E ate Herman Jose ja comentou quanto à falta de originalidade do novo programa de CF:


Este post não pretende ferir susceptibilidades e serve apenas para dar a minha opinião 😉 Amigos amigos…opiniões à parte, mas sempre com respeito 🙂

Nota-se muito que sou #teamgoucha #mariamanel 😛 😀

About Matilde Ferreira