Tag Archives: Help

Experiencias no Hospital

Fazer o bem… sem olhar a quem.

Uma das minhas “vizinhas” no hospital entrou no mesmo dia que eu, era uma senhora indiana de 79 anos, operada a um cancro na barriga, extraído com sucesso. Lembro-me de que a filha estava estressada por causa do parque de estacionamento só ter 20 minutos gratis. Achei aquilo muito confuso mas lá lhe disse para ir descansada que ei ficava com a mãe à espera da enfermeira que não demorou mais de 5 minutos a vir. Às vezes as pressas não ajudam em nada. A operação da senhora foi um sucesso, os medicos conseguiram remover o cancro mas ela não estava a fazer pela vida. Só queria dormir, não conseguia comer e até a agua a fazia vomitar.

Uma das recomendações dos medicos e enfermeiros é fazer exercícios de respiração para evitar infeções pulmonares. Se tivessem dito isso ao meu pai em Portugal, talvez ele a esta hora ainda estivesse vivo e não tivesse contraído uma infeção hospitalar.

Mas voltemos à minha vizinha 🙂 No sábado à noite, quando eu me preparava para mais uma voltinha ao wc, perguntei-lhe se queria vir comigo, quase sem esperanças, após muita insistência nos últimos dias, ao que para surpresa minha e da outra senhora que estava no nosso quarto, ela disse que sim. Fiquei toda contente e ajudei-a a calçar-se, com alguma dificuldade, pois custava-me baixar por causa dos pontos, e lá fomos nós. Mas eis que as enfermeiras apareceram, agradecendo o gesto mas alertaram-nos para não fazermos isso sozinhas, correndo o risco de tropeçarmos uma na outra. Mas acreditem que valeu a pena e fiquei de coração cheio por poder contribuir um pouco para a recuperação da senhora. Ela ficou toda contente por se ver ao espelho e chegou a pedir às enfermeiras uma escova para pentear o cabelo, após se ter visto ao espelho na casa de banho.

São mesmo as pequenas coisas que nos fazem bem à alma 🙂

Ela devia sair domingo comigo, mas passou o dia a dormir… e eu sai do hospital preocupada com ela… espero que ela tenha ficado bem.

About Matilde Ferreira

Vamos ajudar a Matilde?

Não, não sou eu. 🙂

A Matilde é uma bebe de apenas 2 meses sofre de atrofia muscular espinhal de tipo I, a forma mais grave da doença. O medicamento, Zolgensma, só existe nos EUA.

Esta menina, lembrou-me que, apesar de não ter sido tão grave, eu nasci com lábio leporino ha 42 anos atras, fui operada aos 9 meses, tive mais sorte mas recordo bem da minha Mae falar que sofreu muito com a minha estadia no hospital. Não quero imaginar a impotência que estes pais estão a sentir, sabendo que existe um medicamento que pode curar a sua filhota mas que está do outro lado do oceano e que custa 2,1 milhões de dólares… E esta a parte que mais me revolta. Como é possível um medicamento que pode salvar vidas de crianças, custar tanto? :'(

Quem quiser ajudar a Matilde pode ver mais informações na sua pagina de apoio do Facebook.

Image may contain: 1 person
Imagem do Facebook

About Matilde Ferreira