Chego à conclusão de que…

…tudo o que é feito em excesso faz mal. A propósito da primeira morte causada por vaping. Ainda por cima a empresa em causa pertence a uma tabaqueira. Coincidência? Nao me parece…

O meu Rui deixou de fumar com a ajuda do vaping mas sempre usou com bom senso. Vejo muitos miúdos sempre com aquilo na boca, pode não ser tabaco mas continua a conter nicotina ainda que em pouca quantidade.

Estas coisas têm de ser faladas, explicadas e devem ser expostas para as pessoas serem esclarecidas.

Sabem o que era ideal? A cannabis ser legalizada. Mas não convém pois acaba com o negócio do seu trafico e das tabaqueiras.

Ja viram bem as vantagens desta planta natural?… É triste que não seja legal… 🙁

E ao terminar este post chegou também a noticia desta rapariga ( a noticia é do Jornal Sol) que ficou em coma após ter contraído uma especie de pneumonia consequente do uso de cigarros eletrônicos… 🙁

Primeiro o tabaco e agora os cigarros eletrônicos? Quando é que os seres humanos vao aprender que o natural é que faz bem? Mas sem excessos!

About Matilde Ferreira

8 thoughts on “Chego à conclusão de que…

  1. Andreia Morais

    «Estas coisas têm de ser faladas, explicadas e devem ser expostas para as pessoas serem esclarecidas», o problema é que, na maior parte das vezes, isso não acontece :/

    1. Matilde Post author

      Eu entendo que nao seja fácil, linda, mas se fizeres como o Rui fez, que fumou durante mais de 20 anos, vais conseguir, acredita 😉
      Beijinhos*

  2. Vera Benavente

    Eu aqui poderia fumar toda a cannabis do mundo mas não me diz absolutamente nada! Não fumo nada! (já fumei tabaco e deixei assim que o Ricardo se mudou para cá).
    Acho estranho mas, de facto, não houve tempo para reunir informação suficiente sobre estas novas tecnologias e possíveis efeitos nefastos (pode não ser melhor que fumar) e claro, como dizes e bem, as pessoas às vezes acham que então podem usar aquilo indiscriminadamente que não faz mal. Informar é mesmo necessário, em tudo, aqui não é excepção.
    A cannabis tem imensas vantagens medicinais e aqui usa-se…

    1. Matilde Post author

      Gostava que Londres seguisse o exemplo de Amesterdão… acredito que a polícia ia ficar menos sobrecarregada e ate iriam agradecer 🙂 Eu tambem nao fumo mas agradecia bastante se legalizassem a canais para fins medicinais 🙂

Leave a Reply