Tag Archives: Leituras

World Book Day 2022

Ontem celebrou-se o Dia Mundial do Livro aqui no Reino Unido, como é tradição todos os anos na primeira quinta-feira do mês de Março. E porque livros nunca são demais, por aqui não podíamos deixar de celebrar esta data. 🙂 Ja por aqui falei o quanto gostamos de ler e não dispensamos as leituras nas nossas rotinas. 🙂

A escola do Louis festejou hoje a data, julgo que deve ter havido algum engano no calendário pois devem ter mantido a mesma do ano passado mas nao faz mal pois hoje ate é sexta-feira e até calha bem.

O Louis foi todo contente com o seu fato de dinossauro combinado com a gravata e cachecol do Harry Potter, tudo escolhas dele 🙂 Diz ele que era um Doctor Dinossaur 🙂 Fomos pesquisar e essa personagem existe mesmo e pertence aos Marretas 🙂 O que importa é que ele seja feliz 🙂

As fotografias falam por si 🙂

E claro, que eu não podia deixar de adquirir algumas pechinchas como tento fazer todos os anos. Encontrei livros a 50 centavos e a 1£ no WHSmith e no supermercado ASDA 🙂 O Louis quis oferecer um ao seu melhor amigo que adora dinossauros. Conseguem adivinhar qual é?

Este fim de semana, fomos a Windsor comer um gelado e ver os cisnes da Rainha, e aproveitamos para ir a uma das lojas preferidas do Louis, Daniel Windsor, e encontramos um livro ilustrado por Axel Scheffler, o conhecido ilustrador dos livros da Julia Donaldson, e o que nos chamou a atenção é que a personagem principal deste livro faz parte das nossas brincadeiras cá em casa ha bastante tempo, falamos do Tickle Monster ( O Monstro das Cócegas)… ele há coincidências mesmo engraçadas 😀

Deixo-vos com duas sugestões minhas, Voices of Chernobyl de Svetlana Alexievich e When Hitler Stole Pink Rabbit de Judith Kerr, na minha opinião muito actuais, por toda esta situação que se está a viver sobre a Guerra da Russia e Ucrânia, e que nos provam que a Historia existe para não se repetir… por este motivo é que livros como estes sao tao necessários para nos mantermos bem informados. 🙂

Não percam o Dia do Livro Português no proximo dia 26 de Março.

About Matilde Ferreira

Sobre…

Ler. Ler faz bem. Quanto mais lemos mais informados ficamos. Ler alimenta a alma. Ler acalma. Ler abre horizontes. A melhor altura do dia é a hora da historia. Desde sempre. Agora, ora leio eu, ora lê ele. E é tão bom criar estas memórias.

Quando vim para Londres fiquei contente por haver mais pessoas como eu a ler nos transportes públicos. Em Portugal, cheguei a sentir-me um alien chegando até a ser olhada de lado e gozada por andar sempre com um livro na mão. Sim, acreditem, havia um motorista que me gozava quando eu entrava na camioneta com um livro na mão. Qual é o problema? Eu não ligava pois a minha realidade era muito melhor 🙂 Era e continua a ser assim que me sinto bem.

Não importa a quantidade que se lê, o importante é que se o faça. Pôr o telemóvel de lado e relaxar, é tão bom, sabe muito bem. Quanto mais não seja para parar um pouco, já basta o stress diário dos dias que correm. Deixem-se levar pelas paginas de um livro, deixem-se levar pelas historias que nos transportam para outras realidades. Quanto mais lemos, menos hipóteses existem de a História se repetir porque ficamos mais atentos. Aprendemos tanto.

Outra das coisas pelas quais fiquei muito contente quando cheguei a Londres foi de ver que os preços dos livros são mesmo muito acessíveis. Tenho comprado muitos livros para o Louis a preços da chuva 🙂 Ainda na semana passada comprei 10 livros de historias por… 10£, ou seja ficaram a 1£ cada 🙂 Maravilha!

E quando ele ja não precisa deles, doamos a caridades para fazer outras crianças felizes.

Quanto mais lemos mais vontade temos de escrever e registar o que sentimos e pensamos. Ler ajuda tanto na imaginação e criatividade.

Fico triste quando vejo as pessoas dizerem que os livros são caros e não gostam de termas depois compram telemóveis topos de gama e de ultima geração… Prioridades!

Meus queridos, sabiam que existem sítios onde podem ler de forma gratuita, que se chama bibliotecas? Só precisam de pousar o telemóvel e deixarem de ser alienados, ou então podem ser aliens por entre as historias que os livros contam 🙂 Tão bom!

Os benefícios de ler são tantos que chegam a ser ilimitados 🙂 Para além de ser um bom exercício mental pois não deixa que a nossa mente estagne, dá-nos a possibilidade de criar através da escrita.

