Como assim?…

Na minha humilde opinião, é necessário estudarmos Historia para não repetirmos os erros do passado. Historia sempre foi uma das minhas disciplinas preferidas. Quanto mais eu aprendia mais queria saber. Por isso não percebo como algumas pessoas são capazes de dizer que a Historia é uma disciplina chata e não necessária. Para entendermos a actualidade, precisamos de entender o nosso passado.

No ano passado o Channel 4 fez um reality show chamado The Circle aqui no prédio onde moramos, onde participou Freddie Bentley, que apesar de não ter ganho o concurso, e ainda bem, tornou-se um famoso influencer que infelizmente não sabe o que diz, pois foi ao Good Morning Britain, um dos mais conhecidos programas das manhas britânicos dizer que não é assim tao necessário estudar a Segunda Grande Guerra na escola, que não era bom para a Saude Mental dos Millenials, que existem coisas bem mais importantes como saber preencher o IRS ou como fazer uma hipoteca de uma casa, sim também concordo que se devam aprender estas coisas essenciais para a vida adulta, mas ir para um programa da manha dizer estas coisas com uma poppy (papoila) ao peito, digamos que é um grande contrasenso. Para quem não sabe nesta altura do ano andamos todos com uma papoila ao peito como forma de homenagear todos aqueles que lutaram nas duas Grandes Guerras. Eu tambem tenho a minha feita por uma amiga inglesa muito talentosa.

Imagem da minha autoria

É por estas e por outras que ser influencer hoje em dia tem muito que se lhe diga… 🙁 Com todo o respeito que eu tenho pelos call-centers, este rapaz, infelizmente prova bem a realidade desta classe trabalhadora… Se as pessoas tivessem se aplicado na escola, de verdade, talvez não precisassem de se sujeitar a empregos tao precários e no caso dele não teriam de concorrer a reality-shows… Já o vencedor, Alex Holbern, sempre foi dos meus preferidos sempre mostrou e mostra ter conhecimentos de cultura geral.

E o Nuno Markl veio confirmar a minha opinião sobre este assunto…

Acho que a internet veio dar voz à ignorância… 🙁

About Matilde Ferreira

12 thoughts on “Como assim?…

  1. Vera Benavente

    eu trabalhei anos num call-center juntamente com advogados, arquitectos, outros biólogos, designers, marketeers, professores, etc… Principalmente em Portugal o que mais há são licenciados e Mestres a trabalhar em call-centers, Wortens (também lá trabalhei, com muita gente com cursos superiores), supermercados, lojas de roupa, etc…

    1. Matilde Post author

      Ha de tudo como na farmácia… eu por acaso sempre fugi de call-centres, e não tenho curso superior… mas não fujamos ao tema principal do post… :/ A Historia é mesmo muito importante ser estudada para a sociedade não cair nos mesmo erros do passado 😉

      1. Vera Benavente

        Não discordo de ti nesse aspecto mas não pude deixar de comentar por ter trabalhado em vários e achar que a tua afirmação não reflecte, de todo, as pessoas que lá trabalham!
        Eu não fugi a call-centers mas nunca fui trabalhar em vendas, apenas em apoio ao cliente, que sempre foi uma área que gostei. Estava apenas a fazer-te ver que a tua generalização é mesmo demasiado generalizada, o que eu vi, nos vários anos que trabalhei em diversos call-centers era que havia uma grande percentagem de licenciados e Mestres, como nunca lá tiveste talvez não tenhas essa percepção 😉

        Em relação ao post, conheço muitos Doutorados ignorantes! E há milhares de pessoas que não têm noção do que dizem. Se calhar o que faltou a esse senhor foi, de facto, melhores professores de história porque se diz uma parvoíce dessas com uma papoila ao peito (que fiquei agora a saber o significado através de ti, sempre a aprender ehehe) com certeza que se está a contradizer! Ou usa porque toda a gente usa e não sabe ou sabe mas não lhe está de facto gravado na memória.
        Sim temos de nos lembrar do passado porque é com os erros do passado que aprendemos e tentamos, espera-se, fazer melhor no presente/futuro!

  2. Andreia Morais

    Não é o nosso trabalho que define a nossa cultura, ainda para mais nos dias que correm. Agora, temos é que estar devidamente informados sobre os assuntos sobre os quais queremos comentar

Leave a Reply