No dia em que fugi…

…a sete pés de uma igreja evangélica. Corria o ano de 1997, salvo erro. Eu tinha acabado de deixar de ir à missa na igreja católica, logo após de fazer o crisma, contrariada. Ate que uma amiga minha da escola me “convidou” a ir à igreja dela, uma igreja evangélica em Espinho. Fui algumas vezes, ate que num domingo de “culto” fiquei muito constrangida e chocada por ver o pastor “exorcizar” as pessoas e estas cairem prostradas aos seus pés. Na altura achei aquilo muito estranho e assustador e fugi dali o mais rápido possível, so parando na praia, à beira-mar, onde realmente eu me sentia bem. Nunca mais voltei aquele lugar, e sinto-me mesmo bem com isso. Fiquei aliviada. So tenho pena que essa minha ex-colega de escola, tenho convertido, anos mais tarde, a minha melhor amiga da altura (uma das melhores pessoas que eu conheci na vida) e tenha feito com que ela tenha casado com um cigano da dita igreja que a trata mal, nao a deixa conviver com a familia dela e a obriga a trabalhar numa conhecida confeitaria da cidade… mas isso são contos de outro rosario. 🙁

Para mim, Deus é a Natureza e o Universo, e para vocês? 🙂

Imagem retirada do Google

About Matilde Ferreira

3 thoughts on “No dia em que fugi…

Leave a Reply