A Minha Primeira Queima

Posso nao ter frequentado a faculdade mas ainda tive o direito de ir a uma Queima com o meu mais que tudo hehe ūüôā E diverti-me mesmo muito ūüôā Corria o ano de 2006… xiiii ha tanto tempo, estou mesmo cota ūüėÄ ūüėõ ¬†e fomos ver num dia Deolinda e no outro Blasted Mechanism,¬†duas bandas que adoro ver ao vivo, e tenho muitas saudades de voltar a ver. Vi-os nesta queima e depois voltei a ver, os Deolinda, bem pr√≥ximo da minha antiga casa em Portugal, no √°trio do Mosteiro da Serra do Pilar, e os Blasted em Espinho nas festas da cidade.

Esta mulher, Ana Bacalhau, ao vivo √© um espet√°culo, adoro-a, tem uma for√ßa da natureza brutal. ( N√£o encontrei videos de 2006 mas estes ja d√£o uma ideia do espirito vivido ūüôā

Concerto gratuito dos Deolinda na Serra do Pilar em Julho de 2011

Olha a banda filarmónica,
a tocar na minha rua.
Vai na banda o meu amor
a soprar a sua tuba.
Ele j√° tocou trombone,
clarinete e ferrinhos,
só lhe falta o meu nome
suspirado aos meus ouvidos.

Toda a gente – fon-fon-fon-fon –
só desdizem o que eu digo:
“…Que a tuba – fon-fon-fon-fon –
tem t√£o pouco romantismo…”
Mas ele toca – fon-fon-fon-fon –
e o meu coração rendido
s√≥ responde – fon-fon-fon-fon –
com ternura e carinho…

Blasted Mechanism na Fnac de Sta Catarina em 2011

The end of pain is near
All legions collapsed on fear
The end of trade is near
They’re gonna make us collapse on fear
The end of dark is near
Two thousand galaxyc years
The end of men is near
They leave us collapse on fear…

E ainda houve tempo para uma situa√ß√£o no m√≠nimo constrangedora, eis que de repente no meio do recinto da Queima surge a ex-namorada do meu Rui, e esta ja meio tocada pelo √°lcool, o abra√ßa de tal forma que tanto ele como eu ficamos sem rea√ß√£o, tipo… wtf mesmo! ūüėÄ

E voces que recorda√ßŇćes t√™m das vossas Queimas das Fitas?

 

 

About Matilde Ferreira

JuizoFinal…

Ja por aqui falei que o mundo acaba para quem morre, como diz a minha querida m√£e. Parece que no dia 22 de Janeiro de 2015, fez esta passada segunda-feira 3 anos,¬† foi o dia do Ju√≠zo Final de acordo com esta e esta noticia… e o que √© certo √© que ainda ca andamos, resta saber por quanto tempo ūüėõ

Doomsday Clock –¬†O Rel√≥gio do Ju√≠zo Final] ou Rel√≥gio do Apocalipse (no original em ingl√™s: Doomsday Clock) √© um rel√≥gio simb√≥lico mantido desde 1947 pelo comit√™ de diretores do Bulletin of the Atomic Scientists da Universidade de Chicago. O dispositivo utiliza uma analogia onde a ra√ßa humana est√° a “minutos para a meia-noite“, onde a meia-noite representa a destrui√ß√£o por uma guerra nuclear.

Desde sua introdução, o relógio vem aparecendo na capa de cada exemplar do Bulletin of the Atomic Scientists. A primeira representação do relógio foi produzida em 1947, quando a artista Martyl Langsdorf, esposa do físico Alexander Langsdorf Jr. (que trabalhou no Projeto Manhattan), foi convidada pelo co-fundador da revista Hyman Goldsmith para desenhar uma capa para a edição de Junho.

O n√ļmero de minutos para a meia-noite, uma medida do n√≠vel nuclear, de aparelhamento e tecnologias envolvidas, √© atualizado periodicamente.

O efeito Trump tem afetado o relógio, tanto que acrescentou 30 segundos desde que começou a governar.

Este assunto dava pano para mangas, e recomendo verem o documentário da RTP 2077 Р10 segundos para o futuro acreditem que vão fiar a pensar muito no quanto a humanidade desde que aconteceu a revolução industrial anda a fazer ao nosso querido planeta.