Ah e se não quiserem ler, podem sempre “ouvir” através de audibooks, eu sou fã e acho muito pratico porque nos dá a possibilidades de fazer varias coisas ao mesmo tempo, como por exemplo as tarefas domesticas, é perfeito para a vida de mãe pois ganhamos mais autonomia e ficamos mais polivalentes 🙂

Portanto, não há desculpas para não se querer ler, há é falta de vontade e de estimulo…

Tirem as vossas conclusões sobre estas duas imagens/ artigos.

About Matilde Ferreira

Dia Mundial do Livro no Reino Unido

Celebra-se hoje aqui no Reino Unido o Dia Mundial do Livro. Neste dia as escolas costumam organizar actividades muito giras mas este ano por razōes obvias isso não vai ser possível.

Estas so as historias preferidas do momento do Louis, ele adormece e acorda a falar nelas. Sao as historias do guarda do parque, Percy the Park keeper, e dos animais do parque, da autoria de Nick Butterworth.

Este ano o Louis quis vestir-se de Percy, fez duas pinturas muito giras sobre as historias “the best tree house ever” disse ele e tambem começamos o dia a ler todas as historias, e ainda teve a assistência de todos os animais amigos 🙂 Foi uma bela forma de começar o dia, não acham? 😉

Como costumam celebrar o vosso dia do livro? 🙂

About Matilde Ferreira

Silencio!

Façam uma pausa para reflectir. Qual é o nosso papel neste mundo?

Sei bem qual é o meu: Aprender, Conhecer, Saber. Deixar marcas positivas nos outros. Ja aqui disse muitas vezes que quero aprender ate morrer, pois o saber não ocupa lugar.

E quando não temos nada para dizer, a melhor solução é pegar num livro e le-lo. Sabiam que é isso o que o Louis faz? Tao pequenino e ja nos ensina tanto.

Imagem da minha autoria
Louis a ler 🙂

Quando lemos ganhamos a capacidade de entender os outros, e o mundo que nos rodeia. O Louis pode ainda não saber ler por ele, mas ja tem a capacidade de memorizar as historias que lhe lemos e muitas vezes dou por ele com um livro na mão a contar a historia que ouviu através das imagens.

Se mais pessoas lessem e pegassem em livros, o mundo não estava o caos que vemos hoje em dia… 🙁

E talvez pudéssemos enxergar os outros aos olhos de uma criança 🙂

Este menino fez-me lembrar o nosso Louis 🙂 Sabiam que os melhores amigos dele na creche são o Gurvansh, indiano e o Anor, muçulmano?

Uma vez tive uma conversa com a mãe do Anor em que ela desabafou dizendo que gostava que as crianças não perdessem a inocência da idade da creche… pois o irmão mais velho do Anor que anda na mesma escola mas no 3o ano é posto de parte pelos colegas so porque tem uma opinião diferente da deles… Por ele não saia da sala de aula e não gosta de ir à escola por causa da pausa para o recreio. Corta-me o coração, vê-lo sempre num canto quando vou levar o Louis à creche… 🙁 Eu era tal e qual e temo que o Louis também seja assim… Parece que quando começamos a crescer e a ter mais noção da realidade, a maioria dos humanos tem tendencia a perder a inocência. Coisa que eu não quero perder ate ser bem velhinha…

View this post on Instagram

🔁@oprahmagazine

A post shared by VIOLA DAVIS (@violadavis) on

Deixo-vos uma sugestão de leitura apropriada para os tempos que correm. Harriet Tubman, A Journey for Freedom, não sei se existe em português mas podem encontrar outros livros dela na Wook e na Fnac. Se mais pessoas entendessem o papel da comunidade negra na sociedade, talvez esta fosse mais valorizada. Pensem nisso!

Imagem da minha autoria

About Matilde Ferreira

World Book Day 2020

Como assim ja se passou um ano desde este post? O World Book Day é amanha e este vai ser muito especial pois o Louis vai celebra-la na creche. 🙂

Conseguem adivinhar qual a personagem que o Louis vai vestir?

Sim, vamos ter um pequeno Carteiro Pat a distribuir sorrisos por todo o lado. 🙂 Acreditem, mal ele viu a fantasia do Postman Pat, ele quis logo vesti-la e tem sido assim nos últimos dias ca em casa 🙂

De pequenino se torce o pepino, segundo costuma dizer e aplica-se ao Louis, que quase todas as noites, quando esta menos cansado das actividades e da agitação da creche, pede para ler duas historias. Ultimamente as suas preferidas são The Stickman e The Very Hungry Caterpillar qua pesar de ainda não saber ler ja as sabe de cor, by heart. 🙂

E este ano também não foi diferente, cada um destes livros custou entre 1£ e 0.50£, uma pechincha não acham? 🙂 Tantas histórias para contar ao Louis e para um dia ele ler.

About Matilde Ferreira