O Gato Preto

Sempre gostei de gatos pretos. Fascinam-me. Existe algo magico neles. Quando era miúda, ficava perdida nos meus pensamentos, e a minha mãe costumava perguntar:

“O gato comeu-te a lingua?” E eu, continuava sem resposta, mas na minha cabeça, respondia que o gato tinha levado a minha lingua nas asas da minha minha imaginação. Ja imaginaram como seria se disséssemos tudo o que pensamos em crianças? Havia de ser giro. Eu sempre fui muito contida com os meus pensamentos. Mas sempre tive uma imaginação muito fértil. Agora imaginem que o gato da minha imaginação tinha mesmo voado para fora dos meus pensamentos. Era um gato preto. De pelo macio e de olhos verdes. Muito meiguinho. Sempre a pedir miminhos. Sempre pronto para a brincadeira também. À noite gostava de se aninhar na minha almofada por cima da minha cabeça. Eu já não conseguia adormecer de outra forma. 🙂

Pensando bem, a minha gatinha fazia o mesmo quando era pequenina 🙂

Imagem da minha autoria

About Matilde Ferreira

4 thoughts on “O Gato Preto

    1. Matilde Post author

      Acreditas que me lembrei dos teus ao escrever este texto? 🙂 Quando era miúda tambem tive 2 gatos pretos, o Xano 1 e o Xano 2, este ultimo cortaram-lhe a cauda a nascença, uma maldade pois ele nao se equilibrava por causa disso :'( Morreram os 2 atropelados 🙁 Mas nunca me esquecerei deles <3
      Muito muito obrigada, minha querida <3

Leave a Reply