Como perdi 10 kgs…

…em menos de 2 anos.

Nada acontece de repente. Tudo tem o seu tempo. Quando cheguei aqui ha Reino Unido ha 6 anos, pesava 80kgs, fruto da minha doença, SOP Síndrome de Ovarios Policisticos e da vida sedentária que tive nos meus últimos empregos. Mentalizei-me que tinha de mudar a minha alimentação, e para isso ouvi o meu corpo para saber quais os alimentos que estavam a fazer-me mal. Bastou seguir a Roda dos Alimentos. Coisa simples, nao? Tambem fiz bastante exercício fisico em casa e muitas caminhadas.

Por isso não liguem às mas línguas e jamais deixem de acreditar que vocês são capazes, demore o tempo que demorar, o que importa é gostarmos de nós próprias e sentirmo-nos bem connosco mesmas 😉

About Matilde Ferreira

4 thoughts on “Como perdi 10 kgs…

  1. Vera Benavente

    Desde que comecei a viver sozinha consegui adaptar a minha alimentação de forma a que fosse mais equilibrada. Claro com altos e baixos porque nem sempre estamos bem e focados.
    Acho também que aqui, na Holanda, é mais fácil comer bem porque não há a pastelaria como em Portugal nem os salgadinhos etc…
    Agora com a Bia ainda mais atenção porque de facto a educação alimentar começa em casa e ela adora iogurte natural, panquecas de aveia e banana, não come cerelac nem coisas afins, adora papas de aveia com fruta, vegetais, carne, peixe, um bocado de tudo até da ocasional bolacha de água e sal quando vamos a festas de anos (são excepções por isso não me stressa).
    Tudo tem de ter o seu espaço, até coisas menos saudáveis, mas priorizar o que nos faz bem sempre 😀

    1. Matilde Post author

      Por aqui fazemos uma refeição equilibrada 🙂 Agradeço à minha mae ter tido o bom senso de raramente haver doces la em casa, coisa que por estas bandas do Reino Unido se vê muito em exagero mas eu nao cai nessa tentação 🙂 O de ca de casa tanto come cerelac com moderação como papas de aveia com fruta 🙂

  2. Andreia Morais

    É preciso é haver vontade e foco. Se demora? É natural, mas quando se trata de cuidar de nós vale a pena. E, depois, os resultados falam por si 🙂

    Beijinho grande, minha querida

Leave a Reply