Tag Archives: Deolinda

Um dueto…

… espectacular. Eu adoro estes dois. Ja tive o prazer de os ver ao vivo. Vi Ana Bacalhau duas vezes, a primeira em 2006 na Queima das Fitas, juntamente com os Deolinda e adorei. E a segunda, em 2011, bem próximo da minha casa de Gaia, na Serra do Pilar e vibrei ainda mais. Adorei ver a Ana a rockalhar vestida com uma blusa de couro vermelho. Quanto ao Miguel Araujo tive o privilegio de o ver no espetáculo “Como desenhar Mulheres, Motas e Cavalos” juntamente com Nuno Markl, em meados de 2012. Maravilha! Tenho tantas fotos para recordar esses momentos preciosos.

Mais que uma rosa
Mais que um perfume
Dou-te uma cena de Ciúme
Faço prova aparatosa
Do meu amor por tiDe peito aberto
Cabeça ao lume
Mostro-te as minhas feridas de guerra
Gentileza que o peito descerra
Aceita o meu ciúmeÀ vista de todos por cortesia
Salta-me a tampa
Vou ao teto
Como quem cede um afeto
Em plena luz do diaCiúme que não sai do peito
É espinho que corta a direito
E queima como sal
A ferida onde fermenta todo o malPodes soltar aos quatro ventos
Podes não contar a ninguém
Mas toma conta dos meus tormentos
Como um presente de quem te quer bemGuarda esta birra de menina
Aceita a minha gentileza
Guarda com uma certeza
De haver quem te queira assim

About Matilde Ferreira

A Minha Primeira Queima

Posso nao ter frequentado a faculdade mas ainda tive o direito de ir a uma Queima com o meu mais que tudo hehe 🙂 E diverti-me mesmo muito 🙂 Corria o ano de 2006… xiiii ha tanto tempo, estou mesmo cota 😀 😛  e fomos ver num dia Deolinda e no outro Blasted Mechanism, duas bandas que adoro ver ao vivo, e tenho muitas saudades de voltar a ver. Vi-os nesta queima e depois voltei a ver, os Deolinda, bem próximo da minha antiga casa em Portugal, no átrio do Mosteiro da Serra do Pilar, e os Blasted em Espinho nas festas da cidade.

Esta mulher, Ana Bacalhau, ao vivo é um espetáculo, adoro-a, tem uma força da natureza brutal. ( Não encontrei videos de 2006 mas estes ja dão uma ideia do espirito vivido 🙂

Concerto gratuito dos Deolinda na Serra do Pilar em Julho de 2011

Olha a banda filarmónica,
a tocar na minha rua.
Vai na banda o meu amor
a soprar a sua tuba.
Ele já tocou trombone,
clarinete e ferrinhos,
só lhe falta o meu nome
suspirado aos meus ouvidos.

Toda a gente – fon-fon-fon-fon –
só desdizem o que eu digo:
“…Que a tuba – fon-fon-fon-fon –
tem tão pouco romantismo…”
Mas ele toca – fon-fon-fon-fon –
e o meu coração rendido
só responde – fon-fon-fon-fon –
com ternura e carinho…

Blasted Mechanism na Fnac de Sta Catarina em 2011

The end of pain is near
All legions collapsed on fear
The end of trade is near
They’re gonna make us collapse on fear
The end of dark is near
Two thousand galaxyc years
The end of men is near
They leave us collapse on fear…

E ainda houve tempo para uma situação no mínimo constrangedora, eis que de repente no meio do recinto da Queima surge a ex-namorada do meu Rui, e esta ja meio tocada pelo álcool, o abraça de tal forma que tanto ele como eu ficamos sem reação, tipo… wtf mesmo! 😀

E voces que recordaçōes têm das vossas Queimas das Fitas?

 

 

About Matilde Ferreira