5 TEORIAS DO DOOMSDAY ACERCA DO UNIVERSO

1- O Universo Eterno: Ah, a noção antiga de que o universo sempre foi Рe sempre será. Este é um dos primeiros conceitos que os seres humanos criaram sobre a natureza do universo, mas há uma nova rotação nesta teoria que parece um pouco mais, bem, sério.
Em vez de a singularidade do Big Bang ser o início do tempo em si, o tempo poderia ter existido antes (por uma eternidade anterior), e a singularidade e o golpe resultante poderiam resultar da colisão de duas branas (estruturas semelhantes a folhas que se formam em um plano superior de existência).
Neste modelo, o universo √© c√≠clico e continuar√° expandindo e contratando para sempre. Podemos saber com certeza nos pr√≥ximos 20 anos – temos um sat√©lite (o sat√©lite Planck) que agende o espa√ßo para padr√Ķes em radia√ß√£o de fundo que as teorias proeminentes sobre a origem do universo prediz.

√Č um processo longo, mas uma vez que temos esse padr√£o de radia√ß√£o, poder√≠amos entender melhor como nosso universo come√ßou – e como ele vai acabar.

2-¬†Evento de Metastabilidade ao V√°cuo:¬†Esta teoria depende da id√©ia de que o universo existe em um estado fundamentalmente inst√°vel. Se voc√™ olha os valores das part√≠culas da f√≠sica qu√Ęntica, alguns sugerem que nosso universo est√° a balan√ßar na beira da estabilidade. Alguns cientistas teorizam que h√° bilh√Ķes de anos, o universo vai se derrubar.
Quando isso acontece, em algum momento do universo, uma bolha aparecer√°. Pense nisso como um universo alternativo (embora seja realmente o mesmo universo com propriedades diferentes). Esta bolha se expandir√° em todas as dire√ß√Ķes √† velocidade da luz e eliminar√° tudo o que ela toca. Eventualmente, essa bolha ir√° destruir tudo no universo.
Mas não se preocupe: o universo ainda estará lá. As leis da física serão diferentes, e pode haver vida. Mas o universo não seria qualquer coisa que pudéssemos compreender.

Os cientistas acham que provavelmente seria muito mais aborrecido, e até postulou que para que a vida exista, o universo pode ter que existir nessa vantagem.

3- A Barreira do Tempo: Se tentarmos calcular probabilidades em um multiverso (onde existem universos infinitos, cada um um pouco diferente), enfrentamos o mesmo problema que o universo infinito: tudo tem 100% de chances de ocorrer.
Para resolver este problema, os cientistas tomam uma se√ß√£o do universo e apenas calculam probabilidades para isso. Isso faz com que os c√°lculos funcionem, mas os limites que eles desenham invariavelmente cortam se√ß√Ķes de universos nas bordas externas da amostra, da mesma forma que voc√™ pode cortar partes do Texas se voc√™ desenhou um c√≠rculo em um mapa dos EUA.
Como as leis da f√≠sica n√£o fazem sentido em um multiverso infinito, a √ļnica forma como esse modelo faz sentido √© se esse limite √© um limite real e f√≠sico que nada pode expandir al√©m. E de acordo com a f√≠sica, nos pr√≥ximos 3.7 bilh√Ķes de anos, atravessaremos essa barreira do tempo, e o universo acabar√° por n√≥s.

Agora, √© muito prov√°vel que simplesmente n√£o tenhamos a compreens√£o da f√≠sica para descrever com precis√£o esse fen√īmeno ainda, mas certamente √© uma perspectiva assustadora.

