Youtubices…

Recordo-me de no Natal de 2016, o nosso sobrinho Gui me mostrar um youtuber muito conhecido português chamado Wuant e pedir-me desculpas pelas asneiras que o tipo dizia nos videos, e eu so lhe lhe disse: “Gui, tu nao tens de pedir desculpas por ele, se te sentes incomodado pelo que ele diz, nao vejas… e ele respondeu-me: “ah eu vejo porque ele é divertido…” Pois… fico a pensar que esta geração tem gostos muito limitados em relação à minha que não tinha internet nem nada destas facilidades. Eu tinha tv onde via os meus ídolos viciados em drogas e comprava revistas em alemão apesar de não perceber nada de nada, como li alguém escrever por estas bandas. Sim, os meus ídolos podiam ser viciados em drogas mas não nos mandavam dizer à nossa mãe para ir para o caralho quando ela nos vinha acordar ao quarto 🙁

Que saudades que tenho quando o Youtube servia so para eu ver os meus clips de musica preferidos… Ainda hoje o faço. Para mim o Youtube sempre serviu para isso, ver videos de musica e videos para fazer rir. Querem coisa mais simples? Caramba… dizer que ser Youtuber é uma profissão? Mas onde esta a imaginação e criatividade desta gente? É mesmo isto que querem para o futuro deles? Uma coisa que deveria ser um hobby, eles ja consideram uma profissão?… É caso para dizer para onde vais humanidade… 🙁

E quando o Nuno Markl e a mae do seu filho, Ana Galvão, desabam no facebook a propósito desta situação e são insultados e eu dou por mim a pensar que a liberdade de expressão está a ser desrespeitada por pessoas que não sabem utilizar a internet e isso deixa-me muito triste porque a liberdade de expressão é um direito que demorou muito tempo a ser conquistado por todos nós por e por essa mesma razão todos nos devíamos ter mais respeito ao usa-la. Que mundo este em que nos nao podemos dar a nossa a opinião sem sermos criticados em praça publica se formos contra ideias estúpidas e sem sentido… É por estas e por outras que cada vez gosto mais deste meio cantinho seguro, que para mim continua a ser um oásis neste mar que é a internet.

Que futuro este que o meu filhote vai ter de enfrentar com gente que nao sabe distinguir liberdade de expressão de falta de bom senso e discernimento… Gente sem noção que insulta profissionais da radio como foi o caso da locutora Joana Marques 

E com isto deixo-vos o conselho de um grande amigo:

 

Boa semana! 😉

About Matilde Ferreira

6 thoughts on “Youtubices…

  1. Rui Moreira

    Que gentinha da treta, ja não ouvia a treta do “o meu pai e advogado e vai fazer a b ou c” ha muito tempo, o senhor nem deve saber das parvoíces que o/a filho/a anda a dizer na internet, e triste estas pessoas serem tao básicas …. fico sem palavras ! Faz lembrar “o meu pai e policia e bate no teu pai” ou , “quem diz e quem e tem cara de chimpanzé” ou outras pérolas da nossa infancia.

    Oh gente de bosta !

  2. Mena Almeida

    Ai linda, ontem começou aqui um programa, não sei se vês aí a SIC, O programa chama-se Super Nanny, é sobre educar crianças que batem nos pais, fazem birras, elas é que mandam, etc etc, eu até fico (ainda mais) aparvalhada 🙂 qd era canita bastava os olhos do meu pai ou mãe. Agora é asim…. quanto à liberdade de expressão, já há tempo falei nisso e tu deves lembrar, que também comentaste. O que levou tantos anos a conquistar está a ir, à muito, hoje não se pode falar, é assim infelizmente. Quanto ao youtube há muita gente que vive disso sim e eu conheço duas pessoas, mas sabes, como digo sempre, a evolução nem sempre é boa, tem coisas boas e más, como tudo.
    Beijinhos linda <3

    1. Matilde Post author

      Lindona, vi o trailer e so de ver que estavam a comprar a nana ao encantador de cães fiquei sem vontade de ver… e sim, lembro-me perfeitamente do teu post e lembrei-me dele quando estava a escrever este… Hoje em dia ninguém da o valor a liberdade de expressão, eu nao quero passar pelo que os nossos antepassados passaram para obter este bem tao precioso mas esta gente parece que quer passar por isso, eles sabem la…
      E sim, querida, a mim tambem me bastava um arregalar de olhos da minha mae para ficar em sentido… e não vai acreditar mas o Lu tombem ja reconhece esse olhar… nem sabe onde se meter, tadito.
      Beijinhosss nossos*

  3. Andreia Morais

    Uso o youtube, maioritariamente, para ouvir música ou para ver vídeos de pessoas que que admiro (Bumba na Fofinha, Paulo Sousa, Rúben Rua, por exemplo).
    Honestamente, não me choca que essas pessoas queiram fazer disso profissão, e reconheço que demora o seu tempo a produzir conteúdo com qualidade/gravar/editar. Aquilo que acho é que devem ter cuidado com o que publicam, porque, quer queiram quer não, acabam por ser “exemplo” para os miúdos. Talvez esteja a ser injusta, porque eles não estão a reclamar essa responsabilidade, mas a partir do momento em que se expõem sabem que influenciam alguém.
    Aquilo que me choca é a ofensa gratuita. E não consigo entender qual é a necessidade disso. Tenho visto os instastories da Joana Marques e é ridículo aquilo que lhe enviam. Há tanta falta de respeito neste mundo que até mete dó!

    r: Vale bem a pena 🙂 também gosto bastante do espaço

    Beijinho grande, minha querida*

    1. Matilde Post author

      Nao podia estar mais de acordo ctg, princesa, e não não estas a ser injusta… Pra mim o youtube é um hobby, respeito quem queira fazer disso profissão mas com consciência e bom senso pois e uma forma efêmera de fazer vida, pode dar trabalho mas nao mais do que um profissional de radio que precisou de estudar muito para chegar onde chegou… Para onde vais humanidade? :/
      Beijnhosss minha querida*
      Tenho de seguir o Ruben Rua 😉

Leave a Reply