Hora do pote Potty training

Louis no potty com o tablet, sem julgamentos pois para grandes males, grandes remédios… 😉

Ha um tempo certo para tudo. E tenho aprendido muito isso com o meu filhote como ja tenho dito aqui. Apresentei o pote ao Louis pouco tempo depois de ele ter feito um ano, antes de começar a andar, quando ja se colocava de pe agarrado às coisas, mas recusou sempre. Ja deu sinais e a creche ajudou, mas esta a ser difícil deixar de ser bebe. Eu sinto que ele vai conseguir, sem pressões, como conseguiu tudo atė agora. Eu também fui assim, apesar de ser rapariga, deixei as fraldas de pano aos 4 anos. Lembro-me disso pois é das primeiras memórias que tenho, e ultimamente estou constantemente a relembrar uma situação um pouco embaraçosa. Certa vez, eu fui a correr para a casa de banho muito envergonhada e cheia de receio que a minha mãe me ralhasse pois tinha acabado de fazer cocó na cueca… 🙁 julgando que ainda tinha fralda, ao ver a minha mãe mudar a fralda ao meu irmão do meio que ainda era bebé, mais novo que eu, 4 anos. A minha mãe, ao ver-me aflita tranquilizou-me, mas eu a partir daquele momento andava com o pote quase colado ao rabiosque e quando chegava a casa dos meus avós e fazia o mesmo. O mais incrível é que quando fui para a escola, aos 6 anos, aguentava a tarde sem ir à casa de banho por não me sentir à vontade…

Estou a ler um livro muito interessante para ajudar nesta fase: Potty Training in 3 days

Deixem as crianças serem crianças. O Tempo é muito importante nos primeiros 5 anos da nossa vida.

Como disse Ines Heredia nesta conversa, o sistema de ensino ainda tem muito para mudar nomeadamente quanto as idades das crianças nos níveis de ensino. Por exemplo, o Louis tinha um amiguinho na creche dele que fez os 4 anos em Outubro do ano passado, sendo do ano de 2015, quando a maioria era de 2016 como o Louis, logicamente esse menino vai estar sempre mais à frente q os outros meninos mas por fazer anos depois da abertura da escola não pode entrar para a pre juntamente com os outros meninos do seu ano… Parecendo que não isso faz muita diferença. No caso do Louis, ele é dos últimos a fazerem anos do ano dele, logo isso diz muito do seu desenvolvimento.

Está a custar muito deixar de ser bebé, meu querido, mas acredita que é por um bom motivo: Crescer ❤️

Para mim, serás sempre o meu bebé, do sorriso e olhar doces ❤️

Imagem da minha autoria

About Matilde Ferreira

8 thoughts on “Hora do pote Potty training

  1. Andreia Morais

    Respeitar o ritmo da criança é essencial, até porque ela acaba por se sentir valorizada e confiante para dar novos passos. Vai correr tudo pelo melhor 🙂

Leave a Reply