4-Não será (porque vivemos em um multiverso): Se tentarmos calcular probabilidades em um multiverso (onde existem universos infinitos, cada um um pouco diferente), enfrentamos o mesmo problema que o universo infinito: tudo tem 100% de chances de ocorrer.
Para resolver este problema, os cientistas tomam uma se√ß√£o do universo e apenas calculam probabilidades para isso. Isso faz com que os c√°lculos funcionem, mas os limites que eles desenham invariavelmente cortam se√ß√Ķes de universos nas bordas externas da amostra, da mesma forma que voc√™ pode cortar partes do Texas se voc√™ desenhou um c√≠rculo em um mapa dos EUA.
Como as leis da f√≠sica n√£o fazem sentido em um multiverso infinito, a √ļnica forma como esse modelo faz sentido √© se esse limite √© um limite real e f√≠sico que nada pode expandir al√©m. E de acordo com a f√≠sica, nos pr√≥ximos 3.7 bilh√Ķes de anos, atravessaremos essa barreira do tempo, e o universo acabar√° por n√≥s.

Agora, √© muito prov√°vel que simplesmente n√£o tenhamos a compreens√£o da f√≠sica para descrever com precis√£o esse fen√īmeno ainda, mas certamente √© uma perspectiva assustadora.

5- O Fim do Tempo: Se alguma coisa é eterna, certamente é tempo. Se existe um universo ou não, o tempo tem que se encantar. Caso contrário, não haverá maneira de discernir um momento a partir do próximo. Mas e se o tempo perder o impulso e simplesmente congelar? E se não houvesse mais momentos? Apenas no mesmo instante. Para sempre.
Suponhamos que vivamos em um universo que nunca termina. Com uma infinita quantidade de tempo, tudo o que poderia acontecer tem uma probabilidade de 100% de acontecer. O mesmo paradoxo acontece se voc√™ tem a vida eterna. Voc√™ vive um tempo infinito, ent√£o tudo o que √© poss√≠vel √© garantido que aconte√ßa (e acontece um n√ļmero infinito de vezes).
Assim, se você viver para sempre, as chances de você ficar permanentemente incapacitado de algum jeito chegam a 100 por cento, e você passa a eternidade por meio da escuridão do espaço. Porque isso desperdiçou muitos cálculos que tentam prever os resultados em nosso universo (como as figuras atrás da energia escura), os cientistas teorizaram algo mais: esse tempo em si deve eventualmente parar.

Supondo que voc√™ ainda estava vivo para experimentar isso (em bilh√Ķes de anos, muito depois que a Terra se foi), voc√™ nunca perceberia que nada estava mal. O tempo acabaria de parar e, segundo os cientistas, “ent√£o tudo ficar√° congelado, como um instant√Ęneo de um instante, para sempre”.
Mas não seria realmente para sempre, já que o tempo não iria avançar. Seria apenas um instante no tempo. Você nunca morreria. Você nunca envelhecerá. Seria uma espécie de pseudo imortalidade. Mas você nunca saberia.

Deixo-vos com um pensamento: Mas se n√£o damos valor a este planeta, para qu√™ pensar em habitar outros? Para fazermos o mesmo que fizemos e estamos a fazer a este? ūüôĀ Marte, para ser¬†habitavel¬† precisa de uma coisa que a Terra tem em abund√Ęncia: efeito de estufa. Vamos fazer-lhe o mesmo estrago que fizemos a este para√≠so chamado Planeta Azul? ūüôĀ A maior parte da Humanidade mata em nome de um Deus pois cr√™ que v√£o alcan√ßar o Para√≠so depois da morte mas esquecem-se que o verdadeiro Para√≠so √© este planeta e esta Vida que nos temos.

Ate quando v√£o continuar a existir mais pessoas a sujar do que a limpar?

Deixo-vos o estado actual da margem do Canal aqui da zona, o Grand Union Canal, o maior do Reino Unido…

Deixo-vos com esta p√©rola ūüėÄ

E voces, em que √© que acreditam? ūüėČ

 

 

 

 

About Matilde Ferreira

Damos tudo como garantido…

A nossa mem√≥ria √© fantastica! Incrivel mesmo! Regista tanta coisa, passwords, pins do cartao multibanco, numero do BI, eu sei la… e temo-la como garantida! N√£o lhe damos valor… mas se ela nos falha…

O filme Still Alice com a extraordinaria Julianne Moore¬†faz-nos dar valor a esta coisa t√£o importante que √© a nossa mem√≥ria. Alice √© uma personagem t√£o real que nos deixa a ¬†pensar como seria se fosse connosco… Um filme intenso que vale a pena assistir e que valeu um Oscar a esta fant√°stica actriz.

E voces, t√™m boa memoria? E ja viram este filme? ūüėČ

About Matilde Ferreira

Tags e mais Tags…

Dei por mim a ver que ja nao tinha mais Tags para responder hehe pois ja respondia todas ¬†as poss√≠veis e imaginarias hehe ūüėÄ Por isso hoje deixo-vos aqui as Tags todas que respondi ao longo deste tempo ūüôā

1- Tag Liebster Award 2015

2- Tag Amo/Odeio

3- Tag The Ice-Cream Award

4- Tag Complete as Frases

5- Tag De Tudo Um Pouco

6-¬†Tag Como foi a minha Inf√Ęncia¬†

7- Tag De Tudo Um Pouco

8- Desafio aos Bloggers: Tag| The Cracking Chrispmouse Bloggywog Award* Recebidos* The Japan Box*

9- Tag 10 Factos Estranhos Sobre Mim

10- Tag| Conhecendo Novos Blogs

11-¬†25 Coisas Para Fazer Antes De Morrer ‚Äď Tag

12- Tag dos 11 + Very Inspiring Blog Award

13- Tag| Conhecendo melhor

14- Tag| 100 perguntas que ninguem pergunta

15- Tag | Completa A Frase

16- TaG| Viciada em Series ūüėÄ

17- TaG 20 Musicas|

18- TaG|Desafio das 10 Coisas que nunca farei na vida…

19- TAG | Gravidissímas

20- TaG 1a Vez|

21- TaG: O dia em que eu nasci*

22- TaG|Ele & Ela

23- TaG| 5 Minutos para conhecer…

24- Tag ‚Äď Uma So Palavra

25- TaG| Voce prefere…

26- TaG: Most Likely To| Mais Provável De…

27- TaG| The Not Homophobic

28- TaG|Sweater Weather

29- TaG| Falando de dinheiro…

30- TaG| Halloween

31- TaG| O Natal dos Bloggers*

32- TaG| Xmas Nonsense*Blogmas*

33- The Christmas TaG| Blogmas*

34- TAG ‚Äď O meu animal de estima√ß√£o ūüôā

35- TaG das 8*

36- TaG| Espelho Meu

37- TaG| Eu Amo Viajar [BEDAS]

38- TaG|Meu Cabelo [BEDAS]

39- TaG| TMI

40- TaG| I ‚ô• My Blog*

41- TaG| Supermercado

42- The ’15 Weird Question’ TaG

43- TaG da Verdade*

44- TaG| do Vicio!

45- TaG| Irmandade das Blogueiras

46- TaG Game Of Thrones| Beda28

47- TaG| Make Up

48- TaG| Get To Know Me!

49- TaG|That’s True

50- TaG| Isso ou Aquilo?

51- That‚Äôs Not True Tag ‚Äď Respostas

52- TaG| Com Que Filme Eu Vou?

53- TaG: O Que eu mais gosto

54- Tag| Nunca Mais!

55- TaG| Conhecendo Melhor

56- 50 Questions That Nobody Ask TaG

56 Tags respondidas em 2 anos hehe e prometo continuar ūüėÄ Se souberem de Tags novas deixem aqui em baixo nos coment√°rios. Ah e voc√™s, ja responderam a estas TaGs? ūüėČ

 

 

 

 

About Matilde Ferreira

Colónia

Um filme intenso baseado em acontecimentos reais. Deixa-nos a pensar como alguns seres humanos são capazes de actos cruéis para uns para com os outros.

Um grupo de ex-nazis liderados por um ex-medico formam uma colonia no Chile, com laços ao regime chileno de Pinochet. Um jovem casal se envolve no golpe de Estado do Chile em 1973. Ele é sequestrado pela polícia secreta de Pinochet, e ela vai seguir a pista até uma área no sul do país chamado Colonia Dignidad.

Emma Watson √© Lena, uma hospedeira que namora com Daniel, um jovem fotografo rebelde que √© apanhado pelo regime e levado para a Col√īnia Dignidad, dirigida por um medico nazi com m√©todos muito pouco ortodoxos. A partir dai Lena far√° de tudo para salvar o seu amado…

E voces ja viram este filme?

About Matilde Ferreira